31 de mar de 2016

Review| Agents of S.H.I.E.L.D. - S03E14 - WatchDogs


"-Levamos esses entulhos conosco para estudá-los?
 -Sim, claro. Se você estiver malhando. Pois isso pesa algo como 100 mil toneladas... é um prédio.
 -Então... não, afinal."

Se a Guerra Civil precisava de uma introdução ou preparo de terreno, não precisa mais, porque, embora tenha sido um episódio com foco no Mack - o que eu pensei que seria chato, mas gostei - quem mais brilhou foi a referência. Isso mesmo, ela veio e trouxe a família inteira, só quem não voltou foi a Bobbi e o Lance, deixando aquele vaziozinho triste no time, ainda mais com a cena do bar sendo repetido no começo do episódio. 

Começamos com o Mack consertando a moto do irmão mais novo, eu nem sabia que o Mack tinha irmão, enfim, lá estavam eles, de boas conversando, até que os WatchDogs aparecem na TV, ameaçando Inumanos e destruindo um prédio da UCAA. Bom, toda aparência legal do mini Mack se foi ao dizer que achava o máximo o que os WatchDogs estavam fazendo. Ok, é um garoto legal, aparentemente, que não conhece toda verdade, aqui já entramos em um ponto da Guerra da Civil, é preciso conhecer a verdade, mas será que todas as verdades são para todos os ouvidos, saber a verdade vai fazer as pessoas entenderem ou odiarem ainda mais os Inumanos e Aprimorados? Essas respostas só o tempo trará, agora, como os WatchDogs destruíram o prédio, isso descobrimos rapidinho, Nitramina, o que deve ter feito os ossinhos do Howard remexerem no caixão. Achei uma graça o Mack e o Fitz discutindo a Nitramina e a Daisy boiando no assunto. Mas não foi a Nitramina quem me assustou, não agora, foi o fato do Blake estar envolvido, possivelmente mandando, nos WatchDogs. Blake, para quem não lembra, foi quem mandou o Coulson se livrar da Simmons quando ela foi contaminada pelo vírus Shitauri, também é o Agente que o Deathlok machucou quando estava fora de controle.

Na sequencia temos aquele momento que demorou para ser mostrado, os traumas que rondam a Jemma, eu achei que ela estava indo bem de mais, na verdade estava receosa sobre a forma que abordariam isso. O problema dela não foi sobreviver em um planeta alienígena, o problema dela é ter sempre alguém arriscando a vida por ela, ela se sente fraca e culpada, principalmente por soltar o Lash. Abordarem isso, com uma conversa entre a Simmons e a May, uma das interações que eu mais gosto e que aparece tão pouco, tudo enquanto a Jemma treina com uma arma, foi brilhante, amei o dialogo entre as duas, por mais cenas entre elas. Enquanto Simmons está tentando lidar com a culpa, Daisy está colocando o Fitz em perigo de novo. Serio gente, levem essa menina e tragam a Skye de volta. Sempre fui uma defensora da Skye/Daisy, mas ela anda muito chata, exagerada e descuidada. Nao estou dizendo que não entendo o lado dela, eu também tentaria proteger meu povo de malucos caçadores que querem fazer justiça onde é preciso, mas ai acuar o cara, usar os poderes para intimidá-lo e ainda colocar o Fitz no meio de tudo isso, não, não querida, vá buscar o juízo e não colocar mais lenha na fogueira. Muito embora alguns humanos 'normais' bem mereçam levar um sustinho.

Costumo comentar que nem sempre vou com a cara do Lincoln, mas olha, nesse episódio Coulson me fez ter pena dele, sim, o rapaz é descontrolado e não tem lá essas afinidades com seguir ordens, mas ele está tentando né, e, por um bom momento, achei que o Coulson só estava dificultando as coisas pra ele. Depois eu tive certeza que, como o próprio Lincoln apontou, aquilo não passava de um teste e o Coulson não estava pegando leve. Bem no fim, depois de pensar que o Lincoln eletrocutaria o Coulson igual o Pikachu faz com o Ash, o Coulson tinha tudo sob controle e o Lincoln conseguiu superar as expectativas. Até me fez gostar mais dele, já quero mais cenas com ele como um Agent of S.H.I.E.L.D.. Lembram aqueles momentos em que pensamos o quanto o Mack pode ser chato, pois é, o irmão dele consegue ser dez vezes pior, o tempo todo. Isso que eu achei que o moço seria legal. Tadinho do Mack, tentando ser um bom irmão e o pirralho pensando em se alistar para os WatchDogs, dá uns tapas nele Mack. De volta a May e a Simmons, adoro o jeito com que a May se preocupa com as 'crianças' - que não são mais tão crianças assim - do time, ela não precisava mostra a Jemma que estava atrás do Andrew, mas mostrou, para provar que a Simmons não era culpada, a Jemma não precisava se oferecer para ajudar, mas é isso que ela faz, o contraste entre as duas, uma pratica e a outra cheia de esperanças, espero que a May possa ajudar a Simmons a canalizar essa culpa, talvez ensiná-la a lutar ou algo assim e que a Simmons possa trazer a esperança que a May não quer ter em trazer o Andrew de volta.

Após obter as informações necessárias, Mack, Daisy e Fitz vão até o 'quartel' do WatchDogs atrás do próximo alvo e também do Blake, que cheguei a achar ter se tornado Inumano, por estar em dois lugares ao mesmo tempo, só fui entender quando o Lincoln o apagou com um choque do trovão e o Coulson disse que não passava de um holograma. Espionagem vem, espionagem vai, tudo parecia estar indo super bem, eles não deveriam entrar, apenas observar, quando o irmão do Mack teve de aparecer e estragar tudo. Fazendo o Mack mostrar sua posição, atirar nos guardas com as ICER's e a Daisy usar os poderes na frente dos malucos que querem escalpelar Inumanos, isso sem contar a geleia laranja que grudou no pescoço do Fitz igual sanguessuga e que, na verdade, era uma bomba de Nitramina que podia implodir a qualquer momento. Certo produção, já chega de colocar Fitz e/ou Simmons em perigo tá, o coração não aguenta. E que ideia foi essa de não pedir ajuda da Jemma, qual é, eles são duas partes de um. De qualquer modo, que alivio quando o Daisy conseguiu congelar a bomba gosmenta no pescoço do Fitz, estava igualzinha a ele, nervosa e sem respirar direito.

Não sendo o bastante colocar um personagem em perigo, eles precisavam colocar dois, três se contarmos o irmão do Mack. No meio da confusão com os WatchDogs, eles acharam que o Mack era o Inumano, não a Daisy, então foram atrás dele. Deu maior dó ver as motos deles queimando, eram motos bonitas, mas agonia mesmo foi vê-los lutando com os WatchDogs na casa escura e praticamente sem armas, quando aquele tira surgiu do nada e acertou a Mack me deu até um gelo no coração, não que ele seja meu personagem preferido, mas ele tem seu carisma, não quero que ele morra. Então, ele levantou, criou uma arma machado e saiu matando todo mundo, então apagou. Tadinho o mini Mack nessa hora, que descobriu o que irmão fazia em um soco só. Ao menos serviu para fazê-lo admirar o irmão, serviu também para Daisy voltyar a pensar na equipe antes das necessidades dela.. Por fim, vemos o Blake de verdade, ainda abatido em uma cadeira de rodas, trabalhando para ninguém menos que Gideon Malick. Pobre Blake, mal sabe que trabalha para aqueles que tanto odeia. 

Semana que vem teremos Ward se revelando e as coisas começando a esquentar, antes de terminar, preciso dizer que sim, eu senti falta do Lance e da Bobbi, bastante falta... por hoje é isso, espero que tenham aproveitado e até a próxima.     

Promo 3x15 - Spacetime

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...