2 de abr de 2014

Review - The Blacklist - S01E18 N°135: Milton Bobbit


Eu não sei mas esperava um pouquinho mais desse episódio... Não que tenha sido ruim, longe disso, foi um ótimo episódio... é só que eu queria algo mais...

Enfim, vamos começar com o caso da semana, e deixar o suspense sobre o Tom pra depois. Milton Bobbit, um cara que sofreu de total e completa falta de ética medicinal, ao que eu entendi ele foi estudado e usado como cobaia – ele foi o paciente zero, – e depois descartado sem direito a terminar o tratamento, o que é inaceitável na medicina atual, porém, ainda acontece muito.
Bem, em relação ao que o coloca na Blacklist, ele se tornou algo como um mandante de assassinato sem deixar vestígios. Achei brilhante a ideia dos roteiristas, o fazendo procurar pessoas em estado terminal e as convencendo a matar outras pessoas, tudo de forma que parecesse um acidente ou que levasse a policia a acreditar que havia sido algum problema mental do Assassino/suicida. E ainda, ele ajudava a família das pessoas que aceitavam o trabalho. A forma como ele tinha acesso às pessoas também foi ótima.

Gente, não consegui não lembrar do Voldemort quando o pobre Bobbit tirou nariz...
E nossa, que coragem a do Ressler em enfrentar o Bobbit quando ele estava prestes a se explodir e matar o médico que causou todo sofrimento a ele. Sabe, não acho que o que o Bobbit fez seja correto, mas uma das frases dele para o médico é pura verdade: “Porque as coisas boas que eu fiz não justificam as terríveis que você fez comigo”.

Quanto ao Red e a Lizzie, eu poderia jurar, ao final do episódio anterior que ele era pai dela, ai nesse episódio, quando ele diz que ela é uma das coisas – penso eu a mais – que mais lhe eram importantes, e ela pergunta de que forma eles estão ligados, eu fiquei na duvida de volta. Eu espero muito que ele seja pai dela, mas não sei, só sei que de alguma forma eles tem um parentesco, e que tem de ser algo muito próximo.
Devo confessar que de todas as surpresas do episódio, a atitude da Lizzie foi a melhor delas. Quando o Tom sugeriu renovar os votos de casamento e ela, sem nem mesmo avisar ele, juntou todos os amigos e fez a festinha, eu me surpreendi, mas ai quando ela fez o discurso de renovação de matrimonio, repleto de duplo sentido, eu simplesmente deixei o queixo cair. A Lizzie entrou no jogo de cabeça, está se mostrando uma atriz tão boa quanto o Tom.

Achei bem bacana a aparição do ‘irmão’ do Tom, ele afirmando que a Lizzie sabia de tudo e estava
enganando o Tom foi ótimo. E depois a Lizzie confrontando ele, adorei a cena dos dois entrando no tapa e ela dando uma surra nele e o interrogando e dizendo “eu sei quem você realmente é Christopher Maly” – que é o nome verdadeiro do moço –. Ri muito com o Red chegando no hotel e dizendo pro Dembe trazer o serrote que eles cerrariam o Christopher em varias partes. A cada dia eu gosto mais do Red, ele nem mesmo precisou ameaçar o rapaz, foi só pedir pro Dembe dar um passeio com a mãe dele pelo museu que já resolveu tudo.
Estou realmente muito curiosa para saber quem/o que é esse(a) tal Berlin, deve ser alguém/algo muito poderoso e perigoso, porque eles parecem ter muito medo dele, sendo que o Christopher preferiu pular da janela do hotel e morrer a ter de responder o Red.

Novamente falando da Lizzie, ela merece os parabéns, no finalzinho do episódio da pra ver que ela não suporta mais o Tom, e ainda assim, ela faz o possível para fingir que ainda o ama. Eu não sei, mas acho que isso ainda vai acabar mal, ok que o Red a protege – e ele já provou que faria qualquer coisa para matiná-la segura – e que ela se sente protegida pela presença do Red, mas o Tom é perigoso, e a pessoa para quem ele trabalha parece ser ainda mais, e eles estão se arriscando muito. Extremante curiosa para o próximo episódio.

E para terminarmos, achei tão fofa a atitude do Ressler com a Lizzie, dizendo que se o problema que ela tinha a resolver era com o Tom, ela podia demorar o tempo necessário. E que graça o Dembe elogiando a cor das paredes da casa da Lizzie. Falando na casa dela, fiquei muito curiosa para saber o que era a tal chave que ela achou. E já que falamos em perguntas, o que será que o Red procurava na lista de ‘clientes’ do Bobbit? Seja o que for, eu acho que ele não encontrou...


Bem, por hoje é isso, obrigada pela leitura e não deixem de comentar *--*

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...