10 de mar de 2016

Review| Agents of S.H.I.E.L.D. - S03E11 - Bouncing Back


"As vezes não há escolha a não ser a escolha difícil. Faz parte do trabalho."  

Como eu não notei o tamanho da saudade que eu estava da serie até ver aquele 'anteriormente em Agents of S.H.I.E.L.D.'? Que retorno exemplar, muito embora certas coisas tenham me confundido, foi um retorno muito, muito bom. Teve o momento tenso, o mais tenso ainda e o que excedeu a tensão, teve o momento para rir e aquele para dizer 'ownt', tudo que um retorno precisa para fazer seu melhor.

Vamos começar pelo que me deixou confusa e, por ventura, é o começo do episódio. Três meses antes, uma vista linda do espaço e então da Terra vista do espaço, luzes de emergência, eu acho, piscando no painel de controle, um colar com um crucifixo flutuando, um logo da S.H.I.E.L.D. no braço de alguém e uma explosão, em seguida, dias atuais, Colômbia, a policia contra uma Inumana supostamente invisível que acaba por roubar o carregamento todo de armas e carrega no pescoço o mesmo colar que estava flutuando em uma base/nave no espaço e que por ventura explodiu. Então é, o pessoal da Marvel tinha razão ao dizer que esse começo fundiria a cabeça dos fãs. Ainda com a nova Inumana, que não é invisível, mas sim superveloz, por um bom momento pensei que iria odiá-la, não por ela ter vencido o Mack, ou prendê-lo no banheiro ou roubar a arma dele, não, eu achei ela muito chata, ainda bem que mudei de ideia a tempo, porque terminei achando ela super legal e gentil.

Enquanto a Daisy e seu grupo tentavam conter o incidente Inumano, Coulson tinha um encontro com o presidente, na casa da Rosalind, para o presidente sentir a tragédia do momento. Coulson cada vez mais diretor e menos Agent da S.H.I.E.L.D., ainda não tenho uma opinião feita sobre isso, mas por hora, acho que as atitudes dele foram bem tomadas. O presidente não tirou a S.H.I.E.L.D. das sombras, mas deu carta branca para o Coulson continuar 'fazendo o que ele vem fazendo', do mesmo modo que deu total liberdade para o Coulson enfrentar o Gideon, ele não ofereceu ajuda contra ele, mas também não ira se opor ao que o Coulson faça, e ainda vai colocar na UCAA alguém de confiança e que acate as ordens do Coulson. Pode não ter sido exatamente o que o Coulson queria, mas acredito que foi melhor do que o esperado. No laboratório, enquanto Fitz projeta uma nova mão para o Coulson, Simmons trabalha na biologia dos Inumanos, com uma boa ajuda do Lincoln, ele pareceu genuinamente interessado em ajudar e entender o modo de trabalho dela e ela genuinamente interessada no que ele tem a ensinar, o Lincoln é um rapaz legal, tem boas atitudes, está mais sociável, mas não sei, ainda tenho um pá atrás com ele.

De volta a Colômbia, pode não ter sido um momento decisivo ou importante, mas não posso escrever uma review desse episódio sem falar da inveja que o Lance está dos Inumanos, gente, esse moço representa, acredito eu, mais da metade dos fãs, quem não quer superpoderes? Claro que seria mais legal poder escolher, mas de qualquer modo, são superpoderes. Ele falando que experimentou as pílulas de óleo de peixe torcendo para ganhar visão de raio-x e a Bobbi admitindo que pensou em experimentar também, impossível não rir com eles e, é exatamente por isso que tenho medo do spin off com os dois, ao mesmo tempo que torço pra dar certo, se isso significar a saída deles da serie, não sei se quero que de certo, Agents of S.H.I.E.L.D. perderia muito com a saída dos dois. Bom, verificando o vídeo de segurança, eles descobrem que a Inumana é mesmo veloz e não invisível, e assim Simmons ajusta o modulo de contenção e eles vão ao resgate do Mack, que está tendo muita dor de cabeça para lidar com a Inumana que ele 'carinhosamente' começou a chamar de Yo yo, visto que ela sempre precisa voltar para o ponto de onde começou a correr, quando ele escapou do banheiro e derrubou ela achei que ele tinha vencido, ai ela capturou e amarrou ele de novo. Ainda bem que ele conseguia entender o espanhol dela, achei engraçado eles tentando conversar e foi ai que comecei a gostar dela. Tadinha, deve ser assustador ter a porta arrombada por um terremoto e a cara do Mack de 'eu avisei que minha parceira viria' foi divertida.

Outro que fiquei feliz em ver de novo foi o Joey, ele é um amor, e ajudou não só com os poderes, mas também com a tradução e a forma de conversar com a Helena, verdadeiro nome da Yoyo, que não havia roubado as armas para usa-las, mas sim para evitar que a policia, não muito justa em sua região, as usasse contra a população inocente. É Mack, as vezes boas pessoal ganham poderes, como foi o caso da Daisy, do Joey, do Lincoln - as vezes - e agora da Helena. O problema é que pessoas ruins também foram agraciadas com esse dom, como é o caso do carinha que está com a policia e foi atrás da Bobbi e do Lance, bem quando eles descobriram que o primo da Helena também era bom. Já estava toda animada, rindo da cara dos policiais pela surra que levariam dela, quando o carinha tirou os óculos e usou Petrificus Totalus em todo mundo. Que é isso gente, ai é jogar sujo, podem começar a criar novos 'brinquedos' pra esse pessoal de operações, assim não dá. E pelo jeito que o olhar da Bobbi ficou, eles estavam petrificados, mas podiam ver tudo que estava acontecendo, inclusive a execução do primo da Helena. Acho que deve ter doido pra voltar, porque a Bobbi não é de reclamar e disse que estava doendo, eu queria tanto ver a Bobbi batendo neles.

Com a morte do primo, e a explicação correta do que estava acontecendo, Helena se juntou a S.H.I.E.L.D. e partiram resgatar a Bobbi e o Lance e vencer os caras maus. Adorei eles mostrando como as coisas funcionam na SHIELD e dando à Helena um dispositivo para prender as pessoas muito melhor que fita adesiva. Gente, quando o Mack perguntou quão rápido ela poderia correr e ela respondeu 'Tão rápido quanto uma batida de coração', realmente, quero muuuito ela como regular, super regular de preferência, adorei ver ela em ação. Bem como foi hilário ver a Bobbi no 'interrogatório' dizendo que eles eram de uma força tarefa contendo uma invasão alienígena, ela falando super seria e o cara a olhando cético, até a porta começar a tremer e ela dizer: 'Está vendo, invasão alienígena', essa Bobbi é mais que uma figura. Tadinha da Helena, que com raiva do que fizeram ao primo saiu desembalada e acabou petrificada também, aqui vale um elogio aos efeitos especiais, que não pecaram em nada. Mas ai, quando tudo pareceu terminar bem, surge a desgraça da Hidra e rouba o Inumano do mal, aff, começando a me irritar com a Hidra.

Já que falamos em Hidra, eu não sabia que uma pequena parte de mim ainda gostava do velho Ward, daquele Ward de antes da Hidra, serio, quando ele apareceu todo estropiado, cadavérico e possuído, dizendo que estava com fome, demorou pro meu cérebro raciocinar que era só o corpo do Ward, não Ward, que era carne animal congelada e não carne de gente que ele estava comendo. Como se não bastasse um Inumano centenário, destruidor de nações, poderoso, no corpo de um cara que podia derrubar um exercito, ele ainda parece ler mentes. Chamem o Professor Xavier, a Tempestade, os X-men, os Fugitivos - seria muito fofo ter membros dos fugitivos em Agents of S.H.I.E.L.D. - chamem o reforço que estiver a disposição, porque o olhar assassino associado aquela voz calma, fria e cruel indica que coisa boa não vira. E não sei se estão prontos para enfrentar o que está por vir.

O que nos leva ao Werner, judiação, morri de pena do menino, preso em loop de memória em que estava apanhando, achei justo o Lincoln tirá-lo dessa parte do transe, só não sei se isso faz do Coulson um homem melhor ou pior, porque colocar alguém naquela maquina é, no mínimo, incomodo, me lembrou o Fury observando enquanto o Coulson pedia para morrer no Tahiti. Mas no fim, deu tudo certo e eles ainda puderam derrubar boa parte das influencias e contatos do Gideon. Por fim, e eu jamais esqueceria essa parte, Jemma Simmons se cansa do que está acontecendo entre ela e o Fitz e toma uma atitude, a mais fofa e correta que qualquer um deles poderia ter tomado, começando com um 'Eu sinto a sua falta, eu simplesmente sinto a sua falta', ai não me venham defender o Fitz, porque a menina está lá, falando o que sente e ele responde com um 'mas eu estou aqui', serio Fitz? Vontade de te bater. Enfim, um amor ela pedindo para eles recomeçarem da forma que tudo começou, eles não tem mais 16 anos, mas foi um amor ela se apresentando pra ele e ele pra ela, com aquele cumprimento fofo e um sorriso maravilhoso. FitzSimmon, finalmente estão de volta, seja para onde isso leve, eles estão de volta, e disso eu nunca esqueci a falta que sentia. Ainda espero um episódio focado nos dois, mostrando eles novinhos e na academia, ia ser muito fofo.

E para encerrar, depois de uma conversa muito bonita com a May,Coulson descobre que o novo comandante da UCAA será ninguém menos que nosso não muito querido, General Talbot. E assim, sem perder o ritmo por sequer um momento, chega ao fim o episódio de retorno de Agents of S.H.I.E.L.D.. Mal posso esperar para ver o que vem a seguir e como a Guerra Civil ira influenciar a S.H.I.E.L.D. dessa vez. Espero que tenham gostado, não deixem de comentar e até a próxima *-*

Promo 3x12 - The Inside Man




0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...