18 de set de 2013

Review - Dexter - S08E11 - Monkey In A Box

"Mas não pense que foi o Código que te fez ser um bom irmão". <3

Cuidado, spoilers!

        Começo a review de Monkey In a Box (S08E11), episódio de Dexter exibido em 15.09 nos Estados Unidos, dizendo que meus sentimentos a respeito desse episódio são mistos. Quem viu pode imaginar a razão: o episódio deixa muita coisa para o final (que achei bem... eletrizante) e Dexter... bem... “cara, cê é burro... Como você é burro”.
       Vou começar destacando as duas “amenidades” do episódio: Debra e Quinn está conquistando meu coração – a cena em que Debra (oficialmente de volta à Miami Metro) acha o antigo anel de noivado na mesa de Joey  me fez dar gritinhos dignos de fangirl, tenho que confessar (preciso de ajuda, eu sei). Já disse aqui antes que eu não gostava dos dois como um casal, mas nessa temporada estou achando bem bonitinho – embora não acredite que vá ser endgame (explico adiante).
        A outra “amenidade” é a filha do Masuka, que eu torci ardentemente para ser uma estagiária pentelha-assassina-rival de Dexter, faz uma dupla engraçada com o pai, porém... é apenas uma estagiária. E nem pentelha é.  Gostaria que ela “assumisse” o papel que Louis, da sexta e sétima temporadas, parecia feito para ocupar. Acho que terei de procurar outra série com um estagiário atrapalhando a vida do protagonista. </3
          Não sei o que pensar sobre essa “humanização” de Dexter: para mim, a série, desde o começo, não é meramente uma série sobre um serial killer, mas sobre a transformação de um serial killer em alguém menos, vamos dizer, sombrio. Assim, para mim o objetivo do roteiro foi alcançado: Dexter não sente mais a necessidade de matar e deixou um criminoso na mão da polícia. Apenas não gosto da maneira como isso foi conduzido: estou passando a suportar mais Hannah, e entendo que agora ela é parte fundamental da história, mas ainda não posso dizer que gosto dela. Ou ao menos que gosto desse romance dela com Dexter (e não, não sou fã incondicional da Rita. Acho que prefiro Lumen. Sim).
A respeito dessa transformação, não posso deixar de falar que nesse episódio gostei muito das cenas entre Dex e Deb, até as que envolviam Hannah. Vou sentir saudade dos dois irmãos, de verdade: uma das coisas mais legais da série é o relacionamento deles, que, creio, é peça-chave nesse processo de mudança de Dexter (embora ele acredite que Hannah é a razão e aquilo que o completa totalmente).
     O ápice do episódio é, claro, quando Dexter seda Saxon com ajuda de Debra (“FREEZE, MOTHERFUCKER!” é o novo “Suprise, motherfucker!” – ou não) e então o leva para a sala de “abate” usada por Oliver. Seria uma pena se Dexter não matasse o Saxon e o largasse para a polícia resolver o problema. Último episódio da series finale e Dexter está dando o mole grave de não matar quem deveria matar de novo e permitindo que o “erro Trinity” se repita. Palmas, Morgan.  Também seria uma pena se o agente federal Clayton (que, com a ajuda de Elway está seguindo os Morgan atrás de Hannah! Veja bem o tamanho do problema) fosse esfaqueado por Saxon e Debra levasse um tiro (Debra Morgan: se dando mal desde sempre).
              Não sei o que esperar do series finale: não creio que Debra vá morrer desse tiro (veja bem, eu disse DESSE tiro), mas, uma altura dessa, também não creio que tudo acabe bem para os irmãos Morgan. Como justificativa uso a promo do series finale, Remember The Monsters?, e essas fotos (não abra os links se não quiser possíveis spoilers, embora algumas cenas dessas gravações já tenham ido ao ar). É por crer que não há como os Morgan saírem ilesos – o cerco está muito fechado, com Debra baleada numa cena de crime com morte de um agente federal, Hannah sendo seguida por Elway e Dexter indo embora, o que deve levantar ainda mais suspeitas -, aliás, que creio que Quinn e Debra não sejam endgame. Uma pena. Não quero especular muito para o episódio final, mas não vejo como sair dessa complicação – ainda mais com uma tempestade chegando à Miami, o que torna a fuga difícil. Mas é esperar até domingo para ver qual o destino dos personagens!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...