17 de out de 2013

Review - The Tomorrow People (US) – S01E02 – In Too Deep


" A única maneira de salvar a minha espécie da extinção é encontrando meu pai.
E a única maneira de fazer isso é trabalhando para o inimigo. "
Stephen

Stephen conhece as instalações da Ultra. Para o mundo exterior  é um instituto de genômica e biomatemática avançada, internamente um moderno nervo central monitora todas as ações suspeitas na cidade e profissionais estudam a próxima fase da evolução humana.
Além de teletransporte, telecinese e telepatia, Stephen descobre que com o tempo poderá acessar seus sentimentos e emoções, até mesmo suas memórias. 
Eu gostaria de ter esses poderes, imagine só poder ira a qualquer lugar quando quiser, saber o que as pessoas pensam de você. Mas por outro lado acho que não gostaria de ter agentes perseguindo e querendo te matar. 
Stephen se dá conta de que os agentes da Ultra matam a sangue frio, quando um revelado demonstra ser antisocial.
Antisocial ou apenas rebelde? Ou como no caso do Kurt, se sentindo culpado pelos gastos que a mãe tinha com seus medicamentos? 
 Cara se preocupa com Stephen e lhe entrega um relógio que esconde o Chip D, feito com o mesmo material usado na segurança da Ultra e que desvia sinais telepaticos, impedindo que os agentes entrem na mente. 
Tal relógio mais tarde é revelado como criação do pai de Stephen e  que foi deixado com John.
Sinto cheiro de triângulo amoroso no ar. Cara e John formam um casal bonitinho não acham? Mas e a conexão que tanto falam de Cara e Stephen, seria amor? Ou Cara somente esteja criando expectativas de que Stephen, o escolhido, possa liderá-los e dar uma vida normal a eles de volta?
John guarda muitos segredos e se sente responsável por aqueles que estão no abrigo. 
Para ele os Seres do Amanhã não são super heróis, são uma espécie em extinção, tentando sobreviver. 
Tal pensamento bate de frente com o que Stephen pensa. Ele acha que os Tomorrow Peoples precisam parar de se esconder. 
Aliás eu ainda tenho a impressão de que ele seja filho do Jedikiah. Será?
Enquanto Stephen acha que está sendo esperto mantendo-se infiltrado na Ultra, Jedikiah sabe que quanto menos esperar ele o levará à Cara, John, Russell e os outros Tomorrow Peoples.
Estou achando o personagem Russell bem apagadinho heim!!! Gostaria que ele aparecesse mais, acho ele muito engraçado. 
E os planos de Jedikiah é eliminar todos eles. 
Mais uma vez, Mark Pellegrino dando um show de interpretação não acham?
The Tomorrow People manteve um bom índice de audiência. 
Com apenas dois episódios exibidos acho que já cativou um bom público.
Estou curiosa em saber em como o pai de Stephen pode ajudar os Seres do Amanhã, bem como onde ele está e se Jedikiah tem alguma coisa a ver com seu sumiço. 
E vocês o que esperam da séries? 
Estão gostando? Críticas? 
E como sempre não esqueçam  dar uma passadinha na nossa page Dominação Nerd.
PROMO 
 Episode 1.03 - Girl, Interrupted













0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...