25 de set de 2014

Review - Agents of S.H.I.E.L.D. – S2E01 – Shadowns (Season Premiere)


“Nós temos que lutar por aqueles que perdemos, para que o sacrifício que eles fizeram não seja em vão”

Eu sei que devemos sempre começar pelo começo, mas não dá, estou chocada de mais para isso! Alguém precisa me explicar, eu preciso de uma resposta coerente, eu não consigo acreditar que a Simmons não está lá com o Fitz, todos queríamos poder abraçar ele, e ela que pode não está lá! Não, não, eu sei que tem uma explicação para isso, precisa ter uma explicação para isso! A Simmons sempre foi a personagem mais coração da serie, isso tem de estar errado!

Desabafo feito, nem acredito que estamos de volta, meu Deus, como MAoS fez falta. E agora que
voltamos, vamos ao que interessa, o episódio. Tudo começou com um resumo rápido da primeira temporada, então vamos para o passado e vemos um covil da Hidra e eles estão falando de um obelisco, ai, com todo estilo do mundo, entra a Agente Carter e o pessoal da SSR e mostra do que a futura SHIELD é capaz. E aqui, notinha rápida, mais alguém notou que havia algo azul na caixa que a Agente Carter fecha?? Seria o mesmo Kree da Casa de Hospedes??

No presente, durante todo o episódio, temos uma visão geral de como a SHIELD se encontra atualmente, e vamos concordar, ela não está muito bem, porém, está muito melhor do que o esperado. Confuso? Sem problemas, foi intencional... Vejam, eles ainda tem bons recursos para uma organização que foi destruída, mas pouquíssimas pessoas em quem confiar, e ainda assim, a equipe está toda ali, reunida – sim, toda a equipe, porque eu sei que a Simmons deve estar procurando uma forma de ajudar o Fitz e loguinho estará de volta, - lutando para fazer o certo. E já que falamos em equipe, o Coulson simplesmente arrasou como o novo Diretor, sim, ele está mais frio que o normal, mas acredito que ainda possua o bom coração de sempre.


É ainda no começo do episódio que conhecemos alguns novos personagens, como Izzy, uma veterana da SHIELD e seus amigos Lance Hunter e Idaho, eles tentavam fechar um negócio para Coulson, mas as coisas saem errado e May, Skye e Tripp acabam os ajudando. Conhecemos também um dos novos vilões, o Homem Absorvente – pois é, nome estranho, mas nem todos arrumam codinomes legais – que tem o poder de absorver toda matéria que toca e fazer suas moléculas copiarem tal estrutura.


Ao que tudo indica, Coulson tem viajado muito e encontrado poucas pessoas em quem confiar, mas
eu realmente achei bonitinho a confiança extrema que ele tem depositado na May, e claro, não tem como não rir com o Bill e também com o Tripp e suas terias sobre o Agent Koenig. Quando a Skye fala que levou o material recolhido para ser analisado, e em seguida aparece FitzSimmons conversando, eu nem sei explicar o alivio que me deu, claro deu um aperto no coração ver o Fitz esquecendo as palavras, mas depois de tudo que ele passou, fiquei tão feliz em vê-lo ali, em pé tentando trabalhar, ai quando a May chega e fala com ele e o pedaço de material para DNA começa  a dissolver, eu pensei “não, ele não pode estar tendo ilusões” então a May vê também e eu fiquei momentaneamente aliviada. Mas, como é SHIELD, eu logo descobriria que estava errada.

Vamos falar do Ward agora, aquele filho da mãe traidor que deixou o Fitz nesse estado, e eu nunca
vou me conformar com isso, mas ainda assim continuo gostando dele. Só que não confio nem sequer um pouquinho no que Ward diz, sendo todo doce e amável com a Skye, não acredite nele Skye, ele é um mentiroso. E gente, o que é a cela onde ele está preso, achei um lugar fantástico, e devo confessar que não fiquei com pena dele não, fiquei feliz por ele poder falar, mas não senti pena dele não, mereceu sofrer um pouco depois de tudo que fez. Após as informações dadas pelo Ward, a equipe vai atrás do Coronel ‘Insuportável’ Talbot. Gente, a cada dia detesto mais esse homem, e simplesmente amei a forma como ele foi capturado, o Coulson conversando com ele todo educado e o tonto se achando o tal, foi ótimo ver o Coulson atirando nele com a ICER e depois ele acordando todo revoltadinho e dando, mesmo sem querer, toda a informação de que a SHIELD precisava.

Claro que eu concordo com o Coulson que eles precisam recuperar o tal Obelisco antes que a Hidra coloque as mãos nele, mas não dá para não concordar com o pessoal de Izzy que é muito perigoso. Enfim, eu não acreditei quando aqueles guardas tapados abriram a cela do Creel – que é um nome bem melhor que Homem Absorvente -, serio, eles viram que o cara adaptava as próprias células e ainda assim abriram a cela?! Ok, prosseguindo, o Tripp de General foi um amor, e o Coulson se passando por Talbot no telefone foi hilário. Mas, depois de conseguirem entrar, eu novamente não acreditei que a Izzy pegou o Obelisco com a mão, assim, sem uma luva ou proteção, gente, fiquei na maior agonia por ela, achei cruel o Coulson não abortar a missão, mas agora ele é o diretor, precisa tomar decisões mais complicadas.

Quando a Izzy mandou o Hunter cortar o braço dela porque o Obelisco grudado na mão dela a estava
matando eu achei que ele não faria isso, eu não conseguiria fazer isso, mas ele fez. Então, a May, a Skye e o Tripp conseguem pegar o avião que eles precisavam e fogem, e quando tudo parecia bem, o Creel vira o carro onde a Izzy está e pega o Obelisco. Ela não pode ter morrido, nem ela nem o Idaho. Ai, para fechar com chave de ouro e acabar com meu pequeno e frágil coração, o Coulson fala que o Fitz vêm piorando cada vez mais depois que a Simmons partiu. Isso mesmo caros Agentes, a Jemma nunca esteve lá durante o episódio, nosso brilhante engenheiro está tendo alucinações, e assim como ele, eu preciso que a Simmons volte, eu li em algum lugar e concordo plenamente, não existe Fitz e Simmons, eles são FitzSimmons e eu não quero nada diferente disso!
Encerrando o episódio, vemos o mesmo homem do começo do episódio, Daniel Whitehal, que nos quadrinhos é conhecido como Kraken, sem ter envelhecido sequer um dia, ainda envolvido com a Hidra.

Para finalizar, desculpem pela Review enooorme, mas é tudo culpa do episódio, ainda não me recuperei dele totalmente... Ah, eu já ia esquecendo, adorei a nova parceria May e Skye, ficou ótima.
Até a próxima, espero que tenham gostado *-*

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...