22 de ago de 2013

Review - Twisted - S01E09/10 - The Truth Will Out/Poison of Interest

Casos de Família

Chegamos a mais uma review de Twisted com o seguinte pensamento: A série está copiando Pretty Little Liars ou Gossip Girl?
Creio eu que os roteiristas pegaram fatos avulsos de várias outras séries e juntaram tudo de uma só vez para criar Twisted. A premissa de um assassinato não resolvido sendo o assunto chave da história é bem típico das obras de Sarah Sheppard, e a ideia de exposição online vem de Cecily Von Ziegaser.
Durante o episódio "The Truth Will Out", acreditávamos cegamente que Karen Desai seria o centro das atenções do episódio, mas ficou mais do que claro que o plot dela ter se assumido a assassina de Regina Crane não foi bem aproveitado. Este episódio serviu, basicamente para nos informar que cedo ou tarde, os segredos escapam e explodem bem no meio das nossas caras - O pai de Lacey que o diga -, e finalmente, Jo e Lacey descobriram que Danny possuía o colar de Regina desde o Pilot. No finalzinho do episódio, uma cena digna do -A Team e da GG acaba por nos surpreender, pois Rico recebe o vídeo de Danny e Lacey transando, mas fica a pergunta: Por que Rico?
Isso é uma resposta que nunca saberemos, visto que em "Poison of Interest", a pessoa responsável por gravar o vídeo foi Doug.
Em Poison of Interest, o plot central do episódio é a expulsão de Danny do Green Grove High, o que era mais do que óbvio já que para ele veio desgraça atrás de desgraça. Primeiro o treinador que acobertou Danny foi demitido do cargo e depois Gloria Vadia Crane convocou uma reunião com o diretor para expulsar Danny por ele ter faltado uma aula de terapia só que o real motivo é a suspeita cega dela de que Danny é o verdadeiro assassino de Regina.
Em meio a isto tudo, Rico e Lacey tentam por mais de uma vez (individualmente, e depois juntos) conversar com Doug para que ele remova o vídeo dela e Danny transando, mas Doug fica acuado e Lacey grita com Eloise (a outra esquisitona), e tudo vai por água abaixo.
Uma audiência é marcada para decidir se Danny vai ou não ser expulso do colégio, e vários depoimentos dos alunos são apresentados defendendo o jovem Desai, até Cole se redimiu e defendeu o amigo, mas Gloria foi abrir o bico e Tess e Karen rodaram a baiana numa cena digna de casos de família que sou OBRIGADO a comentar (comentários em cinza):

Tess: Eu sei que é fácil condenar o Danny. Sei que ele cometeu alguns erros, mas eu tenho visto em primeira mão o quão duro ele está tentando recomeçar. Então por favor, deem-no uma outra chance. Obrigada.
Mr. Shaw: Sra. Masterson, obrigado por isso.
Gloria: Com licença, Bruce, mas este conselho acredita mesmo que é apropriado para a esposa do nosso Comandante de Polícia defender o principal suspeito do assassinato da minha filha?
Tess: Eu poderia lhe fazer a mesma pergunta, Gloria. Quão é apropriado você ter algum poder no futuro de Danny Desai nesta escola? Especialmente depois que você me disse no café da manhã que era sua missão fazê-lo ser expulso? Aqui a Sra. Masterson ganhou meu respeito com esse coice na cara dazinvejosa
Gloria: EU NUNCA DISSE ISSO!
Tess: Sim, você disse.
Gloria: Danny Desai é uma ameaça a todos os pais aqui. Como você pode ficar em pé aí defendendo um serial killer?
Karen: NÃO FALE ASSIM DO MEU FILHO!
Tess: Karen, não.
Mr. Shaw: Sra. Desai, por favor, a Sra. Masterson está com a palavra agora.
Gloria: É só a minha opinião, Karen.
Karen: Vá se danar! Agora é a vez de Karen sambar na cara dessa aí
Karen: Gostaria que eu desse a minha opinião sobre sua filha e a chamasse pelo que ela era... Uma prostituta?! Cheessuz.

A cara de espanto de todos ali presentes simplesmente me definiu, eu fiquei pasmo com essa cena e Twisted finalmente conseguiu me animar, gente, mas o que foi isso?
Enfim, Danny é suspenso apesar de tudo o que todos fizeram para defendê-lo, mesmo com a revelação de Jo na frente do povo todo que ela está apaixonada por ele.
E aí, temos uma cena Gossip Girl style onde todos - absolutamente todos - recebem por e-mail o vídeo de Danny e Lacey transando (e é revelado que Eloise foi quem se encarregou do video ser enviado) e por fim, Jo recebe o vídeo e faz uma carinha que me deu pena.
Confesso que este episódio me fez pensar seriamente em Eloise como assassina de Regina, pois Rico mesmo falou que Eloise nunca esquece, e como Regina era uma vadia e Eloise era deficiente (semelhante à menina da 1ª temporada de American Horror Story), é quase certo que Regina tenha humilhado-a e isso provocasse uma ira em Eloise, a ponto de cometer homicídio.
Troféu tonto do episódio: Lacey Porter, por gritar com Eloise quando o problema dela na verdade era com Doug.

review grande, eu sei, mas quis alinhar todos os pontos que eu vou utilizar na review da Summer Finale logo agora para ter uma visão mais clara do que está por vir (parece que vão revelar quem matou Regina no 1x11, que será exibido dia 27/08). Até a próxima!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...