7 de mai de 2014

Review - The Blacklist - S01E21 - N° 8: Berlin


“Agora começou.”

Não Red, na verdade acabou, e isso não foi nada justo, não podem terminar um episódio dessa forma e esperar que meu sistema nervoso esteja inteiro na próxima semana... Mas vamos ao episódio.

Tudo começou com um homem tossindo muito, e havia sangue nas mãos dele, na hora eu já imaginei que fosse um episódio com armas biológicas, que junto com os que usam armas químicas, são os meus preferidos, mas em momento algum eu pensei que as coisas se desenrolariam da forma que foram.

Já nos momentos iniciais temos aquela sensação de final de episódio, onde a trilha sonora se sobrepõe as cenas e vemos a Lizzi contando ao FBI tudo que ela sabe sobre o Tom. Adorei ela dizendo pro moço lá “Adoraria que você parasse de se referir a ele como meu marido”. Enquanto isso, podemos ver o Tom, e ele sabe que esta sendo seguido. Ai eles pegam um dos homens que trabalham pro Red e o mandam avisar que eles perderam o Tom, então aparece o Tom dando uns tapas – bem cruelmente – no homem e falando no Berlin.
Em seguida temos a Lizzi entregando sua carta de demissão e pedindo transferência ao Harald, e vamos confessar que ela pareceu uma menininha mimada ignorando o Red daquele jeito e ainda falando “Ele matou meu pai” sim, eu concordo que o que o Red fez pro Sam não foi legal e a Lizzi tem direito de ficar brava com ele, mas a atitude dela foi bem infantil. Mas por fim ela aceita ficar ate o final do caso que o Red veio apresentar – que tem haver com a morte do homem que estava tossindo e tendo hemorragia no começo do episódio – e depois ela estaria fora.

Como o esperado, o que causou a morte do homem foi um vírus, chamado Vírus Cullen, extremamente letal, capaz de matar em poucas horas e aparentemente sem cura. Red acredita que infectar o homem foi apenas parte de um plano maior, que esse homem deveria seguir ordens, mas negou, e que todo esse plano é para conseguir chegar ate ele e o pegar, sem se importar com quantas pessoas morreriam no processo. O que acontece, é que o tal vírus foi modificado e agora não é mais transmissível, ou seja, ele é usado para infectar o alvo e apenas o alvo. Junto com o corpo do homem que morreu pelo vírus, eles encontraram uma seringa com que julgavam ser o vírus modificado, no entanto era uma cura. Verificando as mensagens do homem, eles descobrem que ele deveria fazer algo no dia seguinte para continuar a receber o tratamento. Logo em seguida, vemos outro homem que foi contaminado pelo vírus Cullen, e o suposto homem por trás das chantagens e contaminações, onde ele explica ao homem contaminado que ele só precisa seguir as ordens e não contatar ninguém e então continuara a receber o tratamento.

Com isso Red e Lizzi – que ainda se recusa a falar mais do que essencial com ele – partem para encontrar um amigo de Red, um dos especialistas no Vírus Cullen, o Dr. Sanders, o problema é que o homem sofreu com um vírus de meningite que ele supôs estar acompanhado de uma cura, e ficou, digamos, perturbado e esta em uma clinica psiquiátrica agora. Quando perguntam a ele sobre o vírus Cullen ele diz que é a arma do apocalipse e que os 5 cavaleiros estão a caminho e também fala do Agente Espacial UD – 4126, o que é suficiente para a Lizzi perder a paciência enquanto o Red ainda conversa com o Doutor e deixar o local. Serio, me deu uma vontade imensa de bater nela quando ela diz pro Red que eles só foram ate a clinica para que ela mudasse de ideia sobre o que o Red fez ao pai dela e tal, e ainda volta para Força-tarefa sozinha para não acompanhar o Red. E adivinhem o que acontece, o Red estava certo e o Dr. Sanders realmente fez todas as pesquisas sobre o vírus e é, provavelmente delas que veio a modificação do vírus é a cura para o mesmo. Eu amei a Lizzi tendo de admitir que o Red estava certo e tendo de pedir ajuda dele, amei ele falando “Vai viajar comigo ou vai sozinha de novo?”

E por fim, o Dr. Sanders sabia exatamente quem era o homem por trás das chantagens, ele só não sabia o nome dele, e acreditava que ele era do espaço... Mas, gente, nos minutos que se passaram, desde que a Lizzi ligou o nome ‘UD-4126’ a uma agencia e o Aram conseguiu identificar o cientista, a Lizzi simplesmente mostrou a que veio, ela chantageando o cara com o próprio vírus dele foi ótimo, e usar a própria frase contra ele então “Porque é assim que funciona a chantagem, querido.”
E em seguida ela ligando todos os casos do Red, e os acontecimentos com o Tom, Berlin, o pai dela, gente, aquilo foi brilhante, e depois ainda explicando tudo para os outros e os mandando pensar como um criminoso pensaria. Quero mais dessa Lizzi no próximo episódio e na próxima temporada. Uma pena que a Lizzi tenha chegado a conclusão de que a demissão era errada tarde de mais.

Os cinco cavalheiros a quem o Dr. Sanders se referia eram na verdade cinco pessoas contaminadas pelo vírus e obrigadas a seguir ordens específicas. Eles estariam ajudando Berlin a chegar ate o Red, que no final de tudo, é o verdadeiro alvo. E mesmo descobrindo que os cinco “cavalheiros” eram relacionados por terem acesso a aeroportos e sabendo em qual aeroporto ir, o FBI não consegue pegar Berlin, nem impedi-lo de seguir em frente de certa forma.

E para acabar, e nos deixar com a curiosidade e nervosismo a flor da pele, temos a Lizzi correndo atrás do Red após o Harold dizer que ela não pode voltar atrás com a demissão. O Red perguntando a ela com aquele ar de pai que repreende o filhinha: “O que você fez Lizzi?”, teria sido hilário se não fosse nessas circunstâncias. Todo FBI esta atrás do Red agora, ele não tem mais imunidade e já é tarde para ela conseguir tirar o Red de lá, claro que ele colaborou para ser pego novamente né, eu acho que ele tem um plano, ou tinha né... Enfim, a conversa que ele tem com a Lizzi é muito fofa – muito embora eu não tenha entendido ela toda, ainda foi bonitinho de ver – e a preocupação dela pareceu bem real, nem preciso falar do Red né, ele afirmando que nada que eles fizessem a ele seria pior do que perde-la, deixou bem claro o quanto ele se importa. Então, quando ele dá a arma pra ela e se entrega, o avião onde, eu acredito, esta o tal Berlin, faz um pouso forçado muito próximo a eles, o Red olha com certo medo e diz: “Agora começou” e adivinha o que acontece depois? Isso mesmo, o episódio acaba!

Foi o melhor episódio, sem duvida, desde que a serie voltou do hiatus, tudo se uniu e se esclareceu de certa forma aqui, menos é claro quem é o Tom, e porque o Berlin o escolheu, quem é o Red de verdade e o que ele é da Lizzi, e essas coisinhas... Ansiosa de mais para o episódio final, e vocês?
Por hoje é isso, obrigada por lerem e ate a próxima *-*

2 comentários:

  1. Po como assim o que o RED e da Lizzy, Ele e o pai dela, O outro que morreu so cuidou dela. Isso e praticamente mostrado na serie

    ResponderExcluir
  2. Sim, eu percebi que tudo indica que ele é o pai biológico dela, o que eu quero dizer, é que quero que o Red assuma isso com todas as letras na serie... :)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...