25 de jul de 2013

Review - Dexter - S08E04 - Scar Tissue

"Dexter is f*cking Dexter!"

Cuidado, spoilers!

Scar Tissue, quarto episódio da oitava temporada de Dexter, segue, na maioria da sua duração, uma linha parecida com a de What’s Eating Dexter Morgan? (8x03): o psicológico de Dexter e Debra é trabalhado pelos roteiristas, e dra. Vogel é papel fundamental nisso. Também conhecemos o possível Brain Surgeon: um operador de serviços de comunicação, ex-paciente de dra. Evelyn e... independente de ser o serial killer da temporada ou não, alguém que se encaixa no Código de Harry.
Dexter descobre-se um “rato de laboratório”: Vogel mantém anotações sobre ele, provavelmente para transformá-lo em capítulo de um futuro livro dela. Dexter, é claro, tem mais um dos seus acessos de fúria (antes tão raros e agora cada vez mais comuns) e “rompe” com ela. Isso dá liberdade para que ele procure a pessoa que mais importa para ele: Debra.
Debra também relaciona-se com Vogel, que está aplicando uma espécie de terapia para ela superar o assassinato de LaGuerta, e está impedida de ver o irmão (ou melhor, Dexter está impedido de vê-la). O episódio parecia indicar um certo progresso na terapia realizada por Evelyn, ainda que Debra não pareça estar mais disposta a vê-la mais... até que ela enfrenta a verdade sobre a morte de seu pai (como dito temporadas atrás por Matthews – que, insisto, sabe sobre Dexter mais do que imaginamos), contada em uma conversa no carro... o que nos leva à cena final.
Confesso que estava classificando o episódio com um 9, de 0 a 10, até a conversa entre Debra e Dexter no carro, que ocorre por proposta dela: considerações interessantes, porém não exatamente chocantes ou eletrizantes. Até que Debra faz com que Dexter perca o controle e caiam em um rio. Toda essa sequência já foi suficiente para me deixar em choque, mas ver Debra, que, após ter sido ajudada por um rapaz a sair do rio, volta para buscar o irmão inconsciente... foi mais que chocante, foi surpreendente.
Digo surpreendente porque, levando em conta que Debra parecia, e ainda parece, ao contrário do que a terapia de Vogel pode sugerir, incerta quanto a ter matado LaGuerta em vez de Dexter, eu esperava que Dexter saísse do carro por conta própria, ou pelo menos ajudado por outra pessoa (afinal de contas, não é como se Morgan não tivesse se livrado sozinho de situações muito mais complicadas em outras temporadas). É óbvio que ela ama o irmão, porém, perdida como ela está, e tendo ela mesma provocado o acidente, foi um tanto quanto... inesperado.
Mas o que não é inesperado em Dexter?

Até a próxima semana! Assista a promo de This Little Piggy aqui (sem legendas).
P.S.: Peço desculpas pelo atraso em publicar a review! Não tá fácil pra ninguém.
P.P.S.: Gente, como assim Masuka era doador de esperma e tem uma filha? A cada temporada temos uma nova revelação a respeito dele, não me chocarei se no series finales descobrirmos que na verdade foi ele quem inventou o Código de Harry hahahaha.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...