6 de out de 2014

Review| Once Upon a Time - S04E02 - White Out


Sobreviver não é o suficiente, você tem que viver.

Depois de uma Season Premiere bastante empolgante e bem amarrada, Once Upon a Time retorna  essa semana com um episódio que, pela sinopse divulgada anteriormente, tinha tudo para ser um pouco mais fraco que a premiere, mas que acabou por surpreender na maneira que foi conduzido e nas surpresas que traz ao longo de sua exibição. Mais uma vez fica evidente que os produtores sabiam exatamente o que estavam fazendo ao inserir a trama de Frozen na história, e a naturalidade com que os personagens foram inseridos se manteve nesse segundo episódio.

A jornada em busca de Anna está apenas no começo e deve se desenrolar pelos próximos episódios com ainda mais reviravoltas, mas desde já vimos um pouco das aventuras da garota na Floresta Encantada. Confirmando rumores que já existiam antes mesmo da divulgação das fotos promocionais do episódio, ficamos sabendo que David é o personagem de Storybrooke que possui ligação com Arendelle, conhecendo não só Anna como Kristoff também. Os últimos episódios centrados em David não foram muito bons, mas esse conseguiu ser interessante ao mostrar como foi que o personagem conseguiu ter toda a coragem e esperança que tem, e isso teve um dedo essencial de Anna.

Tanto para Elsa quanto para David, Anna foi um divisor de águas. Antes de conviver com ela, ambos viviam sem esperança, ressentidos e assustados com a situação em que viviam, Elsa por não conseguir controlar seus poderes e David por não ter coragem de enfrentar a feiticeira Beth, que lhe cobrava impostos abusivos e o ameaça com magia. Através de Anna, com seus conselhos e jeito atrapalhado, eles descobriram que do que realmente são capazes, aprenderam a confiar em si mesmos e encarar seus próprios demônios. Foi uma sacada bastante inteligente e que mais uma vez ligou de maneira natural um personagem da Floresta Encantada com um recém chegado a série.


Voltando a Storybrooke, vimos Elsa criar uma parede nos arredores da cidade para impedir que qualquer pessoa saísse antes que ela encontrasse Anna. Com isso, Emma e cia foram investigar e tivemos o primeiro encontro entre a salvadora e Elsa, que não terminou muito bem mas que deu ensejo para que as duas passassem um tempo juntas, e se reconhecerem. A semelhança entre Elsa e Emma é bem específica em um ponto que aflige as duas,  e promover essa identificação foi mais uma boa sacada para a história com naturalidade, ambas possuem poderes mas não sabem como controla-los, o que gera o medo de machucar alguém sem querer. O diálogo entre as duas funcionou bem na cena e  essa dinâmica deve render cenas bem legais nos próximos episódios, já que elas vão ficar mais amigas, como visto na última cena desse episódio.

Enquanto a ação desenrolava, a prefeita substituta eleita sem ao menos se candidatar, Mary Margareth lidou com sua primeiro desafio na nova função, e apesar de se irritar um pouco com os moradores lhe fazendo pressão, no fim ela se saiu bem. Acho interessante dar um plot a Mary, já que por hora ela não pode estar na frente de batalha, pois tem que cuidar do pequeno Neal, pode ter ficado um pouco solto para alguns, mas as cenas foram muito divertidas e a Ginnifer esbanjou fofura.

Movido pelo ideal da família de não desistir nunca, Henry tomou uma atitude em relação ao sumiço de Regina e foi em busca da mãe, rendendo uma das cenas mais emocionantes do episódio. Jared que andava um pouco apagadinho teve destaque novamente aqui, nada mais certo do que Henry tirar sua mãe desse sofrimento e motiva-la a viver novamente. Espero que Regina se regenere logo, pelo menos no próximo episódio ela estará mais envolvida na ação, conhecendo Elsa.


Por fim, o samba supremo do episódio. Já haviam sido divulgadas várias fotos da Snow Queen em Storybrooke, mas todas indicavas que só a conheceríamos mais tarde na temporada, pois bem os produtores surpreenderam e já mostraram a personagem aqui, e pelo que foi mostrado na promo da próxima semana, ela deve ser uma grande ameaça para nossos herói, com poderes possivelmente maiores que os de Elsa! Agora como a personagem chegou a Storybrooke e porque só agora irá se revelar, teremos que esperar um pouco para descobrir.

PS: Queridos produtores, quero uma boa explicação para BROTAREM um Açougue e uma Sorveteria em Storybrooke.
PS: Efeitos especiais fail, mas é a vida.
PS: Ponto positivo do episódio - Não teve Marian.
PS: Rumpels mais uma vez envolvido no plot principal. Pelo seu olhar quando David fala de Anna, parece que ele se lembra da garota. #TretaIsComing
PS: Snow Queen tem cara de Bitch. Já é um motivo para amarmos.
PS: "Let it go" marcando presença no episódio. Pelo menos na fala da Elsa :P

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...