1 de mai de 2015

Review| Agents of S.H.I.E.L.D. - S02E19 - The Dirty Half Dozen


"Já minha equipe é o contrário. Só eles são estúpidos o bastante para tentarem. - Mike"

Sabe aquela cara de bobo com olhar vazio e sorriso sem sentido que as vezes algumas pessoas apresentam? Então, foi bem com essa cara que eu terminei o episódio dessa semana. Sem contar o número de vezes que eu gritei coisas como: "Ai meu Deus", "Mas o que?!" ou só gritei mesmo. Se minha mãe não tivesse recebido meus spoilers antes mesmo do episódio sair, acho que ela teria temido pela minha sanidade, fato totalmente aceitável depois da maravilha que foi The Dirty Half Dozen, foi perfeito, encaixou cada coisinha para Vingadores, encaixou cada pecinha na própria trama, enfim, um dos melhores episódios, não tenho do que reclamar. 

Antes de começar qualquer coisa, já quero me adiantar e pedir desculpas se, por alguma razão, eu
pular um momento ou outro, é que o episódio todo foi bom de  mais e se eu falar de cada detalhe que me chamou atenção, eu nunca mais paro de escrever. Vamos lá então, a Raina, fui só eu ou mais alguém notou, na volta do Gordon, com aquele corte na testa, que ela percebeu que pode ter muitas vantagens manipulando seu dom? Raina a parte, o Coulson merece todo respeito do mundo, as vezes ele faz umas cacas bem grandes, como ainda esconder segredos grandes que poderiam ter dividido ainda mais o time, mas gente, ele falando com o Gonzales, jogando na cara dele que sabia que ele tinha um segredo - que eu fiquei morrendo de curiosidade para saber - e mostrando como um diretor de verdade age, foi de tirar o chapéu.

Falando um pouquinho desse povo aprimorado, seja naturalmente ou humanamente, que dó me deu quando a Jiaying falou que não poderia fazer nada pelo Lincoln, eu entendo as razões dela, e lembro bem o que ela passou nas mãos da HIDRA, mas ta na hora desse povo Inumano começar a pensar fora da casinha, se não posso fazer dessa forma, então que seja de outra, se não o extermínio será em massa mesmo. E aqui, me adiantando um pouco, me pergunto novamente se a Raina já não esta usando seus poderes para manipular as pessoas, sim, foi ótimo ela dar uma solução para o resgate do Lincoln e sim, isso a fez voltar para a equipe, mas sei lá, a Raina é tão sedenta por poder que não consigo pensar que ela vai seguir as regras de Afterlife. Ainda falando na Raina, que graça a Skye chamando ela de Sonic. Quanto ao Mike, eu torci tanto pra não machucarem ele, porque já fizeram tanto com o cara e com a história de que alguém iria morrer, fiquei preocupada com ele. Um sarro o Lincoln acordar e logo em seguida já falar do sarcasmo do Mike, sei que já falei, mas esse dom de colocar um humor simples, mas que funciona pra caramba, mesmo nos momentos de tensão, é uma das coisas que mais me encanta na Marvel.

E o que dizer do reencontro May e Coulson, acho que ela tinha razão em questiona-lo, mas não tinha
razão de ficar meio contra ele, embora ela só ficou chateada por ele estar em contato com o Andrew, enfim. Quanto ao Ward, como eu disse review passada, gosto dele, é um personagem e tanto, mas realmente estou feliz que não tenha sido redimido ainda, isso vai acontecer em um momento, e será bom, mas fico feliz que não acorreu agora. Já o reencontro FitzSimmons foi tudo de bom, não teve abraço, mas teve frases sendo completadas e eles fofocando da vida amorosa alheia, sem contar o Fitz se exibindo pra Jemma e eles falando do sanduíche. Adorei a equipe original toda reunida, e não acredito que Coulson pensou em deixar a Simmons para trás, to nem ai que ela não era exatamente útil, isso ai é preconceito contra as cientistas, ai, ai, ai Coulson, vou contar pra Agent Carter! Brincadeiras a parte, ninguém pode negar que deu uma nostalgia vê-los ali, reunidos no BUS, quase como a equipe de antes. E me desculpem os produtores, se o objetivo era me fazer sentir pena do Ward e acreditar nas desculpas dele, falharam incrivelmente. Sim, ele foi sincero, mas dizer que não se arrepende de jogar FitzSimmons no mar, por favor né, vai ter de fazer mais que isso Ward. Nessa hora eu concordei e tive que rir com a sequencia de frases Skye-Fitz-Simmons-May: "Estou feliz por ter atirado em você", "Eu também", "Deveria ter mirado na cabeça/rosto", "É", a turminha tava pro crime com o Ward.

Quando eles foram salvar o Mike e o Lincoln, eu imaginei que teria algo mais ai, afinal, até o momento, as únicas ligações com Era de Ultron, haviam sido a citação dos gêmeos e a localização deles, só o que eu não imaginei, foi que a ligação total seria o Coulson dando a Maria a localização do cetro do Loki, que foi onde o filme começou, que foi o objeto chave do filme. Gente, foi uma ideia digna de Oscar, tudo amarradinho, tudo se completando, como eu amo a Marvel e a S.H.I.E.L.D.. E já que estamos falando do resgate já, não posso deixar de falar do BUS, pobre BUS, teve de fazer o maior sacrifício pelo time ao, literalmente, fazer BUUM! E o Coulson, todo nervoso que o plano não desse certo: "Eu não deveria ter comido aquele sanduíche". E a Skye, gente, que garota, usou os poderes, deu um corte bonito no Ward e ainda lutou com todos aqueles caras da H.I.D.R.A. em uma cena divina e sem cortes, sem contar na ressuscitação que ela fez no Lincoln, é Skye, já pode ir treinar com os Novos Vingadores, só não pode deixar a equipe. E o Mike, ainda bem que ele estava bem, quero dizer, tão bem quanto se pode estar ao se ser desmontado.

Quanto a Simmons, ela merece um paragrafo só pra ela por ser uma menina de palavra e porque eu
gosto muito dela, mas principalmente pelos comentários que eu li sobre a atitude dela. Bom, sim, ela disse que mataria o Ward, e tentou, acabou matando o Baksh no processo, o que foi bem triste, mas ele iria mata-la e tecnicamente, ela não jogou a bomba nele, foi ele quem pegou um estilhaço pra jogar nela. Enfim, quando o Ward disse que estava decepcionado com a Simmons e tal, não acho que ele estivesse no direito, sim, estou feliz de ela não ter matado ele, como eu disse, espero que ele volte ao time em algum momento, mas ele deveria era estar se sentindo culpado, pois se ela perdeu a doçura e ingenuidade de antes, a culpa é dele, que alem de trair o time, jogou ela e o Fitz no mar e ainda diz que não se arrepende disso. Gente, eu vi muita gente falando que a Simmons não tem motivo para matar o Ward, que só o Fitz sofreu um trauma, que ela não passou por nada de mais. Céus, coloquem-se no lugar dela, ela perdeu o mundo dela ao perder o Fitz naquela caixa, ambos mudaram ali, só que com o Fitz isso foi demonstrado, todos ficaram com pena pelos danos físicos, eu também fiquei, mas isso não isenta a Jemma de traumas, ela não teve um momento para lidar com isso, ela perdeu o melhor amigo, foi enviada pra H.I.D.R.A., quase morreu, viu amigos morrendo e ainda se sentiu traída pela Bobbi no final das contas. Não importa o quão inteligente ela é, nesse momento, o Ward é o monstro que causou tudo isso a ela, em algum momento, isso tudo, incluindo a morte do Baksh vai pesar sobre ela e espero que ela aguente, mas por hora, não acho certo a tratarem como monstro por ter tentado matar o Ward, todos já tentaram, sei lá, minha opinião né...

Resgate realizado com sucesso, voltamos a base e eu queria atravessar a tela e esganar o Gonzales, o carinha chato, preconceituoso e problemático, vai acabar iniciando a guerra civil. Que ódio, ele viu o que a Skye e os aprimorados podem fazer de bom, e ainda os considera perigosos e os quer manter prisioneiros. Por favor, o coloquem em uma cela e joguem a chave fora. Eu amei o episódio, ele todinho, mas eu vibrei tanto com o Coulson dando o cubo pra ele e dizendo para aproveitar antes que o Fury o peça de volta, a cara do Gonzales quando o Coulson disse isso e ai recebeu uma ligaçãi da Maria Hill, foi de aplaudir em pé, até a Bobbi queria rir da cara dele. E como se isso não fosse o bastante, a Maria pergunta sobre o protocolo Teta e ele diz que está tudo pronto e "Que é hora de chamar os Vingadores". Agora me diz, poderia ter um final melhor que esse, só com a Raina tendo visões sobre o que aconteceria no filme, o que, por sinal, aconteceu. Então não, não poderia ter um final melhor para o episódio, nem uma melhor continuidade do que assistir Vingadores depois disso. Claro, isso vai me fazer gastar mais uma entrada para rever Era de Ultron, mas eu já planejava isso de qualquer forma.


E para finalizar, porque a review já esta enorme, preciso falar da atitude do Ward no final, que para mim, foi o primeiro passo de redenção, ao deixar a Kara com a S.H.I.E.L.D., mas precisamente, com a equipe do Coulson, e pedir para que ela seja bem tratada e tenha sua vida de volta, pois ela merece isso. Achei muito digno da parte dele, e acredito que é com atitudes desse jeito que ele vai reconquistar a confiança de todos. Ate porque, com a Simmons nesse episódio, fechamos o ciclo de todos eles tentarem matar o Ward né. Outra coisa que não dá pra deixar de falar, é o quanto o Lance é fofo, perdoando o Mack e dando aquele sorriso lindo.

Enfim, é isso Agents, bom feriado a todos, espero que tenham aproveitado, e para quem ainda não viu A Era de Ultron e puder ir ver, recomendo muito. Não deixem de comentar  e até mais *-*

Promo 2x20 - Scars


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...