20 de mai de 2013

Review - Doctor Who - S07E13 - The Name of the Doctor

I’m Clara Oswald. I’m the impossible girl. I was born to save The Doctor.
Essa prometeu ser uma temporada épica, que traria a tona um marco que acredito nenhuma serie conseguiu, 50 anos de Doctor Who. Começou trazendo velhos vilões, que adoram exterminar, e mostrando problemas no paraíso dos Ponds. E ai eis a primeira introdução da nova companion que deixou a maioria aturdida. Cotada para aparecer no especial de natal, acabou por surpreender como uma hacker pronta para ajudar o Doctor. E por fim uma revelação maior ainda, ela também era uma Dalek, que no processo de ser transformada preservou sua memoria.

E assim fomos caminhando, para um Doctor com um lado mais negro, da força, e graças a Amy voltou os corações para o lugar. Tivemos o delicioso episódio: The Power of Three, a pré-despedida dos Ponds, que no final das contas teve o mistério dos Cubos resolvidos de forma bem simples. E assim The Angels Take Manhattan chegou, junto com a volta de River Song e uma despedida doloroso, Amy e Rory acabaram presos no passado em New York deixando assim o Doctor arrasado, pois ele não gosta de despedidas.

Especial de Natal, e Clara reaparece só que dessa vez no passado, encontrando um Doctor mal-humorado que deseja cuidar somente de sua vida. Assim também tivemos a volta de Madame Vastra, sua esposa Jenny e Strax, que deram o toque mais do que especial ao mesmo. E assim Clara anda revelando certos traços do Doctor, como o fato de mentir. E por fim quando achamos que Doctor e Clara salvariam o mundo e começariam a viajar pelo tempo e espaço ela morre. E assim nos é revelado uma terceira encarnação da Garota impossível.  Que esta em nosso tempo afinal! Já perceberam que todas as companheiras atuais são de nossa época?  

E da-lhes a nova encarnação de Clara, ou a encarnação original, pois nem conectar Wi-fi consegue, com o número da Tardis em mãos entra em contato com o Doctor, assim mais um mistério é apresentado. Que mulher deu o telefone para ela? Poderia ser River mas ela não pareceu ter conhecimento de Clara, ou sera que ela mentiu? E vamos diversos episódios viajando com a nova dupla e mais de uma vez Clara é confrontada com o fato de ser impossível.

E então eis o final de temporada, com um titulo provocador e pronto para fazer os Whovians surtarem, o que realmente aconteceu durante o episódio! Gallifrey sendo mostrada, assim como o roubo da Tardis pelo Doctor e sua neta, e Clara tentando interagir com diferentes Doctors. E aguenta coração pois emoções maiores estão por vir. Com a reunião de Madame Vastra, Jenny, Strax, River e Clara, em busca de salvar o Doctor, que corre risco pois uma ameaça terrível o espreita. Momentos engraçados em que River e Clara são apresentadas, uma risada no meio de uma tormenta. 

Ah os segredos do Doctor, no qual mais uma companion descobre que não é exceção a regra, perigo e uma morte que arrepia, ainda bem que a trouxeram de volta logo em seguida. Acho que nunca vi o Doctor com expressões tão perturbadas e sem saber o que fazer. E isso é incrivel pois mostra um lado que pouco vimos ser trabalhado nele. E assim partem rumo a Trenzalore, um local no qual a Tardis não deseja ir. A Tardis é um dos elementos que compõe a mitologia da série, inclusive já ganhando um corpo e mostrando uma sensibilidade incomum, em especial com Clara. E ali em Trenzalore também é o local de sua queda, ou no caso aumento por fora, se mantendo normal por dentro. Pertubador ver ela em tamanho gigante definhando!

River Song volta colocando Clara como sua marionete, e abrindo a Tardis falando o nome que todos temiam ouvir, e acabaram por não ouvir. E assim vemos o corpo, a linha temporal do Doctor exposta e o plano da grande inteligência é revelado e começa a entrar em ação.  Só que Clara também começa a bolar seu plano, e vai atrás dele enfim para cumprir seu destino. Madame Vastra percebe o que vai acontecer com o Universo e as linhas temporais começam a mudar. O que arrepia, se pensarmos em quantas vezes a Terra foi salva! Essa mesma ideia do que aconteceria se o Doctor morresse ja foi utilizada na quarta temporada, Turn Left. Só que agora as coisas são piores pois estamos falando da morte do mesmo desde o primeiro Doctor!

E assim a revelação que River podia ser vista pelo Doctor, um papo que mostra mais uma vez um de seus melhores lados, assim se despedindo com um de seus bordões "Spoilers Swettie". Um resgate emocionante e por fim vemos o Doctor que é o referido no titulo. E as cabeças já podem explodir pois não é uma das encarnações antigas mostradas. E agora temos que esperar ate 23 de Novembro por respostas! Alguém ai me empresta uma Tardis?

Pontos e Teorias a Destacar:

-Clara esteve durante toda a vida do Doctor, inclusive quando ele roubou a Tardis, o que pode explicar o motivo, ja que a mesma ofendeu ela com a frase: "A navegação é ruim, mas se divertirá muito mais.". O que de fato é estranho, ele ter aceitado já que na época não buscava por diversão!

-A fotografia ficou de Parabéns quando mostra os antigos Doctors no inicio do episódio! Mas só fui eu que senti falta de mostrar os Doctors da Série atual? 

- Outro Doctor que não foi mostrado é o oitavo, sera Hunt a representação dele mais velho? Pois o 11th mostra conhecimento sobre ele, então ele é do seu passado. 

E assim encerro sem poder dar uma nota menor do que 10 para essa season finale que conseguiu surpreender do inicio ao fim! 

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...