24 de abr de 2014

Review - The Blacklist - S01E19 - N°119-122: The Pavlovich Brothers


Serio Lizzy? Como foi mesmo que você conseguiu se tornar uma Agente Especial do FBI?? Porque né, nesse episódio você deu uma exagerada.

Enfim, indo ao caso da semana, eu realmente fiquei confusa no começo com aquela mulher sendo “solta” da cadeia e tal. Ai aparece a Lizzy colocando um rastreador, acho eu, na chave do Tom e em seguida ela e o Red conversando. Foi só quando ele falou dos irmãos Pavlovich – que foram responsáveis pelo sequestro da menininha no primeiro episódio – que eu consegui entender que os irmãos estavam atrás da Xiaoping Li, que na verdade é uma cientista especializada em imunologia, que foi retirada da cadeia pela CIA porque tinha informações sobre uma arma biológica.

O caso em si foi interessante, mas completamente ofuscado pela perseguição ao Tom, e aqui devo dar muito credito a ele, porque nossa, ele finge muito melhor que a Lizzy, e é bem mais esperto também. Eu simplesmente não acreditei quando ela saiu desembestada do carro em que ela estava com o Red e entrou no Arquivo Nacional atrás do Tom, tava na cara que ele ia ver ela. O Red tem muita paciência com ela viu. E depois, quando ela volta pra casa, eu sinceramente não esperava que ele fosse simplesmente fugir sem levar nada. A cada dia fico mais curiosa pra saber quem ele é. Gostei muito da atitude da Lizzy em não desistir de procurar o Tom, me deu dó dela quando ela disse “Meu marido se foi” e o Red respondeu “Seu marido nunca existiu”.

Enquanto isso, achei muito esperto o que a Xiaoping fez, deixando uma pista na parede indicando que eles a tirariam do local de barco. E gente, que agonia que me deu ver os irmãos Pavlovich colocando ela dentro de uma caixa como se fosse uma mercadoria qualquer que eles tinham de contrabandear.

Claro, que enquanto a Lizzy esta com raiva, o Red já tem o plano todo pronto, as vezes chego a ter dó das pessoas de quem ele vai atrás, mas passa logo, porque ver o Red em ação, com aquele sorriso sarcástico é legal de mais. Eu vou confessar que não faço ideia do que o moço que “trabalha”de entregador estava levando, assim como não sei o que eram os códigos que o Red falou, mas espero muito que tenha há ver com o Tom e as pessoas para quem ele trabalha.

E quando eu penso que não podem haver mais truques na manga do Red, ele vem e mostra que estou completamente errada. O que foi ele adentrando o covil dos Pavlovich e dizendo “Eu sou Raymond Reddington”, e ai, logo depois, os irmãos estão caçando o Tom. E nossa, foi uma caçada boa de mais de ver, a cara que o Tom fez ao ser pego, simplesmente adorei o trabalho deles. E o melhor de tudo, foi que enquanto o FBI achava que o Red estava atrás da Xiaoping, ele queria mesmo era contratar os serviços dos irmãos Pavlovich.
Eu quase tive um treco quando a Lizzy chegou em casa, e lá estavam os irmãos, e um deles diz “um presentinho do Reddington” e o Tom está lá, amarrado na cadeira. Realmente eu achei que ela ia bater no Tom, mas não, antes ela foi conversar com ele, e devo dizer que realmente senti pena dela quando ele começou a falar, serio, eu não teria ficado quieta ouvindo tudo aquilo, ao menos um tapa bem dado na cara dele ela tinha de ter dado!


Sim, claro, enquanto a Lizzy tenta tirar algo do Tom, o FBI desvenda a pista da cientista, e o Red da uma dica de com quem eles devem falar. Me deu muita dó da Xiaoping quando ela acordou dentro da caixa sem saber o que estava acontecendo e ai começou o tiroteio entre os irmãos e o FBI. O Hessler é tão fofo, tirando ela da caixa e dizendo que tudo vai ficar bem.
Voltando a casa dos Keen, a Lizzy superou qualquer expectativa de burrice ao quebrar os polegares do Tom enquanto ele estava algemado! Nossa Lizzy, ate eu sei que polegares quebrados facilitam a remoção das algemas. Enfim, além de dar uma de boba, ela ainda apanhou, claro que ela deu uns bons tabefes nele, e as cenas de luta entre os dois foram ótimas, sem contar que eles praticamente destruíram a casa né. Por fim, ela acabou algemada a escada com o Tom dizendo que nunca quis machucar ela, que machuca-la nunca foi o objetivo dele, e ainda a manda procurar no Banco Radford, cofre 3929, que ela vai ver que o Red não quem ela pensa que ele é. Achei petulância dele dizer que é um dos bonzinhos, claro que o Red não bom, mas é muito melhor pra Lizzy do que o próprio Tom.


E para encerrarmos, temos a Meera conversando com a Xiaoping, enquanto o Herald pergunta ao Ressler sobre a Lizzy, e ele diz que ela esta tendo problemas em casa. Então aparece o Red tendo uma conversa fofa com a Lizzy e por fim, vemos ela abrindo uma caixa no tal banco, dentro tem um envelope e no envelope algo que parece uma foto.


Eu não sei vocês, mas eu preciso saber o que tem naquela foto/papel que ela pegou, achei cruel terem parado justamente ai. Mas por hoje é isso, espero que tenham gostado e ate a próxima *-*





2 comentários:

  1. Tô achando que é foto do Red matando o pai adotivo da Liz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu não tinha pensado nisso... seria uma jogada e tanto do Tom para colocar a Lizzy contra o Red...

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...