25 de mar de 2013

Mega Aquecimento - Retorno de Revolution




Revolution esta de volta de um hiatus quase interminável e para saber mais sobre o que esperar do fim da primeira temporada clique em Leia Mais e boa leitura....

A série vai voltar exatamente de onde parou, com Miles & Companhia em frente as armas de Monroe no helicóptero. "Nós não tiramos o perigo que da em um penhasco", diz Kripke. "Monroe tem helicópteros e tem uma forma limitada de poder. Dando-lhe o poder era mais sobre fazer-lhe uma força implacável que nossos heróis vão estar totalmente presos e oprimidos e como eles vão estar tentando lutar contra ele." Mais pelo que vimos nas promos Milles e sua turma não se contentarão em só fugir.




Na segunda parte, vamos começar a lentamente a expandir o mundo", diz Kripke. Antes do final da temporada, vamos atravessar a Geórgia, um lugar que tem alguns produtos que a República Monroe não tem dando a eles um bom motivo para invadi-la. Kripke também observou que eles eventualmente vão se dirigir para o oeste. E para relembrar o mapa do dividido EUA ai vai:


O elenco começou a assumir mais passeios a cavalo e lutas de espada, mas isso não significa que eles são profissionais ainda. "Quase fraturei a minha costela e quase quebrei o nariz de Billy", diz Giancarlo Esposito , que interpreta o malvado Capitão Neville. E algum dos nossos mocinhos pode acabar morrendo ou se lesionando de forma grave.

Agora que o poder é possível, Abrams e Kripke reconhecem que isso vai contra a premissa inicial da série, que é por isso que o primeiro diz que Revolution não planeja ostentá-la. "O gênio é colocar de volta o poder na garrafa em que estava presa", diz Abrams. "Eles são capazes de contar histórias que nos dará esses momentos e picos em que você sabe que esse poder existe, e está lá fora, e é uma parte do que esta luta é, e é incrível, e é o conflito que você vai ver. Se essa vai ser a constante na série? Baseado no que Eric apresenta a resposta é não!

Saberemos mais sobre o gênio do mal que mantem refém Grace muito em breve. "Randall começa a desempenhar um papel muito grande na mitologia no segundo semestre", diz o produtor executivo Eric Kripke. "Eles estão neste local misterioso, e vamos aprender sobre quem ele é e o que quer, o que ele está fazendo e de fato o quão perigoso ele é e como isso vai afetar os nossos heróis.". 

E já sabemos que que vamos conseguir todas as respostas até o final da temporada, e novos mistérios vão aparecer, e os produtores prometem ser grandes.


Sobre os Personagens:

Charlie vai continuar a lutar para a rebelião, o que vai colocá-la em desacordo com ela mesma. "Ela é capaz de manter sua humanidade através de tudo isso?" Spiridakos disse. Ela pode encontrar ajuda nesse departamento em Jason ( JD Pardo ), que observou Spiridakos vai estar com os rebeldes na segunda metade da temporada.


Milles: terá que se tornar um líder da rebelião contra a república Monroe, mas seus demônios do passado podem impedi-lo. "Se o show acontecesse cinco anos antes, Miles seria o cara mau", disse Kripke. "Ele é um cara ex ruim tentando ser bom. Nós vamos descobrir mais sobre a história e Miles Monroe e por que eles finalmente se voltou contra Monroe. Vamos também aprender mais sobre sua história com Rachel - como por que, nos momentos de abertura do episódio de retorno, Rachel mostra sinais de ciúme por seu relacionamento com Nora (Daniella Alonso ). 


Monroe: Com Miles o abandonando mais uma vez, Monroe irá definir sua meta para dar um fim a rebelião e fazer Miles pagar por ela no processo, colocando um preço pela sua cabeça. Sem ninguém para confiar, Monroe pode tomar algumas decisões questionáveis. "Há um vazio em que ele não pode ser preenchido com todo o poder no mundo", diz Lyons. 

Rachel: Agora que ela voltou a se reunir com seus filhos a dinâmica do grupo certamente vai mudar, que vai ser particularmente difícil para Charlie. "Há um monte de ressentimento e raiva lá para ela, especialmente quando voltar a ficar juntos, Rachel não tem respostas para ela", disse Spiradakos. Ainda assim, é a mãe dela, então eles vão tentar encontrar um terreno comum.

Aaron: vai ficar cara-a-cara com sua esposa novamente. "Eles são capazes de resolver os seus problemas", Kripke disse, observando que Aaron a deixou para trás porque ele era um covarde, mas ele tem conseguido encontrar força novamente.

Participações especiais e Recorrentes:

Annie Wersching - Emma, ​​o primeiro amor Miles Matheson - e também o primeiro objeto de obsessão de Sebastian Monroe. Quando Emma ressurgir na linha de tempo atual (Episódio 15), há uma preparação do terreno para um confronto dramático entre os cavalheiro. 

Ramon Fernandez - vai interpretar o Capitão Franklin, soldado de confiança do círculo de Monroe (David Lyons). Fernandez pode ter presença recorrente na série.


Leslie Hope - vai estar na pele da Presidente Foster, a líder de pulso forte da poderosa Federação Georgia, que pode ser a chave para a possível revolução que se aproxima.



Animados para o retorno da primeira temporada de Revolution? Quais suas expectativas para a série? Comentem e se quiserem saber antes das novidades da série curta Revolution Fãs Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...