28 de jan de 2013

Review - Arrow - S01E11- Trust But Verify




ACREDITE, MAS VERIFIQUE!
Foi interessante a ligação que tivemos entre os flashbacks e os dias de hoje... Ambos diziam a mesma coisa: NÃO CONFIE EM NINGUÉM!

Diggle, nesses últimos episódios se divide entre o personagem mais sábio, responsável por manter Oliver com os pés no chão e o encorajar a voltar a ativa, e entre o personagem mais inocente também ao arriscar a própria vida por alguém que mal conhecia. Exatamente como Oliver fez na ilha. 

A cidade estava sendo vítima de atentados a carros fortes, e todos com o mesmo perfil. E, claro, lá foi o nosso arqueiro dar uma pesquisada, para ver quem poderia estar por trás de toda aquela violência. Se deparou com Ted Gaynor. E, adivinha quem estava na listinha negra do livrinho de Oliver? O mesmo Ted. Ted foi comandante de Diggle em sua primeira missão ao Afeganistão, e ele não acreditou que, o mesmo homem que salvou a sua vida, tempos atrás, e que lhe ofereceu um emprego há pouco tempo, em uma empresa de segurança, poderia estar por trás daqueles atentados. 

Uma das maiores burrices de Diggle foi duvidar da veracidade da lista só porque em algum dado momento eles foram companheiros de guerra, quando está mais do que óbvio que todos os nomes estão lá por algum motivo.



No flashback de Ollie podemos ver que ele passou o mesmo que Diggle, confiou e criou laços de amizade com uma pessoa (Yao) que o acabou por trair! E assim podemos ver a ligação entre os flashbacks e os dias de hoje: Oliver via em Yao um herói, até ser apunhalado pelas costas. Diggle via em Ted um herói, até saber quem ele realmente era.

Thea completou 18 aninhos e não é que está ficando espertinha?! Ela percebeu que Moira esconde algo. Claro que para uma adolescente, a teoria mais óbvia é que sua mãe é uma mulher infiel, e não uma mafiosa, mas mesmo assim ela se torna a personagem mais perto da verdade. Ela fez a sua parte, e avisou Ollie dos encontros da mãe com Mr. Merlyn, não só agora, mas quando ainda estava casada com seu pai, e antes dele sofrer o acidente no "Gambit". Mas, Oliver parece não ter dado a atenção necessária para o caso, apesar de ter colocado a mãe contra a parede. #Acredito que nosso arqueiro irá juntar as peças bem rápido, e começará a ver quem é seu verdadeiro inimigo...

Thea se revoltou com a mãe e voltou às drogas (começando assim a se formar a trama para Vertigo). Ela bateu seu carro novinho e, de quebra, foi pega no exame toxicológico e terminou sendo presa por dirigir sob efeitos de drogas. #O que não deixou Oliver nada satisfeito.

Sobre Tommy e Laurel eu não tenho muito a dizer, continuo a achar este casal chato, aquele ‘jantar de família’ pouco acrescentou à trama! Agora em relação a Felicity, acho que lhe podiam dar mais destaque! Pouco sabemos sobre ela…sabemos que continua servindo de recurso secreto do Ollie, que sempre a procura com uma desculpa esfarrapada. Já está ficando até estranho esse lance da Felicity simplesmente aceitar o que o Oliver diz sem questionar, ou até mesmo investigar.

O episódio foi ótimo, a qualidade está cada vez mais elevada…agora fiquei ainda mais intrigada depois de saber que Yao era um traidor: Quem era, na verdade, o homem de capuz verde? A quem pertencia aquele exército? Como Oliver escapou? Como aprendeu a usar o arco e flecha? Como descobriu quem eram seus inimigos? Como se manteve vivo?

E vocês, o que acharam do episódio? Não se esqueçam de comentar e de nos curtir no Facebook.

Um comentário:

  1. Episódio excelente!!! Arrow é perfeito dmais mano!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...