23 de nov de 2013

Review - Almost Human S01E01-Pilot e S01E02 - Skin

" Em 2048, ciência e tecnologia se desenvolveram em um ritmo incontrolável. 
Drogas e armas desconhecidas inundaram nossas ruas e escolas.
O contrabando é controlado e distribuídos por organizações criminosas violentas e anônimas. 
E a taxa de crime sobe à assustadores 400%.
Com poucos e sobrecarregados homens os órgãos de aplicação da lei implementaram uma nova estratégia.
Todo policial é posto em parceria com um androide avançado de modelo de combate."

A nova série da Fox, Almost Human agradou aos telespectadores. Prova de que  a Fox está apostando nessa série futurística foi a Premiere com a exibição de dois episódios no ultimo final de semana e que conseguiu bons índices.
A sinopse não desperta tanto interesse, seria mais uma série que vamos ver interação entre robôs e humanos e como se relacionam, as diferenças e seus confrontos.
O piloto começou da melhor forma possível, ação, tiros explosão.
John acorda depois de ficar 17 meses em coma. Coma esse por conta de uma operação mal sucedida onde toda sua equipe, seu parceiro foram mortos por uma organização identificada como Insindicato.
Ele está tentando se lembrar de tudo que aconteceu naquele dia e tem que conviver com uma perna mecânica.
Capitã Maldonado o chama de volta ao trabalho e um dos seus companheiro Richard não aprova. 
Como regra seu parceiro é um androide MX, ao qual ele não tem muita paciência ou afinidade e acaba por jogá-lo do carro em movimento. 
Rudy, o técnico em robótica, apresenta Dorian a John. 
Dorian é um androide DRN de alma sintética que pode sofrer "bugs" como dificuldade  em regular suas emoções e pode ter problemas emocionais e que quando foi criado era para ser tão humano quanto possível. 
A primeira missão da nova dupla John e Dorian é tentar encontrar o detetive Vogel, sequestrado por um grupo que tem  ligação com um caso que ele investigou tempos atrás.
Infelizmente  não conseguem salvá-lo e descobrem que ele foi vítima de um experimento, um cobaia. 
Maldonado confia somente em John, ela acha que dentro do departamento há um delator.
Segundo episódio teve com foco "robôs sexuais", isso mesmo robôs criados para dar prazer sexual, ser companhia, confidente, tudo permitido, dentro da lei desde que não se usem DNA humano.
Mas esses robôs escondiam experimentos de criminosos albaneses, que estavam sequestrando mulheres e as usando para produzir pele com seu DNA.
Queriam que os robôs tivessem a pele mais perfeita possível, mas isso tinha um preço, a morte das mulheres que tinham seu DNA retirado. 
John e Dorian descobrem todo o esquema e acabam com ele. 
Não sou muito fã desse tipo de série, mas resolvi assistir em caráter de curiosidade. 
As primeiras impressões foram boas. Apesar do enredo ser lógico e permitir conclusões dos próximos episódios.
A inclusão de um tema bem interessante que são os experimentos genéticos, e todo um mistério envolvendo os planos da organização Insindicato foi uma boa jogada dos produtores. Isso abre várias possibilidades a serem exploradas no decorrer da temporada. O que me chamou atenção foi a citação de experimentos com DNA programável, utilizado para criação de membros e órgãos humanos para transplante.
Para os amantes de  tecnologia e efeitos especiais é um prato cheio: carros com equipamentos sofisticados, computadores modernos, processamento de dados rápidos, análise de amostras e evidências com um simples toque, robôs com capacidade de calcular riscos, falhas enquanto realizam uma abordagem, mascaras de luz que impedem a identificação de rostos, bombas de DNA para encobrir digitais.
Aprovei o elenco e achei eles bem entrosados, alguns já conhecia de outros projetos e outros não.
O que me incomodou um pouco foram apenas alguns termos técnicos que acho que logo estarei familiarizada com o decorrer dos episódios. 
 E ai quem assistiu os dois episódios de Almost Human?
Gostaram? Acham que a série vai ter futuro?
Não esqueçam de passar na nossa page Dominação Nerd para dar aquela conferida nos últimos posts.
PROMO PRÓXIMO EPISÓDIO 
 Episode 1.03 - Are You Receiving



0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...