1 de mai de 2014

Primeiro Olhar - Penny Dreadful – S01E01 – Night Work

 " Quando você vê um rio, deve-se segui-lo até a fonte. Não importa os obstáculos, nem os companheiros que padecem no caminho. Você tem que saber como as coisas funcionam. Você precisa desvendar. "

Suspense e mistério tomam conta da nossa atenção logo na abertura onde uma simples ida ao banheiro pode trazer fatos sobrenaturais que irão deixar um ponto de interrogação de o que aconteceu com a mãe da garotinha? O que ela viu que a fez soltar um grito de terror?
 Estamos em Londres de1891, onde nosso primeiro personagem e protagonista nos é apresentado. Ethan Chandler ( Josh Hartnett), encantador, atrevido, sem medo e bem complicado, apresentando-se com armas.
Tais habilidades chamam atenção de uma misteriosa mulher, que a primeiro plano não se apresenta, apenas o recruta para um serviço na mesma noite.
Ethan é levado até Malcolm que apenas menciona estar procurando por alguém e aconselha a não se impressionar com o que vai ver e acima de tudo não hesitar em puxar o gatilho.
Aconselho para quem não tem um estômago muito forte ou não gostar de cenas digamos nojentas, a não assistir essa série. 
Não vou dizer que exageraram na parte de corpos, sangue e criaturas estranhas, digamos que a caracterização e os efeitos foram sensacionais.
Vampiros bem do mal atacam e dentre eles uma criatura bem peculiar. 
Ethan agora está onde os exumadores trabalham. Os cirurgiões devem dar a seus alunos material de estudo. Só que o lugar que estão é ilegal e tivemos contatos com mais cenas fortes de corpos sendo abertos e demais coisas que dispensa comentários. 
Deu para notar que a pessoa que vos escreve não é muito chegada a essas coisas de estripar e abrir cadáveres. rsrssr.
Ainda mais quando a criatura em questão não tem pele e desenvolveu um exoesqueleto como insetos e crustáceos e onde encontram sob a casca hieróglifos egípcios.
Hum, olha o enredo ganhando forma!!!
Na casa de Grandege de Westminster, toda requintada e com um mordomo diferente chamado Sembene ( Danny Sapani), Ethan é apresentado oficialmente a Vanessa Ives ( Eva Green), cartomante, enigmática e detentora de algum poder sobrenatural que desconfio ser algo como persuasão.
 Alguém identificou o símbolo ao chão da sala onde eles estavam? 
Vanessa deixa Ethan curioso ao dizer que há um submundo, um mundo escondido entre o que sabemos e o que sentimos. Um lugar nas sombras. Raramente visto mas profundamente sentido. Onde infelizes almas são amaldiçoadas para viver eternamente. 
Fora isso ela ainda desvenda o verdadeiro Ethan como sendo do tipo violento e de uma profundidade oculta. 
E o que acharam da carta os amantes desvirada pelo Ethan. Será que foi uma deixa para subentender que eles terão um romance?
Mas quem Malcolm procura? Sua filha, Mina, sequestrada por uma criatura igual ao que mataram.
Malcolm e Vanessa procuram Sr Lyle ( Simon Russell Beale), um egiptólogo exêntrico  no departamento de antiguidades egípcias e onde temos uns escaravelhos comendo carne de um crânio. 
Lembrou o filme A Múmia. 
Ao ler os hieróglifos da criatura morta encontra um texto funerário padrão com escrita sobre " Sangue da cura " ou  "Transformação do sangue." Ou a teoria de algo mais sombrio como a maldição de sangue pertencentes ao Livro dos mortos dos egípcios.
No Clube dos exploradores Malcolm encontra-se com Victor Frankenstein (Harry Treadaway) e tem uma conversa bem interessante.
Victor procura entender o que separa a vida da morte. Vida e morte. O estalo que separa um do outro. 
Nessa conversa tivemos um pouco mais dos planos de Malcolm, recrutar pessoas para ajudá-lo a encontrar sua filha Mina ( Anna Chancellor).
Que aliás fez uma aparição bem interessante para o pai, como ele mesmo descreveu como monstruoso e ao mesmo tempo com súplica no olhar, ou comparando de que se antes ele era o caçador, agora é a caça.
Deu a entender que Vanessa sabe do comportamento de Mina, sendo amigas ela afirma que sua natureza não iria mudar em qualquer circunstância.
Tenho que comentar que a Vanessa é bem estranha, afinal o que foi a cruz invertida e um batalhão de aranhas pela parede? 
Será que ela seria a garotinha do começo do episódio?
E para fechar com chave de ouro essa premier o episódio termina com a criação do Frankenstein (
Rory Kinnear), foi bem feito a cena onde a criatura conhece seu criador.
Bom galera, minhas considerações sobre a estreia são excelentes. Acho que se o Showtime queria impactar com cenas fortes conseguiu. As artes e cenografia impressionam nos seus detalhes.
O enredo é bom apesar de ter elementos bem conhecidos. Achei que lembrou um pouco o filme A Liga Extraordinária, sobre formar um grupo seleto de integrantes com algum tipo de mistério, oculto em busca de um objetivo.
Acaso o episódio impressionou, ainda vamos ter mais adições nos próximos episódio como Dorian Gray ( Reeve Carney), Drácula, Madame Kaly ( Helen McCrory) uma espiritualista.
E ai gostaram da série? Acham que vai fazer sucesso?





E não esqueçam de passar lá na nossa page Dominação Nerd heim!!!

PROMO PRÓXIMO EPISÓDIO
 Episode 1.02 - Seance



0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...