4 de fev de 2013

The Following: Elenco discute sobre a devoção intoxicante a Carrol.


Eles podem não ser os três dos personagens mais terríveis na TV, e agora os atores que os interpretam falam do culto que acontece no drama da Fox The Following, que vai ao ar segunda-feira, e descrevem seus alter egos de forma um pouco mais alegre.

"Nós três temos esse tipo de parceria como O Mágico de Oz, uma piada sobre Emma sendo os cérebros, Jacob o coração e Paul a coragem ", Valorie Curry , que interpreta a manipuladora, Emma, diz ao TVGuide.com."Nós trabalhamos bem juntos quando estamos indo nesse sentido."

Ela está se referindo ao fato de que Emma, ​​Paul ( Adan Canto ) e Jacob ( Nico Tortorella ) com sucesso sequestraram o filho de Carroll, Joey, e  agora estão com ele em uma casa segura, na Pensilvânia. Como as primeiras peças do jogo de Carroll que busca vingança contra o ex-agente do FBI, Ryan Hardy ( Kevin Bacon ), os três passaram os últimos anos posicionando- para fazerem suas jogadas - como a babá para Joey, no caso de Emma, ​​e como o (supostamente ) casal gay vivendo ao lado da vítima de Carroll, Sarah Fuller, no caso de Paul e de Jacob.

Mas agora que os três estão escondidos juntos em uma cabine minúscula com Joey, sendo procurados pelo FBI, as tensões estão começando a ficar a flor da pele "Eles foram separados por tanto tempo e ficaram no controle de suas própria missões na qual eles estavam, se era os caras com Sarah Fuller ou a mim com Joey", diz Curry. "Agora estamos tendo que trabalhar em conjunto e estamos tendo que permanecer juntos e compartilhar um monte de espaço. E há um monte de atrito por causa disso, e Emma tem que tentar uma variedade de truques para controlar Paul. Ela tem um relacionamento com Jacob, mas ela não tem intimidade com Paul. Então, eles estão tentando encontrar um caminho para ficarem bem. "

Para complicar as coisas há a dinâmica do triângulo amoroso destorcido entre o trio. Enquanto Emma e Jacob são um casal, Jacob e Paul (que agora é a terceira roda) ficaram disfarçados como parceiros. E os dois primeiros episódios parecem indicar que, pelo menos parte de Paul, e seu jogo não era inteiramente falso. "Você passa três anos com alguém em uma casa fingindo estar em um relacionamento para todo o público, não é obrigado a ter uma atração mútua", diz Tortorella.

Paul "precisa de atenção para se sentir conectado de alguma forma. Ele não quer ser abandonado. Ele não quer ser negligenciado", diz Adan.

Mas uma coisa que o trio pode concordar é sua devoção absoluta para Carroll. "Especificamente para Jacob, ele tem uma série de problemas com os pais e no ponto em que ele precisava de preencher esse vazio , Joe apareceu o esperando de braços abertos", diz Tortorella. "E ele cumpriu totalmente o papel de pai, o mesmo  aconteceu com Emma e com Paul. Estamos apenas olhando para este poder superior de nos dar algum tipo de validação nesta vida, e aceitação. E ele é a pessoa perfeita para fazer isso. " 


"Ele é obviamente um homem incrivelmente carismático, e magnético, e é muito hábil em manipular as pessoas", diz Curry de Carroll. "E eu acho que parte vem de ser um professor, seu de tipo experiência de moldar as mentes. Com os três seguidores que já conheci, eu acho que é apenas uma questão de conquista-los no momento certo .... Se ele puder conquistar neste momento perfeito de vulnerabilidade, enquanto ele é o tipo certo de pessoa, com uma propensão para a violência ou a liderança necessaria, então ele é capaz de aproveitar essa oportunidade e moldá-los. "

Mas não trada de Joe estar coagindo-os a ser assassinos sádicos, ele está simplesmente oferecendo-lhes a aceitação de suas já existentes tendências. "Cada um de nós temos suas próprias qualidades distintas para deixar brilhar", diz Tortorella. "Ele não está fazendo-nos beber o Kool-Aid ou tocar o CD para colocar as coisas em nossas cabeças. Elas já estão lá. Ele está apenas dizendo que está tudo bem em querer matar."

"Ele está capacitando-os," Curry concorda. "Eu acho que é o que é. Estas são pessoas que foram, por qualquer motivo, uma espécie de alienados ou marginalizados ou simplesmente sentem-se como pessoas de fora, e ele não só lhes da um lugar, mas ele capacita-los, o que é inebriante."

Canto acrescenta: "Joe  traz uma filosofia, um caminho na vida no qual podemos realmente nos sentir livre, onde podemos sentir que há uma razão para sermos quem somos e para desfrutar o que nós amamos fazer... . Ele  incentiva, no sentido de encontrar a beleza nos desejos e nos comportamentos. "

Os espectadores vão gradualmente aprendendo mais sobre Paul e as histórias de Jacob, mas já sabemos como Emma conheceu Joe, quando ela era uma estudante dele e o via como uma figura paterna, e ao mesmo tempo, eracompletamente apaixonada por ele. "Ela tem uma devoção muito especial por Joe," Curry explica. "Ela esteve com ele desde que ela era muito jovem. Ele é essencialmente uma espécie que estava preparado ela."

Na verdade, é Emma, ​​que é sem dúvida a líder do culto de Carroll, tendo sido colocada no papel de cuidadora de Joey, enquanto Carroll estava na prisão. Curry diz que a afeição de Emma para o menino é genuína, mas os espectadores devem sempre estar consciente de onde esta sua mais profunda lealdade. "Ela realmente ama Joey e se preocupa com ele, em parte porque ela está com ele por dois anos e ajudou a criá-lo, mas também porque ele é filho de Joe," ela diz. "Ela adoraria estar com Joe e ser mãe de um filho dela... e ela tem essa importante posição, de prestígio por ser quem cuida de Joey. E isso é um ponto de orgulho para ela também, por estar perto de Joe através de Joey. Seu amor por ele e sua proteção é muito real.

"Ao mesmo tempo," Curry adverte, "todo mundo sempre tem que ter em mente que a pessoa mais importante é Joe. Emma é capaz de fazer absolutamente tudo para ele,  é o tipo de coisa trágica sobre ela -.. Ela da amor para Joey, ela se preocupa com Paul, e ela faz amor com Jacob - mas no final do dia, ela vai fazer o que Joe pedir para ela, porque seu amor por ele é o mais importante ".

Tudo o que sabemos sobre o Joe, no entanto, indica que os três são apenas peões em seu jogo de  para voltar a sua ex-mulher, Claire ( Natalie Zea ), e Hardy. "Ele passou muito tempo na prisão e agora ele está mapeado exatamente como ele vai atacar, o seu plano mestre", de acordo com Tortorella. "E este é apenas o começo."

E você o que acha? Sera que os três seguidores de Carrol são peças descartáveis? O que você acha deles? Qual deles  você acredita ser mais mortal? Comente e não se esqueça de nos curtir no Facebook.


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...