29 de set de 2013

The Big Bang Theory S07XE01 e 02 -The Hofstadter Insufficiency/The Deception Verification







The Big Bang Theory retornou para sua sétima temporada com um episódio duplo, o qual alcançou altos índices de audiência para a série!
O que não refletiu, porém, numa qualidade inovadora de roteiro, sendo este preso ao humor habitual e, de certo modo, a exemplo da última temporada, limitado.
Na cena de abertura do primeiro capítulo, um bizarro sonho envolvendo referências a “De Volta Para o Futuro” e “Fúria de Titãs” serviu para mostrar o quanto Sheldon, a seu estranho modo, sente saudades de Leonard, que como visto no final da temporada passada partiu em uma expedição científica para o norte do planeta. Assim, vemos o Dr. Cooper compartilhando, relutantemente, a ausência de seu melhor amigo com Penny, esta também carente da presença de seu namorado cientista.
Leonard, por sua vez, em sua missão, está longe de parecer um sujeito entediado ou, ao menos, exclusivamente preocupado com o trabalho, muito pelo contrário, está festejando sua situação com seus colegas de trabalho, o que gera desconforto entre seus dois preocupados amigos. Porém, a forma como é mostrada o desenvolvimento e a conclusão dessa linha narrativa, deixa muito a desejar, parecendo preguiça dos produtores em escrever com coerência e vontade, optando por uma solução mais fácil.
Apesar de em muitas ocasiões a relação entre Sheldon e Penny ter proporcionado momentos de boa comédia, neste início de temporada ela parece desgastada, sem inspiração, bem como a fórmula geral da série. E é interessante notar este último aspecto, porque história é bem parecida com o arco visto no final da segunda e no início da terceira temporadas, quando Sheldon, Leonard, Raj e Howard seguiram em uma expedição para o norte do planeta. Fica explicita uma incomoda ideia de repetição e limitação.
Outro ponto mediano desta estréia está na interação entre Amy e Bernadette. Fraca e dispensável, gasta um considerável tempo na tela para não desenvolver as personagens, forçando a situação de ambas estarem afastadas de seus pares amorosos em virtude de um seminário, levando-as a discutir de modo fútil as estranhas características dos rapazes.
Aliás, os minutos desperdiçados com elas poderiam muito bem ser aproveitados com Raj e sua tentativa de aproximação da Drª Janine Davies, a qual tem um histórico bastante tenso com os quatro protagonistas, devido a uma série de mal entendidos envolvendo assédio no trabalho. Uma boa chance de render ótimas piadas e diálogos é desperdiçada por necessidade dos responsáveis pela série em colocar todos os personagens principais em cena.




Já o resultado final do segundo episódio conseguiu ser bem melhor que o anterior, justamente pelo fato das piadas fazerem sentido e graça. Porém, estas ainda estão longe de serem tão bem escritas quanto as das três primeiras temporadas.
            Após “aproveitar” seu tempo com Sheldon e suas explicações, Penny ao voltar do mercado é surpreendida pelo retorno adiantado de Leonard de sua expedição. Este, por sua vez, deseja passar um tempo a sós com a namorada antes da data oficial de seu retorno e, se possível, longe de Sheldon. Esta situação não dura muito tempo, culminando em mais uma situação de desconforto provocada por desentendimentos entre os personagens.
            Quanto a esta parte, tudo funciona bem dentro do esperado pela forma de relacionamento dos personagens. O destaque está na cena da loja de quadrinhos, onde Sheldon é, claramente, menos para ele, ludibriado por Stuart, que empurra por valores exorbitantes uma estátua do Aquaman e, juntamente, uma pistola d’água do Batman. Bem escrita, esta funciona principalmente pela química entre os atores.

Mas, a única ressalva reside na ausência de um gancho com a situação descontraída de Leonard na expedição no capítulo anterior em contraponto a preocupação de Penny e Sheldon, pois fica no ar uma sensação de resolução incompleta daquela situação, sobretudo se for levado em conta que ambos os episódios foram exibidos em sequência.

Porém, The Deception Verification certamente ficará marcado por representar um dos momentos mais constrangedores da relação entre Raj e Howard, onde ambos fazem uma mensuração dos peitos do outro. Tudo isso devido a presença de estrogênio no creme utilizado para massagear sua mãe, o qual está afetando seus hormônios, tornando-o mais sensível. Não é algo bonito de se ver, chegando bem perto de ser apelativo e só não o é pelo histórico de situações similares vividas por ambos em temporadas passadas.





Comentem, opinem, deixem suas opiniões. Elas são muito importantes para nós.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...