11 de jul de 2013

Review - Siberia - S01E02 - A Question of Reality




“O que é isso?”

[SPOILERS]



O segundo episódio de Siberia mantém o clima “reality+suspense” para a galerinha esperta que tenta adivinhar what the hell is going on. O formato da série, nunca antes experimentado (?), faz com que o público se pergunte: “e se todas essas coisas acontecessem ao vivo?”. É óbvio que reação dos produtores do show não seria a mesma. Ou será que a ocasião faz o ladrão e, em um caso assim, a audiência seria mais importante que a vida dos participantes? Fica a reflexão sobre as atitudes mercenárias das emissoras de TV.

Voltando para A Question of Reality, o episódio já começa com um participante pedindo para sair e uma arma perdida. Aliás, queria ver o estrago que uma arma de fogo carregada faria em um BBB da vida. E as consequências se alguém ~acidentalmente~ atirar em alguém, Bial? Os participantes deveriam agradecer o sumiço dessa arma. O pobre Johnny, o boy otário da história, foi logo sendo acusado. Mesmo com toda a desconfiança dos demais, eu sinto que o rapaz, aos poucos, irá ganhar importância na trama e será um forte candidato ao prêmio de 500 mil dólares.

Outra que vai fazer de tudo para ganhar e ser uma pedra no sapato para o grupo é a modelo Esther. No episódio passado ela ficou de mimimi por causa da cama, e nesse resolveu envenenar Victoria com os cogumelos. Esther, amiga, se nesse reality tivesse um paredão, você com certeza estaria nele. E que relação mais ridícula entre ela e o Miljan. Super acho que ele tem aquela vibe e ainda não se tocou.

Do lado dos mocinhos, temos o jovem Daniel, o único que ficou com uma pulga atrás da orelha com o que aconteceu com o Tommy, no episódio passado. Ao explorar a floresta, encontrou sangue, pegadas, uma caverna e a intrigante Sabina. Será que ela esconde um segredo ou estava apenas conhecendo o local também? Apenas ela, além do Johnny, sabe usar uma arma. Será que ela usou a caverna para escondê-la?

 O mistério-chefe do episódio, porém, ficou a cargo dos cogumelos ~alucinógenos ou não~ que a Victoria comeu ~sem querer #sqn~. A menina passou mal e teve alucinações sobre fogo e morte. Ao final, ao ser confrontada por Daniel, respondeu que estava saindo para preservar a própria vida, pois sabe que todos ali irão morrer. “Comoassim os cogumelos mostram uma visão do futuro?” eu não sei. Só sei que foi assim. E que terá fogo no próximo episódio.

Não gosto muito desse exagero de cogumelos futurísticos porque fogem demais da realidade. Criaturas de outro mundo eu até aceito, mas plantas terrestres com propriedades de teletransporte, não. Deixa essas coisas para Fringe. Nem quero pensar nas explicações para tudo que aconteceu e que pode acontecer em Siberia para não pensar que a linds NBC ~que apenas transmite, coitada. Mas é legal jogar a culpa na NBC por motivos óbvios~ me dará respostas furadas. A série continua me prendendo e até agora segue sua proposta. Sinto que no final teremos os poucos participantes carregando as câmeras. Alguém mais? Vamos esperar o desenrolar desse babado.

E as perguntas continuam: Johnny cortou o dedo. Qual a implicação disso para o decorrer da série? Neeko será o chefe até quando? Quem é Sabina na balada? Quem vai sobreviver? Façam suas apostas!


Participantes:
Carolina
Johnny
Neeko
Natalie
Sam
Esther
Annie
Berglind
Victoria
Sabina
George
Miljan
Tommy
Daniel
Harpreet
Irene

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...