29 de out de 2013

Review - Atlantis S01E05 - White Lies



E assim venho escrever essa review, que deve ser curta, com uma sensação agradável afinal Atlantis ganhou renovação para sua segunda temporada!
Um episódio que veio acrescentar ao que parece em uma grande parte da história central da temporada, mas acabou decepcionando um pouco por ser um dos mais fracos apresentados na série ate agora. O foco dessa vez foi no palácio e o que de história ele tem para nos apresentar Com um rei golpista e uma rainha com uma grande necessidade de poder, e Ariadne.


Ariadne é aquela tipica princesa boazinha com ideias altruístas, e pronta para desafiar ao pai e a sua madrasta pelo que acredita. Fora isso ela anda se mostrando um pé no saco, e esse episódio deixou isso mais evidente do que nunca. A atriz que não é muito boa em sua interpretação ajuda a colaborar nesse ponto. 

O príncipe Therus que há dez anos foi considerado traidor voltou, para entrar em contato com a irmã e assim salva-la, contra a sua vontade. E nisso Jason e companhia se veem jogados de um lado para o outro. E nisso a trama ficou enrolando, e chateando. Poucas cenas boas como a do Besouro, inclusive de Hércules e Pitágoras de mãos dadas, e a ultima.

Já sabiamos que Pasiphaë não é flor que se cheire, e só reforçamos isso no episódio. Acredito que ela vá ser a grande vilã da temporada, embora precise começar a agir de verdade para o bem da série. E assim encerro esta review com algumas observações abaixo, mas que no final não passa de um episódio de nota 7,5.

- Um sedativo realmente forte o do príncipe não? Afinal se ele não tivesse caído do cavalo por causa de um pássaro(?), Ariadne teria acordado no meio do caminho e lutaria para não ir com ele.
- A história de Jason anda tão parada, e o rapaz já se conformou em ficar em Atlantis sem saber mais sobre sua origem! Eu ate consigo ver ele com Ariadne, mas ela é tão sem sal. E por favor Medusa é para ser de Hércules!
- Falando em Medusa o próximo episódio parece que vai ser centrado nela, então vamos ao delírio. Mas não podemos esquecer seu destino, segundo a mitologia ok?

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...