4 de abr de 2013

Review - Bates Motel - S01E02 - Nice town you picked, Norma


“Como o Sam morreu, Norma?”

[SPOILERS]



Nice town you picked, Norma começa logo de cara com a chegada de Dylan, o irmão estraga-prazeres do Norman. Filho renegado, o odiado, o mal-amado... Enfim, a persona non grata da pequena família Bates. Fruto de uma relação conturbada e mal planejada entre Norma e aquele que, creio eu, seja o “senhor Massett”, primeiro marido da senhora Bates, Dylan bate a porta da mãe desempregado, sem dinheiro e a procura de um lar.

É possível perceber o desprezo de Norman pelo irmão logo na primeira cena. O garoto não faz questão de tratá-lo bem, que por sua vez não faz questão de tratar a mãe bem. Dylan mostra uma grande repulsa por Norma, que deve ter sido causada pela falta de afeto existente nas relações entre mãe e filho quando ele era criança. Norman, por outro lado, é fruto de uma relação de amor entre a mãe e o pai, Sam, e talvez seja por isso que receba todos os cuidados e atenções. O garoto não mede esforços para proteger a mãe, chegando até a brigar com o irmão para defendê-la. Esperei que fosse matá-lo, mas não aconteceu. Ainda acho que irá acontecer, não agora e mesmo eu não querendo que o irmão seja uma vítima do Norman por motivos de: não se encaixa nos fatos (Psicose <3). Dylan também deixou no ar o mistério sobre a morte do Sam: morreu e o seguro pagou uma grande quantia em dinheiro para a mulher. Será que ela tem culpa?

Com toda essa complicação da família Bates, só podemos concluir que a grande problemática da história é a própria Norma, que tira de um filho e dá para o outro, não sabendo dosar a quantidade de zelo destinada a cada um deles. Estou no aguardo de mais informações sobre cada um dos pais. Talvez isso explique a diferença entre o tratamento da mãe com os rapazes ~o pai do Dylan vai ser uma pessoa amável, e o do Norman um maluco completo, just saying~.

O ciúme da Norma quando Emma vai visitar o filho e o ciúme do Norman quando a mãe vai sair com o xerife serve para deixar mais forte a relação doentia entre os dois. É um sentimento que só Freud explica e que cresce a cada cena. Não deve demorar para a mãe começar a causar problemas entre Norman e suas amiguinhas. Abrindo um parêntese: falando nas amiguinhas do Norman, estou sentindo um triângulo (quadrado?) amoroso no ar: Emma > Norman > loira gostosa, o que era necessário ter (qual “série teen” não tem isso?). Mesmo assim, acho que, no final, as duas morrem e a Norma deve ter alguma culpa no cartório.

O episódio ainda nos mostra que: a cidade é habitada por mafiosos com direito a plantações de maconha e queimas de pessoas; existe uma história por trás do caderninho masoquista do Norman; e o início da “relação” entre o garoto e a taxidermia. No fim das contas, Nice town you picked, Norma nada falou sobre a menina do final do piloto, mas ainda assim deixou bons ganchos para o próximo. A série continua mantendo o nível, principalmente no que diz respeito à atuação exemplar do Freddie Highmore. É de impressionar a maneira com que ele absorveu os trejeitos do Norman.

E vocês, quais são as teorias? Comentem e curtam no Facebook! ;)

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...