28 de out de 2013

The Big Bang Theory S07XE06: The Romance Resonance



            A série em seu último episódio demonstrou ter achado seu ritmo natural de piadas e história, porém, neste capítulo vimos uma escorregada num momento importante, isso, pois após um bom episódio é esperado do seguinte a manutenção do nível, não uma queda em sua qualidade, como ocorrido aqui.



            Se anteriormente foi mostrada uma discussão de relação entre os casais, agora o espaço foi tomado por romantismo, ou ao menos uma tentativa de se chegar a isso, porque os eventos aqui mostrados pareceram por demais forçados, sem vida e, até mesmo, bobos.

            A origem da “onda de romantismo” começa com Howard propondo aos amigos para ajudá-lo na execução de uma música, a qual está compondo em homenagem ao aniversário do primeiro encontro com Bernadette. Seguindo a desgastada, chata e irritante regra máxima da série, o único desinteressado com os assuntos alheios é Sheldon, mergulhado em seu universo egoísta de cálculos e teorias.



            A trama da inabilidade de Penny em proporcionar momentos românticos para seus pares, principalmente para Leonard, é bem rápida para sua proposta. Porém, a explicação de Raj é simples e, de certa forma, resume bem a personagem, além de recompensar os espectadores por ter que suportar essa chatice de narrativa: ela nunca precisou se esforçar para propiciar algum romantismo aos seus pares, visto que é jovem e bonita, oferecendo apenas sexo no lugar de demonstrações de sentimentos.


            A intenção de Howard em homenagear a amada com uma canção escrita para ela é nobre, o resultado está longe disso, porque é bem extenso, cansativo e, por fim, constrangedor, como a expressão dos atores comprova. Podia ter sido um bom capítulo, mas esteve a quilômetros disso.


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...