16 de out de 2013

Review - American Horror Story S03E01 "Bitchcraft"


Como de praxe  a cada temporada da série é escolhido um tema e trabalhado durante uma temporada. Nessa temporada não foi diferente, e o tema escolhido foi um dos mais trabalhados na televisão nos últimos tempos. Segue a questão de como AHS irá desenvolver sua trama, dada que a série tem um grande domínio quando se trata de assuntos anormais, exemplo é Asylum, temporada passada da série.
As bruxas ficaram conhecidas por todos por sua história na Idade Média, em particular. Todos sabem que bruxas eram queimadas, ou até pessoas normais que realizassem remédios curativos entre essas coisas eram consideradas bruxas. Isso se deu por causa da igreja católica, que é na maioria a causadora desses grandes homicídios em massa.
Nessa temporada somos introduzidos a um grupo de bruxas vivendo no mundo atual, como nós. Assim como em qualquer série que exista seres sobrenaturais, a série deve primeiramente mostrar como é o equilíbrio da criatura versus ambiente, o que é exatamente o que o episódio nos passa.
A primeira personagem a ser introduzida na série, é a lendária Madame LaLaurie. Para quem não sabe, Madame LaLaurie existiu, e era uma assassina em série, matou muitos escravos, e seu método de tortura é o que mais lembrado quando fala em seu nome. Na série, ela é posta como uma bruxa, e além de racista ela usa os escravos para torturá-los usando o sangue deles para se rejuvenescer. Um dos escravos que a Madame tortura é o amante de Marie Laveau(também uma personagem real), que lhe dá uma porção e ela "aparentemente" morre, assim no final do episódio ela re-aparece quando sua descendente Fiona a tira de seu caixão. A personagem deve ter uma grande participação na temporada, já que é uma bruxa "suprema", assim como Fiona.
Primeiramente somos introduzidos a personagem principal da temporada, que é uma bruxa e descobre por um modo um pouco desconforme, assim tendo várias informações jogadas encima da personagem e da nossa, típico em começo de temporada de AHS. Parte disso vai na pressa em que os roteiristas tem para começar a desenvolver a trama em apenas 12 episódios.
Seguido disso temos a revelação da escola para bruxas. Nessa escola as garotas "especiais" vão para aprender a usar seus poderes, e acima de tudo como se proteger nos dias atuais, para que o final delas não acabe como o de muitas outras, na fogueira. Nessa escola temos a professora, e somente 4 bruxas.
Devo destacar a participação de Emma Roberts, que foi a surpresa mais agradável dessa nova temporada da série, e a personagem que ela interpreta dá mais espaço para ela demonstrar todo seu talento.
Elogios a parte, temos uma parte bastante clichê para a televisão, que é a cena em que a personagem de Emma, Madison Montgomery é abusada sexualmente. Cheguei a pensar que isso seria uma storyline nessa temporada, porém foi encerrada rapidamente quando a Madison derruba o ônibus matando quase todos que estão dentro dele. Não bastasse isso, temos Taissa Farmiga, interpretando a Zoe Benson que parecia não agradar muito com os rumos tomados por Madison, no final, ao ver que um dos sobreviventes não era Kyle, o garoto que ela estava interessada, e sim o que estava por trás do estupro de Madison, abusa sexualmente dele fazendo ele morrer. Isso explora já de cara o lado negro da personagem, deixando na cara que ela não será uma das boazinhas.
Vale a pena ressaltar a ótima atuação de Jessica. A atriz está na série desde o começo dela, e a cada temporada ela surpreende mais, devo dizer que Jessica toma os olhos do público quando entra em cena, como nesse episódio, quando ela apenas aparece já temos a sensação de que "entrou em cena a melhor personagem da temporada", sem ao menos termos visto a temporada.
As bruxas são uns dos seres com mais mitologia e histórias, e dentro da série teremos o desenvolvimento dessa mitologia em uma maneira mais "atualizada". Já vimos que na série não são todas as bruxas que tem poderes como as que temos conhecimento, apenas as Supremas. As outras têm uma habilidade cada, especificadamente, porém veremos como isso se sucede com o passar da temporada.
Para quem pensa que a idade média ficou para trás, sinto muito em informar que na série os humanos ainda possuem os mesmos atos quando se trata de bruxaria.
Concluindo, temos uma das maiores mitologias em nossas mãos, com uma personagem histórica que têm muito para mostrar nessa temporada, e um time de ótimos atores e roteiristas. Essa temporada tem tudo para ser a melhor temporada da série, e depois desse episódio acredito que será.
E vocês, ansiosos com a nova temporada de American Horror Story? Nos vemos novamente sexta com a review do episódio de hoje a noite. 

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...