29 de set de 2014

Review| BROOKLYN NINE NINE - S02E01 - Undercover


Podem comemorar, meus amigos! Brooklyn Nine Nine está de volta para mais uma temporada e já começou com um episódio bem divertido. Nada muito original, mas vamos dar um desconto. Não podemos (e nem devemos) esperar mudanças revolucionárias em uma série que está apenas começando, não é? Ainda mais depois de ter desbancado as queridinhas The Big Bang Theory, Modern Family, Parks and Recreation e Girls na última edição do Globo de Ouro, ganhando o título de melhor comédia do ano – um feito e tanto para uma novata!

Para quem não lembra o que aconteceu no fim da primeira temporada, vamos a um breve resumo: após um brilhante trabalho com a prisão de Lucas Wint, Jake Peralta foi convidado a integrar o FBI em uma missão de seis meses infiltrado na Máfia. Em êxtase, ele contou a Amy o que sentia por ela, deixando-a desconcertada. Já os outros detetives se provaram mais unidos que nunca na tentativa de salvar Jake do tribunal – unidos também estavam Gina e Boyle no fim do episódio.

E é aí que entra Undercover. O episódio teve como objetivo principal apresentar como Jake se saiu como agente do FBI, além de mostrar as consequências dessa missão em sua vida. Vimos que ele continuou o mesmo “molecão” de sempre, mas sem deixar de lado a determinação. Como era de se esperar, alguma trapalhada tinha que ter – e acabou sendo a fuga de um dos criminosos. E, como sempre, o detetive mais “estrelinha” da 99ª distrito de Brooklyn não ficou satisfeito com seu desempenho.


Para ajudar nessa nova missão, ele chama quem? Claro, o fiel escudeiro Boyle (que dó dele achando que tinha sido trocado pelo tal Derek). Só que com um diferencial: dessa vez, Boyle esconde um segredo e tanto do amigo que tanto idolatra. E, por fim, descobrimos que só não é revelado por existir uma preocupação dele com Gina. Não é fofo? Não sei vocês, mas já estou torcendo muito por esse casal atrapalhado.

Por falar em casal, não podia deixar de mencionar Jake e Santiago. É, também não foi dessa vez que as coisas se acertaram entre ele. Mas ainda temos a temporada inteira para acontecer, certo? Achei muito legal da parte dele confessar a mentira dada no começo do episódio. Afinal, não tem como esconder que ela é a missão-fora-do-controle na vida dele. Aqui está minha torcida também! Eles são ótimos juntos, têm uma química incrível.

Enquanto isso, mas não menos importante, Holt voltou nesse episódio mais engraçado que nunca. Podem usar essa piada dos “sorrisos” dele o quanto quiserem, vai ser sempre hilário! Aquele homem é genial – também pudera, só ele para colocar ordem naquela querida equipe de desajustados. Dessa vez, ele estava torrando a paciência de todos com uns exercícios práticos para lá de loucos, o que me rendeu boas risadas.



Melhores quotes:

  • "Every time you talk, I heard that sound that plays when pac-man dies" - Gina
  • "Captain, I hate to be harsh, but I think that these drills are slighlt unnecessary, possibly. Although you are the boss, and your judgment is impeccable. And I guess what I am trying to say is thank you" - Santiago
  •  “You’ve helped me find my smile." - Holt


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...