30 de out de 2014

Review|Agents of S.H.I.E.L.D. – S02E06 – A Fractured House


"Se eu te ver de novo, eu mato você" - Jemma Simmons

Ok, já podem devolver o vira-tempo, porque eu sei que o episódio não podia ter só 5 minutos, isso ai só pode ser coisa de uma brecha temporal, não pode ter passado tão rápido assim! E por favor, alguém me explica como se pode ter tantos mini ataques cardíacos em apenas 5 minutos.

Bem, vamos começar pelo começo, – embora minha revolta grite para eu falar de FitzSimmons – caro Coulson, sugiro que a S.H.I.E.L.D. peça proteção divina, porque a coisa não está fácil pro seu lado. Como se não bastasse o Talbot falando mal da S.H.I.E.L.D., a H.I.D.R.A. tinha que resolver se vingar bem naquele momento, tipo ‘Haha, vamos dar efeito a fala do cara de bigodinho’. Que ódio da HIDRA por fingir ser a S.H.I.E.L.D. de uma forma tão terrorista e todos acreditarem. E claro que isso não poderia ser o suficiente, não, precisava aquele Senador, que por ventura é o irmão mais velho malvado do Ward, fazer aquele discurso sugerindo que toda organização governamental possa caçar os Agentes da S.H.I.E.L.D. por qualquer meio necessário.

Mesmo com toda confusão causada pela H.I.D.R.A., foi divertido ver todo mundo perguntando pro Coulson “Isso não fomos nós, não é Senhor?” E já que falamos em divertido, Lance e Bobbi são o melhor casal, ou ex-casal, enfim, eles são muito engraçadinhos juntos, eles questionando o Coulson sobre dividirem a mesma missão foi muito engraçado. E coitada da May que quase teve que ouvir terapia de casal.

Mas, vamos falar sobre os irmãos Ward, eu realmente ainda não perdoei o Grant pelo que ele fez,
mas eu não consigo odiá-lo por completo, há aquela raiva momentânea, mas ai ela vai embora, então volta outra vez e assim vai, mas eu devo admitir, que a cara de psicopata que ele fez durante o episódio me deu medo, medo de verdade, ele parecia expirar loucura. Quanto ao Senador Christian, bem, ele tem uma lábia muito boa, mas isso deve ser de família. No entanto, eu realmente não sei em quem acreditar, acho que ambos falaram meias verdades apenas, porque vejam, o Grant parecia bem nervoso ao falar do irmão, até com certo medo, mas medo do que, que a Skye descubra quem ele realmente foi ou medo do que o irmão pode fazer a ele. Já o Christian, ele pareceu muito sincero ao narrar a versão dele de como o Grant tratava o irmãozinho e de como ele sempre conseguia alguém para acreditar nele. Por hora, o Christian foi mais acreditável, mas não coloco minha mão no fogo, até porque, eu já defendi o Grant com unhas e dentes, e olha no que deu...

Quanto a missão comandada pela May, em busca de informações sobre a esfera maligna que desintegra pessoas, ela foi tão divertida quanto foi repleta de ação. Adorei eles optando pela opção dois e termos a Bobbi adentrando a casa do tal Toshiro ainda fingindo ser da HIDRA, e ai o Lance falando pra May sobre tudo que diziam para ou sobre a Bobbi, e a May, super direta “Você sabe que eu não gosto de você!”. Mas o melhor foi a Bobbi conseguindo as informações de que eles estavam atrás do Backers - Ministro Belga – e o Hunter já chegar atirando com a May, para salvarem a Bobbi, já que o disfarce dela foi comprometido. Foi engraçado eles brigando no meio da missão e a May com aquela cara de ‘Aff, aqui gente!’.

Devo dizer que amei a entrada do Coulson no gabinete do Senador Ward, eu sabia, que bem no fim, o Coulson usaria o Grant como moeda de troca pelo apoio do Senador, eu só não entendi ao certo porque. Não faz o estilo do Coulson trocar pessoas assim, mesmo que elas sejam um traidor filho da mãe. Eu acho que alguma coisa tem ai. A Skye obtendo as informações finais sobre o pai dela, antes de o Coulson contar que mandaria o Ward pro irmão dele foi ótimo, então quer dizer que na verdade foi a H.I.D.R.A. quem matou a mãe dela e foi responsável pelo ataque a província, e o pai dela não é um monstro afinal... sei não ein, isso não me convenceu muito.
Tudo estava indo bem de mais para a nossa fragilizada S.H.I.E.L.D., é claro, algo tinha de dar errado, outra vez, o tal Backers era um agente da H.I.D.R.A. fingindo ser um aliado da S.H.I.E.L.D. para poder matar seus agentes com mais facilidade. Fiquei com muito dó daquela mulher que foi desintegrada, foi muito bom o Lance enrolando os carinhas da H.I.D.R.A. e ainda dizendo “Se estão atrás de peixes grandes da SHIELD, eu conheço alguns, eles só precisavam de 90 segundos para se posicionar” e ai entram a Bobbi e a May destruindo tudo. Claro que a Bobbi e o Lance lutando juntos foi o máximo, mas ninguém bate a May, essa mulher é incrível.

E finalmente, o parágrafo dedicado a Fitz e Simmons, sim caros Agentes, Fitz e Simmons, não FitzSimmons, porque, se ainda mantínhamos a esperança de ver nossa dupla de cientistas na mesma sincronia de antes, ela foi pulverizada por uma daquelas esferas da H.I.D.R.A. e varrida com uma vassoura. Olha, eu amo o Fitz, sei que ele está confuso, passou por momentos difíceis, mas ele não está ajudando, ele precisa de atenção, precisa, mas será que alguém pode olhar pra Jemma, gente, a garota está sendo forte, ela se infiltrou na H.I.D.R.A., ela seguiu perfeitamente as ordens, ela não teve ferimentos sérios, mas ela passou pela mesma experiência traumatizante do Fitz, e ficou bem claro que ela se sente culpada por tudo isso, e ainda assim ninguém ao menos pergunta como ela está enfrentando tudo isso, de certa forma sozinha. Isso não é justo! É preciso o que, outro vírus alienígena, onde ficou o “vamos resolver isso juntos” e o “você esteve ao meu lado o maldito tempo todo”. Mas não foi isso que me revoltou, eles que são gênios que se entendam, o que me revoltou foi o Mack, de quem eu vinha falando tão bem e agora já não gosto tanto assim, ele praticamente falou que o futuro de FitzSimmons não envolvia um o outro. Falem o que quiserem, ele não precisava ter dito a ela o que disse, a frase “A única coisa que o faz piorar é você” doeu em mim, imagina nela, ainda respondendo “Eu sei, porque você que eu parti.” Queria ver ele responder isso, queria que o Fitz visse que ela também está sofrendo! Pra mim já deu, eu quero FitzSimmons juntos de novo, pra ontem!!

E para finalizarmos, eu sabia que o Ward ia fugir, o Coulson mandou terem cuidado com ele, mas eu sabia que ele fugiria, assim como o Coulson também sabia – eu acho que sabia né, afinal, é o Coulson, ele sempre sabe, - a questão é, porque, o que o Diretor tem em mente? Será que agora que o Christian está do lado da S.H.I.E.L.D. veremos uma cooperação entre Talbot e Coulson? E o mais importante, quem é aquele homem do final, e porque ele está tatuando aquele mapa? será que ele foi tratado pelo GH-325 também? Por quem? Agents of SHIELD, cada vez melhor...

Ah, já ia me esquecendo, tão bonitinha a conversa da Skye com a Simmons logo no comecinho, acho tão fofa a amizade delas, sinto falta de uma interação mais família na equipe... E o que foi a Simmons ameaçando o Ward! É gente, as coisas realmente mudaram nessa temporada.

Lembrando que semana que vem não haverá episódio novo, mas haverá uma programação especial comemorando os 75 anos de Marvel. Por hoje é isso pessoal, espero que tenham gostado, não deixem de comentar e até a próxima *-*

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...