11 de ago de 2013

Review - Siberia – S01E05 – What She Said


“Pessoas mudam aqui”

[SPOILERS]



What She Said serviu para movimentar um pouco as coisas na floresta de Siberia. Começando por uma Carolina-atriz, passando por uma Irene machucada, dando a volta por uma Natalie que pediu para sair e tomou o rumo de casa, e terminando com, teoricamente, cinco participantes eliminados. Qual a grande pegadinha por trás disso tudo?

Como vimos no episódio passado, Joyce – as know as Carolina, a falsa – é, na verdade, uma atriz contratada para esquentar a vida dos participantes do jogo. Eu não canso de como essa série explora os clichês dos reality shows. Todos nós assistimos e torcemos como se fosse algo real, como o próprio nome sugere. Mas e se, por trás dessa realidade, os participantes na verdade seguem um script? E se o próprio show coloca atores e atrizes para maquiar o que está sendo passado e deixar a história mais atraente para o público? Siberia brinca demais com os mitos do “behind the scenes”.

Por mais cara de pau que nossa amiga fake-participante seja, ela ainda tenta ajudar os companheiros. Irene se machuca com uma armadilha ~de urso?~ e traz a tormenta de volta para o grupo. O que fazer quando alguém está ferido e não quer desistir? Esther, sempre solícita, tem a resposta: vamos leva-la até o helicóptero, que fica do outro lado da linha. Os espertos Daniel, Sam, Carolina (Joyce?) e Johnny, gritaram um “VAMOS” uníssono e levaram a enferma até o local indicado. Chegando lá, alguma surprise, meu povo? NÃÃÃÃO. Estherzinha-periguete estava mentindo ~sobre regras mudarem e todos poderem sair~ e os cinco caíram numa cilada: foram eliminados.

A loira já poderia cantar a vitória se não fosse o fato de não ter helicóptero ou alguém da produção para ajudar os participantes: o botão estava quebrado e o acampamento dos produtores, destruído. Fica aí mais uma questão intrigante para nós, meros telespectadores: o próprio programa está jogando com ~a gente~ os participantes ou há algo “além” por trás dos acontecimentos trágicos em Siberia? Considerando a cara de pau do programa de mandar alguém queimar a comida dos participantes, eu não duvido nada que tudo seja armação. Se não for, quero explicações bem lindas e coerentes sobre os cogumelos alucinógenos ~que preveem o futuro~ e o fato do Johnny e da Carolina terem tido um lapso de memória no episódio passado. Não aceito alienígenas ou qualquer coisa sobrenatural.

Por falar sobre os mistérios de Siberia, tivemos a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a nossa querida e intrigante Sabina. Como eu supus, ela realmente escondia coisas na caverna da qual o Daniel a viu saindo uma vez. Comida, água, munições e provavelmente a arma perdida. Para quê tudo isso? Ela sabe de alguma coisa ou apenas está se preparando para o pior? E aquele colar dela? Quem é a pessoa da foto? Sobre a ossada que ela encontrou com um colar idêntico, não duvido que seja um alerta para ela, do tipo: “cuidado, você pode ser a próxima”. Sobre a menina que ela viu, não faço a mínima ideia. Teria Sabina uma ligação ainda não conhecida com aquele local e um interesse “além do reality” nele?

Outro fato que me deixou em dúvida no episódio foi a saída meio que repentina da Natalie. Tudo bem, ela já flertava com a ideia de ir embora, mas eu não esperava que fosse da forma como foi: DO-NADA. Um dia a pessoa estava iniciando um romance, no outro deixava um bilhete de adeus. E um BILHETE? Quem me prova que ela realmente foi embora? Estamos de olho, produção.

Bom, espero que algumas perguntas sejam respondidas em breve, porque tudo ainda parece muito solto para se criar alguma teoria. Pode ser qualquer coisa e pode não ser nada, já que a série ainda não mostrou respostas concretas. Siberia parece ter dado uma deslanchada nesse episódio, que não só trouxe questões como também respondeu algumas, mantendo um ritmo durante o episódio inteiro. Senti falta disso, principalmente nos dois últimos, que apenas serviram para construir bases das relações entre os personagens e que me deixaram apreensiva somente nos minutos finais. E olha que essa é a série que eu menos espero e mais me divirto. Mesmo eu assistindo como se realmente fosse um reality ~sem reclamar de atuações, produção, roteiro etc ~, a série precisa se desenvolver para não cair no erro de outros fracassos do tipo. Enquanto isso, surprise me, Siberia!

Ps.: Miljan, estamos esperando você pedir ajuda do Sam para decifrar o caderninho.

Participantes:
Carolina 
Johnny
Neeko
Natalie
Sam
Esther
Annie
Berglind
Victoria
Sabina
George
Miljan
Tommy
Daniel
Harpreet
Irene

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...