3 de mai de 2015

Review| The Blacklist - S02E20 - N°87: Quon Zhang


"Sua má sorte já esta começando, Agent Keen"

Diferente dos muitos comentários que vi a respeito desse episódio, eu gostei, sim, foi um episódio mais parado, mediano, mas vamos concordar, essa temporada, com a exceção de alguns ótimos episódios, vem sendo mediana, porém no todo, eu achei um bom episódio, com algumas explicações, lotes de perguntas e uma nova perspectiva sobre os laços que unem o Red a Lizzy.

A principio, fiquei pensando no que aquele homem faria com o corpo da moça, porque, se tratando de the blacklist, era capaz de vender no mercado negro pra fazer sopa. Então, quando o Red explicou sobre o cara ser um contrabandista e responsável pelo transporte de alguns itens terroristas, eu tive o mesmo pensamento do FBI, ele esta colocando bombas dentro das moças, mas ai, porque ele diria que ela ficaria bonita, isso não faria sentido. Fazendo sentido ou não, o mais importante no momento, foi a sinceridade do Red ao esclarecer que ter o Fulcro já não é mais razão para se estar seguro e que agora que a Lizzy se pronunciou ao lado do Red, ela é um alvo em potencial. E, se ela se tornar um alvo em potencia, já vimos do que o Red é capaz. Outra coisa legal não só nesse começo de episódio, mas no decorrer dele também, foi a recuperação do Red, achei ótimo não correrem o tempo e mostrar que sim, o ferimento foi grave e que não, ele ainda não esta pronto para ação ainda. 

Já disse o quanto eu adoro o Aram, pois é, ele é muito fofo, mas as vezes acho que não tem o
merecido destaque, enfim, novamente ele foi o responsável pelas conexões que levou a força tarefa a ter o que procurava, derrubando minha teoria, e a deles também, de que havia uma bomba, explosivos, armas químicas ou biológicas dentro do corpo da jovem chinesa, que não era chinesa de verdade mas estava sendo contrabandeada para China. Enquanto o FBI lutava para descobrir algo sobre os corpos, o Red tratava de seus próprios negócios indo atras do Jasper, ou melhor, bolando um plano indiscutivelmente brilhante para fazer o Jasper sair da toca. Juntamente a tudo isso, a incessante, e compreensível, busca da Lizzy sobre a verdade de quem ela é, claro que eu não acho que a melhor forma de descobrir a verdade seja com o Tom, mas vendo ele tratar ela tão bem assim, não consigo voltar a não gostar um pouquinho dele. Quem diria que a Lizzy ta ficando tão esperta, pegou de primeira pra quem o carinha tinha prometido não contar nada, e convenceu o Red a falar com ela em poucas ações.

E aqui, na minha opinião, a parte mais esclarecedora e repleta de novos questionamentos do episódio, a mulher na foto que a Lizzy achou na casa do Red, é mesmo a mãe dela, mas, para minha grande surpresa, a mãe da Lizzy, Katarina, era uma agente da KGB e a Lizzy nasceu em Moscou, sendo assim, ela era uma garotinha Russa. E sim, foi o Red quem bloqueou as memorias dela da noite do incêndio, o porque, só ele e os roteiristas sabem. Então, a Lizzy coloca uma nova teoria em jogo, que faz bastante sentido e tira o Red de unica opção de pai dela. Ela questiona porque ele tem uma foto da mãe dela, se ele estava apaixonado pela mãe dela e matou o pai dela ou o que. o Red não responde e se nega terminantemente a responder. O ponto é, ela pode ter razão, em partes, se o Red não é o pai dela, mas tem fotos da mãe dela, ele poderia estar com a mãe dela e se ver na posição de pai e o verdadeiro pai da Lizzy pode ser um homem mal, que queria machucar a ambas. Ou, o Red pode ter sido designado para cuidar da mãe da Lizzy e dela, colocando o pai biológico como o cara mal e o Red, não podendo salvar a mãe, salvou a menininha e se sente culpado e protetor. Ou pode não ser nada disso e ele ser mesmo o pai dela. Seja o que for, penso eu, descobriremos nessa season final.

Voltando ao Blacklister, eles descobrem que o cara contrabandeia os corpos para famílias com filhos que morreram antes de casar. Pois, segundo uma tradição, se jovens mulheres e homens morrem sem casar eles ficam sosinhos na outra vida e voltam atormentar suas famílias. o Sr. Zhang tem uma história familiar repleta de infortúnios, todos associados a essa crença, mas, o mais assustador foi ele dizendo que não tinha nada a ver com o terrorismo, na verdade, eu não acho que ele estava mentindo nesse ponto, o que o torna ainda mais perigoso, pois ele trazia e levava pessoas e mercadorias sem que ninguém soubesse, em perfeito sigilo e nem ao menos se importava para que ou quem. E quando a Lizzy falou sobre um objeto que chegaria na próxima semana e ele respondeu que não era um objeto, era uma pessoa e que não chegaria na outra semana, mas já estava no país, deu pra ver que as coisas serão complicadas nessa reta final. Ou assim esperamos né. 

Com o Jasper fora da toca, o Red partiu para mais um ataque certeiro, e olha, que angustia me deu
quando ele chamou a Navabi e ela enfiou aquela agulha que parecia um prego logo acima dos dentes do Jasper, e ele ainda falando sobre tortura com dentes sendo arrancados, não sirvo pra isso não, deve doer a vida. No entanto, dessa vez, eu não cai no plano do Red e da Navabi, sabia desde o inicio que era tudo combinado e que ela não o trairia, não porque ela atuou mal, mas porque ninguém tiraria o Dembe da jogada tão facilmente assim, não fosse por isso eu, com certeza teria acreditado, porque olha, a mulher soou convincente pra caramba, sem levantar sequer um dedo conseguiu todas as informações necessárias pro Red. É por isso que eu digo, força é necessário, é sim, mas nada supera a boa e velha inteligencia estratégica. Mas se enganam vocês se pensam que o Red parou por ai, como um homem de palavra, ele realmente enviou a língua do Jasper ao diretor.

Finalizando, eu avisei que aquele amigo do Cooper era um filho da mãe, mas eu não imaginei que ele iria abrir o jogo de forma tão ameaçadora, o Cooper é um homem bom, decente, ele deveria ter o direito de decidir por si próprio o que é certo e errado e o que ele quer ou não fazer, mas parece que ate a esposa dele esta dando armas ao inimigo, esta certo que ela só fez isso para ajudar ele, mas gente, já ta na hora do Red dar um susto nesse cara e ajudar o Cooper, chantagem trabalhista eu ate engulo, agora brincar com a saúde de alguém que ele chama de amigo, ai não dá. E por fim, por mais que eu tente não torcer  por Lizzy e Tom, como eu já disse, como o Tom sendo fofo assim e dando aquele abraço no final do episódio, é difícil não torcer pelos dois. Ah, não sei se é paranoia minha ou o que, mas acho que esse tal de Karakurt, que por sinal leva o nome do próximo episódio, está, de alguma forma, ligado a Lizzy, eles focaram de mais naqueles olhos azuis tão semelhantes aos da Lizzy e do Red. 

Por hoje é isso pessoal, espero que tenham gostado, não deixem de comentar e ate a próxima *-*

Promo 2x21 - Karakurt


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...