1 de nov de 2014

Review - Constantine – S01E02 – The Darkness Beneath

"Eu ando sozinho, pois sejamos sinceros...
Quem seria louco o bastante para me acompanhar?" 
Grande expectativa para esse segundo episódio que fez por merecer tanta ansiedade.
O mistério do episódio gira em torno de uma mina em uma pequena cidade da Pennsylvania onde um chefe de mineração foi "fritado no chuveiro" e por ironia o símbolo da cidade é um dragão.
Aliás morte medonha. O.o
O mapa deixado por Liv tem uma mancha de sangue que está úmida justamente sobre a tal cidade. Concluímos então que pela quantidade de pingos no mapa Constantine terá muito, mais muito trabalho. 
Senti falta do Chas, seu fiel escudeiro.
John parte para lá e tem um encontro inesperado. Afinal quem diria que John iria logo de cara encontrar com Zed ao seguir o enterro do morto. 
E apesar da ironia de John, acho que futuramente teremos um envolvimento amoroso.
Apurando os fatos John descobre que um ano antes nove mortes ocorreram na mina e segundo dizem foi por terem cavado fundo demais, bateram na porta do inferno e agora estão respondendo. 
Lógico que John tem que ir investigar a tal mina e para saber se o que ouviu é verdade bate nas pedras e tem uma resposta. 
Sombras escuras aparecem e fazem a mina balançar como se fosse desabar.
John tem uma surpresa ao voltar ao hotel onde está hospedado com identidade falsa, Zed. 
Ela tem sentimentos que não conseguem controlar, uma clarividente de sentimentos que descreveu perfeitamente o que se passa dentro de John: solidão, dor, desespero, culpa.
Liv desculpa, mas você não está fazendo a mínima falta. =)
Usando os poderes de Zed John consegue mais pistas que levam à uma igreja abandonada. E lá consegue ver o que são as sombras escuras. 
Coblynau são espíritos de mineiros mortos que batem nas paredes para avisar sobre o perigo e não vão para a superfície além de serem pacíficos. 
Mas que há uma espécie de " A Escuridão Ascendente" algo está forçando o mal a subir através de ondas. Mudando as regras. Alguém está invocando os espíritos. Só resta saber quem. 
Ellis era um sacerdote, antes do filho morrer nas minas. 
Uma das coisas foi criada em uma igreja abandonada. A igreja que Ellis abandonou. 
Constantine e Zed vão até o  Riacho Rooster e encontram Ellis, mas não é ele o responsável.
Os mineiros mortos são todos chefes, falta somente o dono da mina. 
Constantine descobre realmente quem invocou os espíritos dos mineradores, a esposa de Lannis, uma cigana com magia poderosa que teve o fim merecido.
"Suponho que possa ser libertador basear-se na fé e ignorar o ônus da prova pela promessa de esperança. É preciso confiança para transformar escuridão em luz. e aqueles que confiam arriscam colocar seu destino em mãos erradas. Porque há aqueles que rezam por você e há aqueles que rezam contra você. E não importa o quão cuidadoso você seja ás vezes. Você não consegue perceber a diferença." (John Constantine).
E aí Hellblazers ( será que esse será o apelido "carinhoso" para os amantes da série?), o que acharam do episódio? Fez jus ás expectativas? E o que acharam da Zed?
Eu particularmente gostei muito da nova protagonista e estou "em cólicas" para ver ela novamente em parceria com John.

Promo Próximo Episódio
 Episode 1.03 - The Devil's Vinyl










0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...