4 de mar de 2013

Review - Zero Hour - S01E03 - Pendulum


“Fiz minha parte, é hora de ir. Vou com elegância”

[SPOILERS]



A ABC finalmente divulgou o que todos esperavam: o cancelamento de Zero Hour. A gente já sabia que essa história confusa e a baixa audiência levariam a série para esse fim. O que me deixa triste é o fato de desperdiçarem um tema tão legal dessa forma.

Continuamos com a busca por Laila e, consequentemente, pelos relógios. Confesso que eu não vejo a hora de chegar no 12°. As pistas que levam Hank e cia a isso são as mais furadas possíveis: é mais fácil salvar a Laila do que zerar Carmen Sandiego. Mesmo assim a trupe NÃO consegue. O FBI parece um brinquedo nas mãos do Vincent, e olhe que ele nem parece receber muita ajuda. Ainda vejo como um erro grande (tanto da série quanto do personagem) essa coisa de levar uma pessoa sequestrada à tira colo para todos os lugares.

No decorrer do episódio, descobrimos que Albert Eistein foi um dos novos apóstolos e somos levados a desvendar um enigma deixado pelo físico antes da morte. Ao contrário dos outros dois episódios, em que o foco se deu no lado religioso, em Pendulum podemos perceber a relação da ciência com a humanidade. A religião e a ciência não devem, necessariamente, ficar em lados opostos. Não confrontar a ciência com religião, além de mostrar que ambas são necessárias para o mundo, poderia ter sido um lado positivo da série.

Durante o episódio, conhecemos um pouco sobre a relação entre Hank e a mulher, e entre ele e a sua família. É através dos joguinhos “de casal” que Laila deixa pistas para ajudar o marido a encontrá-la. Afinal, ela só consertava relógios mesmo, e parecia ter um carinho especial por ele. Já o segredo que os pais do Hank escondem, ficou no ar, mas deve ter alguma relação entre a “cópia” nazista do personagem.

Um último questionamento: quem seria aquele menino do final?

Perguntas e mais perguntas que ficaremos sem resposta. Não me incomodaria de ver mais alguns episódios de Zero Hour ou pelo menos o fim dessa temporada. Odeio quando as emissoras cancelam a série e deixam o público sem explicação. Mesmo que tenha merecido o cancelamento, a pouca audiência merecia um pouco de consideração ARGHHH! Mas tudo bem, gente. Zero Hour não foi a primeira e nem será a última injustiçada que foi pouco desenvolvida (só 3 episódios?!).

E vocês? Acham justo o cancelamento? Não deixem de curtir nos curtir no Facebook! ;)

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...