4 de mar de 2016

The Blacklist - S03E16 - N°78 The Caretaker


"Perdão não muda o passado, mas acredito que pode mudar o futuro"

E este foi mais um dos bons episódios de The Blacklist, com um ótimo caso da semana e um passo relativamente grande no caminho da história principal. Trouxe uma infinidade de novas perguntas e quase nenhuma resposta, mas ainda assim, foi um bom episódio.

Logo a princípio pensei que fosse se tratar de um episódio político, visto que começou com um representante dos EUA sendo morto em solo Chinês, fiquei me perguntando como isso poderia levar a algo sobre a Katarina, não que eu consiga imaginar algo que realmente leve a ela, estou esperando ser surpreendida, só não imaginei como crimes políticos poderiam levar a ela, entretanto, logo ficou claro que se tratavam de segredos, todo tipo de segredo e um homem cuja família a gerações guardava tais segredos. A questão era, porque esses segredos estavam sendo revelados? E é ai que o Red entra, segredos de mais sendo revelados nem sempre são bons, como disse o Cooper em determinado momento, alguns segredos ficam melhor mantidos em segredo. E eu, toda inocente, nem pensei que o interesse do Red no Caretaker poderia ser por causa de um segredo próprio.   

Antes de seguir para o caso em si, realmente, o Tom tem melhorado muito, ele parece querer mudar, é pai do Baby do Lizzy, bebê esse que agora, definitivamente, ficará com eles, mas as vezes não sei se o Tom e a Lizzy realmente ficam bem juntos. Eles são fofos juntos, mas o Tom está sempre escondendo algo, sempre fazendo algo imprudente, os contatos do Red as vezes são assustadores, mas os do Tom não ficam atrás, a Gina, por exemplo, ele teima em ir atrás dela, e ela quase deu uma surra nele, onde ele estava com a cabeça em ir atrás dela antes de sarar bem e ele quer sair, sair de que? E quem é esse ele para quem ela trabalha, suspeitei que fosse o Red, por ela perguntar, ao telefone, 'o que ele queria que ela fizesse a respeito do Tom', não consigo lembrar de ninguém que tenha interesse no Tom além do Red. Porém, se os diamantes roubados foram de sócios do Red, e a Gina trabalha para o ele que mandou ela roubar os diamantes, é estranho que esse ele seja o Red, a menos que ele esteja testando o Tom. 

Após uma pequena ajudinha do Red e de um sócio que controla os tubos pneumáticos que atravessam a cidade enviando e recebendo pacotes de todos os tipos, foi relativamente fácil encontrar o Caretaker, ou Curador, desenterrando, literalmente, outro segredo. Uma ideia mórbida, mas extremamente esperta, ele não violava o cadáver e, ao mesmo tempo, escondia suas cápsulas de segredo dentro da barriga dos mesmos. Ele foi capturado com uma facilidade e sem resistência alguma, que logo de cara deu para notar que havia algo mais, como a moça que gritava por socorro. No interrogatório dele não foi muito diferente, ele simplesmente respondeu a todas as perguntas e ainda disse que ele próprio estava vazando os segredos, tudo porque alguém havia sequestrado a filha dele, e a mataria se ele não revelasse os segredos que eles estavam exigindo. Achei tão bonito ele dizer que todos esses segredos, todos os anos em que a família dele vinha acumulando e guardando segredos por gerações, nada disso se comparava ao amor que ele sentia por sua Rose. Simplesmente não consigo não gostar de Blacklisters assim, o cara nem era cruel, não machucava ninguém, ele apenas guardava os segredos dos outros. Fiquei animada quando a Força Tarefa se engajou no resgate da menina, e o Red também.

Em meio a isso, temos a Lizzy dando andamento a história da mãe dela, seguindo um conselho do Cooper ela foi atrás do Sr. Velov, aquele senhor que tinha respostas sobre a mãe dela mas que a mando do Red não havia contado nada. Fiquei super animada, achando que ouviria ele falar da mãe dela, ainda mais depois que ela contou ser filha da Katarina, mas não, ele falou da filha dele e pediu pra Lizzy encontrar ela porque ele estava morrendo e queria explicar tudo, no momento em que ele entregou a carta, com aquela serenidade, eu sabia que a carta era para Lizzy ou que havia algo nela que faria a filha dele contar algo para Lizzy. Bem poderiam colocar mais diálogos para o Dembe, o homem quase não fala, mas quando abre a boca só fala boas verdades, adorei ele dizendo pro Red que a Lizzy merece saber a verdade e o Red mandando ele prestar atenção na estrada. De volta ao Caretaker, o próximo segredo envolvia os alemães e o Red explicou com todas as letrinhas para não vazarem o segredo em hipótese alguma, mesmo se não achassem a Rose. E o que foi que eles fizeram, liberaram o segredo quando não conseguiram encontrar a menina, com isso, os alemães que tinham dois terroristas no radar, simplesmente pararam de cooperar, pois os boatos que se espalharam foram que o FBI liberou o segredo, então, eles não mais cooperariam.

Pobre Cooper, já não bastasse a decisão errada, ainda teve de ouvir isso de outra representante da Casa Branca. Essa pareceu bem legal, como a anterior a ela, espero que ela não seja morta no decorrer da temporada, como as anteriores a ela. Como se não fosse o bastante para ele, ainda teve de pedir ajuda para o Red e os sócios dele. O que falar do dialogo dos dois com o Red perguntando porque os sócios dele ajudariam e o Cooper respondendo: "Pelo dever patriota deles" e o Red, todo cínico: "Eles são Mexicanos". Claro que for fim eles cooperaram, afinal o Cooper devia um favor para o Red, e este precisava cobra-lo logo. E é aqui que o meu amor pelo Aram cresce um pouco mais, sim, foram os sócios do Red que encontraram o caminhão, e foi ótimo ver a Navabi chamando o Ressler de idiota a plenos pulmões em uma emboscada para deter os terroristas, mas foi o Aram quem desativou as bombas e, digam o que quiserem, eu adorei ele ter feito o Ressler pedir desculpas para Navabi antes de dizer qual fio cortar para evitar a explosão da bomba. Foi egoísta e imprudente? Foi, mas eu gostei mesmo assim.

Já a filha do Caretaker, Rose, bom, essa não era tão inocente assim, e cá entre nós, não entendi os motivos dela para se auto sequestrar, colocar o irmão em perigo e expor os segredos que não deveriam deixar de ser segredo que o pai tanto protegia. Sim, deve ser  um choque se encontrar em um site de crianças desaparecidas, embora ela não pereça muito novinha não, ok, quer saber quem é de verdade, vá, mas ai culpar o pai que a 'levou' sem tentar descobrir o motivo e ainda colocar centenas de pessoas em perigo, pareceu birra, não era muito mais fácil sentar e conversar com o pai que sempre cuidou dela e a protegeu, diferente do biológico batia nela. Bem feito, agora que conviva com a culpa de colocar aquele que sempre foi pai de verdade na cadeia, ser responsável pelo morte do amigo do irmão e por ter colocado tantas vidas em perigo, menina irresponsável. Por outro lado, temos a Irina, filha do Sr. Velov, uma mulher bem simpática e consciente, que conversa com o pai todos os dias e contou que a carta nas mãos da Lizzy não era para ela e sim para a própria Lizzy, que aquela carta explicaria tudo. Que senhor esperto esse ein, só faltou a Lizzy ler a carta em voz alta, porque né, esperamos respostas tanto quanto ela.

Cooper mal resolveu o caso e lá estava o Red cobrando o favor, ele queria dar uma olhada na lista de segredos que o Caretaker guardava, e ainda assim eu demorei para notar que ele queria a localização do próprio segredo, não do de outros, achei legal ele aconselhar o Cooper a voltar pra casa e ainda usar a frase da Lizzy que perdão não muda o passado mas pode mudar o futuro. Uma pena a Lizzy ter descoberto que a mãe está viva pela boca, nesse caso letra, de outro, uma pena ela ter encontrado aquela foto dela pequenininha - que deveria ser a foto da pequena Masha, de cabelo escuro, não loirinha ,- uma pena a Lizzy se precipitar de novo e já sair gritando e brigando com o Red, ainda bem que ele está acostumado. A Lizzy age sem pensar, por impulso e sempre se arrepende depois, mas o Red evitaria tudo isso se contasse logo a verdade. Por fim, temos ele e o Dembe desenterrando um segredo do próprio Red, um que seria entregue a Lizzy caso algo acontecesse a ele, mas que agora ele já não sabe se quer que ela saiba. Poxa Ray, se não quer contar pra Lizzy, ao menos conta pra gente né.

Por hoje é isso pessoal, espero que tenham gostado, lembrando que o próximo episódio só dia 07 de março, até lá *-*


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...