18 de abr de 2013

Review - Bates Motel - S01E05 - Ocean View


“Não pode ser o mesmo homem”

[SPOILERS]



O ponto de partida de Ocean View é, mais uma vez, o final do episódio passado. A saída de Norma da prisão só mostra que o pobre do Norman é cada vez mais colocado de escanteio pela mãe e mais inferior ele se sente.

 A mulher descobre que o filho estava com uma garota e que, por isso, não se fez presente no ato da prisão dela. As minhas indagações começam aqui: o problema foi Norman não ter ficado ao lado da mãe, ou o problema foi ele ter ido para a cama com uma mulher? Se essa situação tivesse acontecido em um dia “comum”, ou que a Norma estivesse com o Shelby, provavelmente ela teria que inventar outra desculpa para jogar na cara do filho. O elemento “chantagem emocional” (“eu fui presa”) estaria fora da jogada. Como será que o Norman reagiria e qual seria o impacto do desagrado da mãe?

À medida que Norman é desprezado pela mãe, ele faz o mesmo com Emma. Sempre procurando uma forma de desviar das investidas da garota, Norman procura deixar claro o papel dela ao lado dele: amiga. O esforço da menina é significativo, típico de quem “precisa” de alguém. Aguardo muito que essa coisa de “menina asiática” desapareça para os roteiristas desenvolverem Emma de maneira adequada. A personagem tem um potencial enorme, não só para ser um porto seguro para o Norman, como também o contrário (e ele precisa de alguém caso o Dylan morra, né). Talvez ela até passe por problemas afetivos com o pai ~e falta da mãe~ e a série nada fala sobre isso. Pouco também se sabe da influência que a doença teve e tem na vida da garota. Ou se ela pode se mostrar “malvada” no final. Por agora, Emma continua na friendzone. E pelo visto será 4ver. Ou até a loira ser morta pela Norma. Ou pelo próprio Norman.

Shelby, por sua vez, não mede esforços para livrar o seu grande amor da cadeia e apaga os arquivos sobre Keith Summers e as provas contra Norma. Resultado: o caso é arquivado. Pelo visto a cidade é mais uma dessas em que o xerife tem as suas próprias leis. Porém, ainda não acredito que isso tudo é amor. O cara mal conheceu a Norma, que é acusada de ASSASSINATO (“do parceiro de crime” dele, aliás) e sente o suficiente para inocentar a mulher? Na minha terra isso se chama “interesse”. Caso seja, deve estar relacionado aos segredinhos entre Shelby e Summers. Destaque para a cara de pau da Norma ao falar com a advogada de defesa antes do fim do caso. Vera Farmiga arrasando.

Enquanto isso, Dylan vai aos poucos tomando posse do seu lugar como irmão. O rapaz continua tentando abrir os olhos de Norman: “foge de casa e vem morar comigo, a sua mãe não presta”. O mais novo hesita e continua de olhos fechados para os problemas de sua relação com Norma. Talvez quando ele se lembrar das palavras do irmão, seja tarde demais. Além disso, ainda teve a morte do ~comparsa~ amigo de Dylan, que ele fez questão de buscar vingança contra o disparador. Seria ele mais um Bates problemático? E o cara morreu? Eu ainda acredito na inocência do Dylan para salvar a família e confrontar o Norman: mostrar que mesmo sendo traficante, ainda é uma pessoa boa, enquanto o “bonzinho” do Norman, bem...

O ponto mais alto do episódio foi o resgate da asiática do livrinho. Norman e Emma supõem que Shelby trabalhava em parceria com Keith Summers e invadem o barco do falecido. Ao encontrar a garota, eles a levam para o Motel. Norma entra no quarto e descobre o filho e Emma ali, com uma garota. A asiática confirma que Shelby a prendeu e a mulher continua descrente. A pergunta agora é: Norman resgatou a menina e expos o xerife por querer fazer uma “boa ação”, ou para mostrar à mãe que Shelby é um canalha e exigir o afastamento dela? Não que ele tenha uma mente tão maléfica ~ainda~ para planejar “vou fazer isso só para ganhar isso em troca”. Mas ele foi tão desprezado durante o episódio inteiro que vai saber se o subconsciente dele tramou esse plano. E aliás, será que o Shelby é realmente culpado? Até que ponto?

O que vocês acharam? Comentem e curtam no Facebook! ;)

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...