8 de out de 2013

Review - Witches of East End – 1×01 – Pilot



“Um ciclo interminável. Eu vejo minhas filhas crescerem, evoluirem com os dons. E depois morrerem por causa disso. E antes de acabar meu luto o ciclo recomeça.”

Joanna Beauchamp (Julia Ormond), suas filhas Freya ( Jenna Dewan Tatum) e Ingrid ( Rachel Boston) vivem como pessoas normais,.
Enquanto Joanna é uma professora de artes, Freya é Bartender e Ingrid bibliotecária e estudiosa de artigos sobre bruxarias e práticas ocultas, tem dois amigos Hudson ( Tom Lenk) e Barb ( Kellee Stewart).
Gostei da Ingrid e seu jeito atrapalhado em se expressar e sua curiosidade.
Freya é noiva de Dash Gardiner ( Eric Winter) e no dia da festa de noivado coisas estranhas passam a acontecer á sua volta.
Ingrid flerta com Adam ( Jason Winston George), detetive da polícia local.
Killian ( Daniel Ditomasso), irmão de Dash, aparece para abalar os sentimentos de Freya que sente grande atração por ele, além de ter sonhos estranhos como se já o conhecesse de longa data.
Quem ai achou a Freya estilo piriguete? Adam pelo jeito vai perder espaço para o Killian, aliás tenho que comentar que ele tem todo um ar de mistério.  
Wendy ( Madchen Amick), irmã de Joanna aparece para dizer que um inimigo se aproxima e ele ameaça toda sua família tendo como objetivo mata-las para sempre, sem chance de voltarem á vida.
Achei o máximo ela e seu dom de morrer infinitas vezes.
Joanna esconde das filhas sua verdadeira natureza, pois tem esperanças de que o destino delas mude. Um ciclo interminável onde ela vê as filhas nascerem, crescerem, desenvolverem os dons e depois morrerem por conta deles e antes de acabar seu luto o ciclo recomeça. Ela se vê grávida de Ingrid, depois Freya. Nenhuma delas passa dos 30 anos.
A primeira ameaça que Joanna enfrenta é um metamorfo, que se passa por ela e traz um antigo amante de Freya e o manipula para se vingar por passar longos anos preso em um deserto.
Joanna é presa injustamente pelo assassinato cometido por seu metamorfo e se vê obrigada a contar a Ingrid seu segredo e incumbi-la de salvar Freya.
Primeiro olhar sobre o Pilot. Confesso que fiquei desapontada. Achei a sinopse interessante e criei muita expectativa sobre a série. Até a metade do episódio foi desanimador. Apenas nos últimos 15 minutos prendeu realmente minha atenção. Vamos aguardar o segundo episódio para se ter idéia se a série tem futuro ou não.
E você já assistiu? Gostou? Odiou? Comente.
E fique ligado na nossa Page no Facebook, lá você encontra muita coisa bacana! 

 PROMO  Episode 1.02 - Marilyn Fenwick RIP


PROMOCIONAIS Episode 1.02 - Marilyn Fenwick RIP












0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...