24 de jan de 2013

Grey' Anatomy: Entrevista com Jessica Capshaw

Como Arizona vai lidar com a Síndrome do Membro Fantasma? E mais sobre Calzona e a possivel ajuda dos acidentados do avião ao Seatle Greace...

Como Arizona vai lidar com a Síndrome do Membro Fantasma?
Jessica Capshaw: É completamente aterrorizante. Quando nós terminamos a leitura, todos estavam "Whoa!" É realmente assustador. É totalmente diferente da maioria dos outros shows. É como se acertasse uma sequência de sonhos adoráveis, mas depois  ter que fazer uma curva para os pesadelos. Eu acho que é bem convincente. Você não pode parar de assistir, especialmente porque nós temos a mais louca e a melhor equipe de efeitos especiais do universo que literalmente gasta um mês em cada episódio, o afinando e certificando a aparência de tudo. É alucinante. É um pouco novo pra gente.


-Como vai afetar em seu trabalho?
Capshaw: Vai ameaçar a capacidade do trabalho. Na síndrome é verdade que você sente a dor, às vezes forte, no membro e que você realmente não precisa mais. Aparentemente, para o efeito, não haveria cura, porque você não pode se livrar de algo que não está lá. É sobre a conexão entre sua mente e seu corpo, e existem terapias diferentes que você pode passar para tentar chegar a um acordo entre eles. Ela vai ter que passar por essas, e ainda, por não querer lidar com isso, pois a fizeram sentir como se pode continuar trabalhando, e é difícil de poder operar alguém quando você está sentindo uma dor insuportável em sua perna como se alguém estivesse cortando-a.

-Callie vai estar lá para ajudá-la a enfrentar isso?
Capshaw: Ela está em negação com Callie. Elas estão em um ponto ideal agora, então eu não acho que ela realmente queira voltar para o lugar escuro e levar Callie junto. Como disse Callie alguns episódios atrás, "É sempre sobre a perna. Precisa deixar de ser sobre a perna." Então, ela não quer levá-la com ela. Ela está pronta para superá-lo. Sua mente está pronta para superá-lo, mas agora é seu corpo e sua mente que estão fazendo o impossível. Ela acaba indo para Owen ( Kevin McKidd ), porque ele reconhece nela o que ele reconhece em muitos dos seus camaradas militares amputados, por isso ele acaba ajudando-a a encontrar terapias que podem tornar as coisas mais fácil.

-Como os sobreviventes do acidente de avião vão se sentir em relação a possibilidade do SG falir?
Capshaw: Isso é como uma sacola de truques. Em algum nível, não se sentiria traído por alguém escolher uma alternativa mais barata de chegar a algum lugar que em alguns casos o fez perder sua perna? Ao mesmo tempo, punir essa fonte iria punir o lugar que você ama tanto e você trabalha em que é parte de sua  salvação. É incrivelmente complicado. Você está condenado de qualquer maneira. Você não pode ficar atrás de qualquer coisa. 
Eu não acho que eles vão se sentir diferente sobre o valor emocional e o local de trabalho que vai ser comprometido, mas eles têm uma situação particular em que eles podem ou não podem ter poder de ajudar ou não ajudar e resolver tudo.

-Os fãs estão assumindo que eles vão ajudar e doar dinheiro para o hospital. Mas haverá uma divisão no grupo em relação a eles fazerem isso?
Capshaw: Esse pode ser o caso, ela disse timidamente. Risos ] Certamente há uma grande quantidade de pessoas envolvidas, por isso não posso imaginar que eles pensam a mesma coisa.

-Veremos mais Callie e Arizona reacendendo seu relacionamento?
Capshaw: Eu acho que a coisa mais notável que você pode dizer sobre elas é que são como qualquer casal que se amam. Elas ainda estão juntos. E estão trabalhando no que têm de trabalhar. É um desafio. Mesmo quando Arizona estava culpando Callie por tudo, não havia um amor perdido. Era simplesmente impossível para o Arizona ver seu caminho para fora da dor. Para mim atuar como Arizona, na primeira parte da temporada, foi tão difícil, porque é muito diferente dela. Mas isso é o que ela fez. É realmente apenas sobre seguir em frente com seu próprio material e encontrar o seu caminho de volta para ser capaz de dar a sua atenção a esse amor.

-É interessante porque a Arizona culpou muito a Callie, mas nunca realmente teve esses momentos difíceis com Alex (Justin Chambers), que realmente amputou a perna dela. Veremos mais deles juntos? Capshaw: Esse é o outro grande relacionamento que ela tem. Eu não sei se vocês perceberam, mas temos um casal de pessoas novas que foram aderindo ao redor e há muita história para ser contada. No episódio de quinta-feira, Alex e Arizona são uma parte da outra linha de história. Ele estava lá quando ela voltou a trabalhar e ela caiu na sala de operação. Ele está sempre lá para ela em pontos-chave.

-Podemos ver momentos de felicidade para Arizona chegando?
Capshaw: ". Estou de volta" Mais com a aceitaçãoVemos ela andar sem a bengala. Eu não posso te dizer o quanto eu estudei vídeos de amputados caminhando com suas próteses em fases diferentes, mas ela é  esta quase de volta ao imperceptível andar. Se você pudesse andar sem as pessoas saberem que você teve uma perna falsa, que seria quando ela poderia realmente voltar. Eu acho que, para ela, e esse é o meu pensamento próprio, uma vez que ela pode obter um porão em não olhar c é omo alguém que precisa de ajuda em cada esquina, ela pode voltar para o que ela era, o que é que ela era ,uma pessoa feliz. Há coisas legais chegando no episódio após isso também, onde ela tem um acerto de contas com uma adolescente.


-Sim, ela voltará a andar, mas ela vai conseguir voltar a andar com seus tênis de rodinha?

Capshaw: Ela pode ser a primeira pessoa a fazer isso. Eu acho que é muito importante para os fãs. Eu não sei se a produtora executiva Shonda Rhimes vai fazer ou não ela andar de volta assim.

E você o que acha de Arizona e os desafios a serem seguidos? E sera mesmo que alguem vais er contra doar sua parte par salvar o hospital? Alguma aposta de quem seria? Comente e não se esqueça de nos curtir no Facebook!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...