4 de abr de 2013

Review - Bates Motel - S01E03 - What’s wrong with Norman









 “Você é corajoso, Norman Bates”

[SPOILERS]



Em What’s wrong with Norman, continuamos acompanhando a nada saudável relação entre Norma e seu filho. Dylan, o primogênito rejeitado, continua aprontando as suas com os traficantes locais (são as drogas que “mantém a cidade viva”), o que com certeza causará problemas no decorrer da série. E o melhor: finalmente tocaram no assunto da menina presa.

Ainda falando sobre Dylan, é interessante observar a dualidade e diferenças não tão distantes entre ele e Norman. Enquanto o primeiro é um “bad boy” em todas as suas formas e traços, o segundo teve todo o amor da mãe e é poupado até onde Norma pode poupá-lo. Aquele que já é malcomportado por natureza, procura, em suas atitudes, chamar atenção ao se colocar em perigo, mas, como foi mostrado durante o episódio, pouco sabe sobre segurar uma arma (e muito menos atirar). Do outro lado temos Norman, um rapaz aparentemente “bonzinho” ~daqueles que respeita a mãe e sabe se comportar~ mas que, no futuro, virá a se tornar uma espécie de serial killer.

Sobre o nosso protagonista, os sinais de surtos continuam a aparecer. A obsessão pelo caderno (negada veementemente pelo personagem ao ser indagado sobre isso por Emma) passou dos limites e fez com o que o rapaz desmaiasse em meio a uma aula. Resultado? Ele foi parar no hospital. Para o desespero da mãe, é claro, que nem deixou o filho terminar de se recuperar e o levou depois que a polícia invadiu a sua casa. Outro ponto para ser destacado é essa também dependência da Norma em relação ao filho. A mãe precisou do Norman quando os policiais entraram no motel e ainda mandou o garoto ~depois de culpá-lo~ entrar sorrateiramente na casa do xerife em busca do cinto ~achado pela polícia debaixo da cama do Norman~ do Keith Summers.

Aliás, o Norman pensa que a mãe está sendo manipulada pelo xerife Shelby, enquanto o que é acontece é justamente o contrário. Todos já perceberam a jogada de Norma para seduzir o xerife e escapar da culpa pelo assassinato do Keith. Pelo policial ter a sua dose de corrupção e culpa diante dos fatos ~menina presa no porão, a grande revelação da última cena~, eu diria que os dois se merecem.

Porém, o mais interessante do episódio foi ver, mais uma vez, o Dylan tentando abrir os olhos do Norman. Em What’s wrong with Norman, ele demonstra de forma eloquente o que deu a entender no 1x02 de forma sutil: a relação entre Norman e Norma é doentia e o Norman precisa se tocar disso e cair fora. Como resposta, o irmão mais novo não parece entender que o faz não é saudável e não se lembra de ter atacado o mais velho (surto do Norman!). É legal ver nascer uma pontinha de amizade entre os irmãos, antes de a coisa toda pegar fogo. A redenção do Dylan deve ser salvar o Norman de alguma encrenca na caverna das escrituras chinesas, lá perto da plantação de maconha. Querem apostar?

Dúvida sobre esses três episódios: por onde andam os hospedes desse motel?

E vocês, o que acharam? Comentem e curtam no Facebook! ;)

2 comentários:

  1. Mas, pelo que eu entendi, ele tem uma alucinação de que a mãe manda ele buscar o cinto, não? :s

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tem razão, deve ter sido uma alucinação mesmo, não mostra ela entrando no quarto pra falar com ele. mas o que a gente precisa considerar é a reação dela ao saber da existência desse cinto e o que ela fala pro Norman sobre "guardar esse tipo de coisa". o sentimento parece ser de decepção com o filho

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...