23 de mai de 2015

Review - Supernatural – S10E23 – Brother’s Keeper [Season Finale]


"Carry on my wayward son,/ There'll be peace when you are done /Lay your weary head to rest /Don't you cry no more".
E chegamos em mais uma Season Finale de Supernatural e não poderia faltar Carry On. com um "resumão" de toda a temporada. 
Que para muito não foi lá muito produtiva e que na reta final gerou certa revolta por ter nos despedido de uma personagem tão querida. 
Mas como costumo dizer, em cada temporada sempre aprendemos um pouco mais dos nossos irmãos e já nos acostumados com a expectativa, e nessa temporada quem morre?
Qual vai ser a "ponta" deixada a ser explorada para a próxima temporada?
Cas lembra Sam de que Rowena removendo a Marca de Caim de Dean usando o Livro dos Condenados irá ter consequências que não podem prever.
Dean está em um caso na verdade, foi  chamado por Rudy e o acaba se intrometendo mais do que devia e o tratando mal.
Rowena continua fazendo jogo duro para fazer o feitiço e quer sua liberdade e o Códice em troca e mesmo com Cas sendo contra, Sam aceita o novo acordo.
" Algo feito por Deus, mas proibido ao homem."
Os três ingredientes que ela irá precisar para fazer o feitiço são: o fruto proibido, o bezerro de ouro e o sacrifício de alguém que ela ame. O Livro dos Condenados liberta da Marca, mas pede algo em troca.
O problema está em alguém que Rowena ame, afinal ela não ama ninguém, nem mesmo seu filho, Crowley. 
Mas Cas consegue ver que Rowena teve alguém no passado, há 300 anos atrás que ela amou, Oskar, um camponês, filho de uma família de camponeses que o ajudou quando precisou.
As palavras sábias de Bobby sobre " Família não são apenas de sangue", são válidas também para os vilões!
Enquanto isso Dean está cada vez pior, deixando Rudy morrer e tendo um ataque de fúria.
Cas pede ajuda para Crowley. 
Será que isso foi uma boa ideia?
Dean chama a Morte. Na verdade quer que ele o mate. Ficou sem opção de lutar contra a Marca de Caim e ouviu dela sobre toda a história sobre a Marca que achei bem interessante.
A marca de Caim é a Primeira Maldição. Nada pode matar. A Morte poderia livrar Dean, mas "Creatio ex nihilo" Deus criou a Terra do nada... havia a Escuridão uma força, amoral, destrutiva e sem escrúpulos, que foi reprimida por Deus e seus arcanjos em uma guerra terrível. Deus trancou a Escuridão onde não faria mal algum  e criou a Marca que serviria como fechadura e chave que confiou ao seu mais estimado tenente, Lucifer. Mas a Marca começou a fazer sua própria vontade, revelou-se uma maldição e começou a corromper. Lúcifer começou a ficar com ciúmes do homem. Deus baniu Lúcifer para o Inferno. Lúcifer passou a Marca para Caim que passou a Marca para Dean, o proverbial, "menino que barrou o dique com um dedo". 
Para quem não se lembra essa parábola conta a história de um pequeno herói da Holanda que salvou uma cidade toda da inundação tapando um buraco no dique com um dedo. 
A Morte poderia remover a Marca, mas só de Dean passá-la para outra pessoa para garantir que a fechadura permaneça intacta e a Escuridão permaneça longe. 
Mas como sabemos de jeito algum Dean quer fazer isso. 
Há a opção mandar Dean para um lugar longe, fora da Terra. Onde pudesse continuar vivo, mas não ser mais um perigo para si e nem para os outros. 
 Repararam que o enredo fechou com o que já vimos na 5ª Temporada e Lúcifer? Somente a Marca de Caim foi uma outra ramificação do outro lado da história. E provavelmente a Escuridão é outra ramificação que iremos ver.
Crowley consegue todos os ingredientes para Rowena fazer o feitiço inclusive descobre Oskar.
Oskar é atendente que servia o café que tanto Crowley gostou.
Rowena antes de abandonar a família camponesa e por ter se afeiçoado a Oskar o deu o feitiço da imortalidade.
Dean e Sam brigam. Dean conta sobre tudo que a morte lhe contou sobre ele ir para fora da Terra e que para isso ele precisa ceifá-lo.
Previsível que Dean não faria isso com Sam e acabaria fazendo isso com a Morte. 
Mas mesmo assim não deixa de ser fora do comum depois de toda a história que sabemos ver Dean ceifando a Morte.
E com certeza isso terá mais algumas consequências que eles irão ter na próxima temporada.  
Rowena consegue terminar o feitiço e retira a Marca de Caim, só que agora ela se tornou uma inimiga poderosa pois tem o Livro dos Condenados. 
Crowley que se cuide. Aliás, será que ele Cas realmente o acertou?
E como não poderia faltar problemas na vida dos Winchester, na próxima temporada eles enfrentarão a Escuridão. 
E aí Hunters, tem ideia do que seria a Escuridão? E o que virá com ela?
Poderemos continuar a ter Rowena na próxima temporada? Eu particularmente odiaria ver ela, pois para mim não aprovei a personagem. 
Lembrando também que Metatron ficou "perdido" na temporada e provavelmente ainda dará o "ar da graça" na próxima temporada. Outro personagem que faço questão que não apareça e daria pulinhos se fizessem o favor de esquecer. 
Com relação a Escuridão, acho que ela vai se manifestar de uma forma diferente, talvez trazendo novos desafios para Sam e Dean, podem ser criaturas mais poderosas, modificando algumas que já enfrentaram ou quem sabe modificando as pessoas.
Crowley para mim é uma incógnita, ele se tornou um personagem querido, um vilão querido, mas que nessa temporada não "brilhou" como deveria. Enfim não sei se na próxima temporada seria uma boa ele continuar tão presente. Talvez tão somente para um acerto de contas com Rowena.
E Cas com certeza com a Escuridão à solta, acho que vai ter que continuar sua estadia na Terra por mais um tempo. 










0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...