18 de set de 2013

Review - Siberia – S01E11 – Into the Oven


“Nós os chamamos para ajudar”

[SPOILERS]


Ninguém pode reclamar da season finale de Siberia. Mesmo com o destino de seus participantes totalmente em aberto, o final dessa primeira temporada mostrou um episódio dinâmico, com direito a tiroteios, morte, perseguições, fugas, desencontros e encontros, respostas e mais perguntas. Além da tradicional filha-da-putisse da maior bitch do reality: Esther.

Como se não bastasse toda a escrotisse durante toda a série, nossa querida e amada Esther fechou a temporada com chave de ouro. Eu diria que literalmente, já que a moça usou a chave do revelador para roubar o prêmio de meio milhão de dólares do programa, que estava escondido dentro dele. Aqui, temos a resposta para a chantagem que o Miljan fez com ela: ele sabia que a loira estava com dinheiro e ameaçou contar para os outros. Simples assim. Na primeira oportunidade, Estherzinha pegou o caminhão que a galera estava usando para fugir dos terroristas/militares/homens do mal/whatever. No final, temos um caminhão encontrado, mas a moça não. Cadê você ~e o dinheiro~, Esther? Não coloco minha mão no fogo por essa daí e posso apostar que ela está numa situação melhor que a dos outros.

A coisa mais linda foi ver o momento de reencontro entre a galera liderada por Johnny e a galera do Neeko, no maior clima de “all together now” e amizade verdadeira. Pena que a felicidade deles durou pouco, já que os caras do rádio eram #domal e já chegaram apontando as armas para as cabeças dos participantes. Gente, qual a necessidade disso? No meio do momento “vocês viraram refém”, alguém começou a atirar contra os homens de preto e começou o tiroteio. No meio da confusão, perdemos a Annie ~já foi tarde~. Descobrimos, aqui, que foram esses homens ~de preto~ que mataram as pessoas da base dos cientistas/whatever, mas ficamos sem respostas sobre quem são eles e o que querem. Também não temos sabemos sobre o que ou quem estava do outro lado.

No fim do caminho, nossos guerreiros chegaram a tal cidade que o Johnny encontrou no mapa achando que estavam a salvos. A pegadinha é que é uma cidade fantasma, limpinha e ainda bonitinha ~com lojas com roupas, ninguém saqueou nada~, mas aparentemente sem habitantes. A trupe encontra um apartamento com energia elétrica, que aparentemente está habitada, e resolve se instalar nele. Eu fiquei me perguntando se eles não conheciam a história da Cachinhos Dourados: comeram a comida do dono da casa, deitaram na cama do dono da casa, ligaram a televisão do dono da casa. Talvez dê problema, viu.

A primeira surprise do episódio fica por conta da fita encontrada pela Sabina na floresta. Lembram quando o Johnny e a Joyce se perderam na floresta e voltaram sem memória para o acampamento? Pois bem, a fita mostrou que eles encontraram o negócio redondo da floresta e foram atacados por um Pé Grande ou sei lá o que era aquilo. FINALMENTE a criatura misteriosa apareceu. Ainda não temos muitas informações, mas volto a pensar nos meus ETs ~por causa das coisas redondas da floresta que tinham símbolos e um mapa escritos nelas~ e nos experimentos que deram errado ~já que a criatura parecia um ursinho gigante~. Quero saber qual vai ser explicação para essa criatura ser tão poderosa a ponto de apagar memórias e fazer o céu ficar verde ~outra aurora boreal, só pode~.

A segunda surprise é causada pelos homens de preto, que aparecem encontrando o esconderijo dos participantes, e vem junto com a terceira, quando o apresentador do reality, Jonathon Buckley, adentra ao recinto. É isso mesmo, galera. Como assim o apresentador ainda vaga por aí, livre, leve e solto, nos confins gelados da Sibéria? Provavelmente ele é o dono do apartamento, mas os motivos para ele viver naquela cidade inabitada ainda ficam no ar. Por um momento eu pensei que realmente os participantes fossem parte de uma experiência maior, e tudo aquilo de programa de televisão ser forjado. Talvez todos que fizeram parte dele ~produção e jogadores~ não soubessem dos planos malignos do apresentador e dos seus amigos de preto. Ou vai ver o apresentador é apenas um peão nessa história. E os homens de preto são seus inimigos.

Bom, a impressão que eu fico é que voltamos ao ponto inicial: muita informação e pouco desenvolvimento. Os mistérios não foram completamente finalizados e ainda tem muita gente viva. O que me deixa sem norte em Siberia é a série não se definir: não é um reality, pode ser sci-fi, pode ser ação, pode ser horror... E ao mesmo tempo pode não ser nada disso ou tudo junto. Não tenho muito sobre o que pensar, já que não dá para ficar arriscando teorias para uma coisa que você não sabe se vai ficar no plano real ou seguir para o sobrenatural. É meio frustrante passar uma temporada e não ter pelo menos uma resposta para isso, apesar de a série ter agradado bastante ~já que ninguém dava nada por ela, né~.

Aliás, eu era uma das que defendia que Siberia é série de uma temporada só. Ainda acho que teria sido mais produtivo e menos cansativo se a cada episódio os participantes fossem eliminados ~literalmente~ um por um. Não sei se uma segunda temporada vai ter história o suficiente para se manter sem enrolação, e estou bastante apreensiva. Com esse gancho deixado pela season finale, é lógico que precisamos de mais uma temporada.  Mas uma segunda temporada que RESPONDA as perguntas já feitas, e que não passe o tempo inteiro enchendo a cabeça do público com mais perguntas.

Bom, galera, só nos resta agora ficar na torcida para a NBC renovar. O produtor deu a entender, no início do mês, que apenas espera a confirmação da emissora. Os atores se mostram confiantes e euzinha apenas acho que se fosse pra cancelar, a NBC já teria cancelado ~quando quer, ela cancela série depois de dois episódios. Nunca esquecerei da injustiça com Do No Harm~.

Qual a nota que vocês dão para a série e o que acharam desse final? Espero falar com vocês no ano que vem ;)

Participantes:

Carolina 
Johnny
Neeko
Natalie
Sam
Esther (?)
Annie 
Berglind
Victoria
Sabina
George
Miljan
Tommy
Daniel
Harpreet
Irene
Jonathon Buckley

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...