5 de abr de 2015

Review| The Blacklist - S02E18 - Vanessa Cruz



"Corra como vento na campina, porque eu vou atrás de você. E quando eu te encontrar, vou cortar sua língua bifurcada e eu mesmo vou entrega-la ao diretor." 

Primeiramente, quero desejar a todos uma excelente Páscoa, ou um excelente final de páscoa. Sobre o episódio, não achei tudo aquilo, sim a Blacklister foi ótima, tão ótima que chamou ate mesmo a atenção do Red, mas ainda assim, o episódio não foi tudo aquilo, ate aqueles momentos finais que me fizeram desejar que o episódio tivesse, pelo menos, mais meia hora.

Bem, vou começar falando da Vanessa Cruz, uma Blacklister tão boa que chamou atenção ate mesmo
do Red, isso que o cara tem contato com praticamento qualquer pessoa poderosa ou não muito bem intencionada no mundo. A principio fiquei imensamente confusa sobre quem era a Vanessa, porque ela começou matando o carinha lá, depois apareceu ela com a namorada, em seguida ela sendo a namorada e marcando um encontro com o chefe da morada, que vinha dando em cima da garota. Nesse momento eu pensei que ela queria matar o chefe da namorada por causa do assedio e tal, mas ela não matou o chefe e eu fiquei boiando. Foi só depois que eles falaram com uma das vitimas dela, que não era bem uma vitima, que eu entendi que ela não queria assustar o cara por ele dar em cima da menina, mas sim vingança pelo que fizeram com o marido dela, que foi o único que ela realmente amou, e ai, olha que eu quase dei razão pra ela, se tivesse ficado apenas no deixa-los pobres e presos, eu a apoiaria completamente, mas ai começaram as mortes.

E adivinhem só quem levou a Lizzy ate a casa da suspeita? Ele mesmo, Tom Keen, isso que tanto ele quanto a Lizzy já haviam sido avisados pelo Red que ele estava de olho neles. A Lizzy esta evoluindo muito com o personagem, claro que o Tom teria contato com empresas de faixada e tal, mas liga-lo a Vanessa pelo nome das empresas, percebendo que todas tinham nomes de lagos, foi uma sacada bem esperta da parte dela. E me digam, o que foi ela beijando o Tom e ele e perguntando: "O que foi isso?" e ela respondendo: "Isso é um adeus, Tom". Desculpe Lizzy, mas eu não acho que tenha sido um adeus não, enfim, tão fofinho ele falando que queria comprar um barco, e ela falando que ele nem sabe nadar. Se ele não tivesse sido tão filho da mãe, eu torceria de mais pra eles acabarem juntos - o que eu realmente acho que vai acabar acontecendo - mas, por hora, esta bom do jeito que tá.

Voltando a Vanessa e seu motivo de se tornar uma expert em incriminação de 'inocentes', não se pode
dizer que a mulher não é inteligente, foi atras de cada homem que incriminou e matou seu marido, deixando o chefe por ultimo, só fiquei com pena de ela ter pensado em matar a Abby, ainda bem que o FBI chegou a tempo e conseguiu impedi-la, mas olha, esses homens merecem ficar presos, não acho que eles devam ganhar a liberdade depois do que fizeram com o marido dela. Levei maior susto quando a Mr. Kaplan chegou para falar com ela, por um momento pensei que o Red a queria morta, ai liguei os pontinhos, da pergunta do Ressler sobre o que o Red realmente queria com a Vanessa e qual é o talento da Mr Kaplan, o Red, novamente me surpreendendo, queria, na verdade, recrutar a jovem para sua equipe de trabalho. Serio, esse cara é o cara, como diria minha vó, esse ai não dá ponto sem nó.

E já que estamos falando no Red, eu sou a unica que não entende muito essa cúpula que quer o Fulcro. Porque tem essas votações e reuniões e eu fico tão perdida sem saber quem é o que ali e o porque, afinal das contas, eles querem tanto eliminar o Red. Tipo, eu sei que o Red sabe de mais, mas pelo que eu consegui entender, foi esse mesmo pessoal que quer o Fulcro que acabou com a vida do Red e o fez passar para o outro lado. Enfim, esperando entender logo o que é o Fulcro e como o Red e a Lizzy acabaram envolvidos com ele, e, acredito eu, que depois desse final, teremos algumas respostas né. Esse final, quando o Tom disse a Lizzy que tinha algo para falar sobre o Red, eu pensei na hora: "Conta que ele é pai dela!". Ele não contou, é claro, mas contou algo tão bom quanto, e que fez a Lizzy ir, com razão, questionar o Red. Sim, todos já sabíamos que o Red havia contratado o Tom para entrar na vida da Lizzy, mas ouvi-lo confirmando isso pra ela, em voz alta, nossa, foi chocante, e a reação dela, entregando o Fulcro e saindo quase correndo, pedindo par que tudo acabasse, eu teria ficado com muita pena, não fosse aquele tiro, vir sabe Deus de onde e acertar o Red, sabem apenas os mais detalhistas onde, e derruba-lo daquela forma, com sangue pra todo lado, eu gritei junto com a Lizzy pelo Red, e ai, como se meu pobre coração fosse de ferro, eles terminam o episódio ai, e confirmam que o próximo episódio é só dia 23! Ai não dá né NBC, vou chegar lá sem unhas e com o coração na mão.

Finalizando, eu amei o Red ameaçando o carinha que traiu ele e outro carinho do fulcro. Como já disse antes, não sou fã de violência, mas é muito bom ver o Red ameaçando aqueles que entram no seu caminho, e ainda melhor quando seus 'inimigos' acabam por machucar, nesse caso, penso eu, matar seus amigos, ele mandando o tal Jasper correr, porque ele estava indo atras dele foi o máximo.  

Por hoje é isso pessoal, espero que tenham gostado, desculpe se deixei passar alguma coisa, e, para quem não acompanha minhas Reviews de Agents of S.H.I.E.L.D. ate dia 23, com o próximo episódio de The Blacklist. 

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...