6 de mai de 2016

Review| Agents of S.H.I.E.L..D.- S03E19 - Failed Experiments


"As vezes, os maiores milagres do mundo acontecem por acaso"

Todos já assistiram Guerra Civil? Não? Recomendo muito, deixou Vingadores 2 no chinelo. Aqueles que já assistiram, talvez peguem uma referencia ou duas, quem ainda não viu, não precisa se preocupar, não teremos spoilers do filme aqui, até porque o arco com a serie se dará no próximo episódio. Sendo assim, o máximo que pode acontecer, é 'entender a referência', como diria nosso caro Steve Rogers. Failed Experiments é aquele episódio agitado, que embora não desenvolva muito a trama principal, prepara o terreno, e, nesse caso, traz muita angustia, visto que, uma das frases mais ditas nas chamadas é 'Who will die?', e olha, isso está me deixando paranoica, cada ação me faz pensar: "Minha nossa, é fulano(a) que vai morrer". Não estou preparada para essa Season Finale, isso que ainda temos mais um episódio pela frente.

Depois do 'Anteriormente em Agents of S.H.I.E.L.D.', temos uma lembrança do querido Hive e sua criação. Realmente, o titulo 'ancião' vem a calhar, o homem - ou o que sobrou dele - é pré-histórico. Judiação, deu pena do rapaz que ele costumava ser, imagina você, caçando tranquilamente há alguns mil anos atrás, sem consciencia alguma do que era o mundo - ou talvez com muita consciencia, sempre gostei de lendas e mitos, e eles surgiram, provavelmente, na época em que o verdadeiro Hive viveu, - então, naves caem do céu, anjos azuis (não sei quem teve a ideia de chamá-los assim) saem delas e fazem experiências científicas com você. Claro que ganhar poderes é legal, admitindo ou não, todo mundo quer super poderes, só não quer as implicações que eles trazem, mas imagina como ele se sentiu naquele momento. Seja como for, não foi traumático o bastante para não repetir a dose, afinal, Hive sequestrou o Doutor Radcliff justamente para refazer o experimento Kree, só que usando a terrigênese no lugar do sangue. Embora engenhoso, não deu certo. Pobre Doutor, não foi nem a mão do Hive o degolando, quando o experimento falhou, que quase o matou, foi o medo mesmo. A maior sorte dele é ter razão, ele é alguém que quer fazer o trabalho, ele quer mudar o mundo, ninguém precisa obrigá-lo, e isso, é um grande ponto a seu favor. Isso, sem falar, que embora louco, o cara é bem genial. 

Se na cidade comprada pelo Hive as coisas estão indo razoavelmente bem, na S.H.I.E.L.D. elas estão péssimas. Ok, péssimas pode ser um exagero, mas elas não estão bem. Primeiro, porque todo mundo desconta as frustrações no Lincoln? O rapaz tem dificuldade em conter o temperamento, mas dessa vez é compreensível né, ele tinha um lar em Afterlife, o perdeu, então encontrou um lar na S.H.I.E.L.D., lutou pra ter seu lugar, meio que encontrou uma família com a Daisy, então a perdeu e agora, tudo que ele faz parece dar errado e todo mundo parece amar frisar isso. Tadinho do moço gente, por mais inconsequentes que sejam suas atitudes, ele realmente só quer ajudar. Injetar uma substância estranha, cuja própria criadora não queria usar nele não ajudou em nada, e ainda fundiu metade dos computadores, igual o Pikachu quando teve excesso de energia dentro de si, mas foi por uma boa causa. Já que tocamos na substancia estranha, antitoxina, como a Simmons e o Fitz a chamam, que amor os dois trabalhando juntos, completando frases e disputando quem teve a experiência pior. Adorei ele falando que a Skye agiu como se fossem melhores amigos enquanto tentava matá-lo e a Jemma, mais que depressa responde com aquele: "Eu encarei Grant Ward enquanto ele fingia ser meu ex-namorado morto". Vamos concordar, é bom de mais ver FitzSimmons sendo FitzSimmons de novo, ainda mais ela o chamando de namorado.

Falando mais um pouquinho da antitoxina, com mais seriedade agora, torço pra que funcione, mesmo com a Simmons, alegando no final, que não deu certo. Há uma frase do Ward/Hive/Will, no episódio passado, que me custa sair da cabeça, ele disse algo como: "Jemma Simmons, a menina que nunca conseguiu evitar fazer algo dito impossível" e depois "É como eu disse, eu sou o caos e você a esperança". Muito provavelmente era pra enganá-la, pra ver nele o Will, mas já imaginaram se ela realmente é a 'esperança' de todos? Eu nem espero mais poderes, mas a mente brilhante dela, aliada ao Fitz, bem poderia produzir algo para vencer o Hive e tirar os Inumanos do controle dele. Algo que, diferente dessa antitoxina, não acabasse com o sistema imunológico do paciente. Como eu disse, o Lincoln tentou ajudar, mas levei um baita susto ao vê-lo lançar aquela descarga e desmaiar depois, se o Coulson não botou ele de castigo, vai colocar. A carinha que ele fez após estar estável e a Simmons precisar de uma amostra do cérebro dele. Bem no fundo, depois da May, quando quer ser gentil, é a Simmons quem é mais tranquila com ele, ela ficou chateada dele ter usado a antitoxina em si mesmo, mesmo depois dela ser contra e o Coulson proibir, mas só agiu como já vinha agindo com todos os pacientes dela, os mantendo prisioneiros até que melhorassem. Todo esse desespero do Lincoln em trazer a Daisy de volta e tentar ajudar, não sei, mas me faz desconfiar que será ele a  morrer na Season Final.

Depois de falhar com os voluntários da Hidra e derretê-los, o Dr. Radcliff explica que precisa de sangue Kree, do sangue Kree de um corpo vivo. Assim, lá vai o Hive chamar seu pior pesadelo à Terra. Bem no fim, a esfera não era uma Joia do Infinito (O quê? Sonhar não é proibido né), mas sim um rádio, cuja frequência fazia a nave dos Ceifadores (Krees que não são realmente Krees, quer dizer, são Krees, mas menos inteligentes, menos poderosos, são inferiores aos Krees que realmente tem o poder, estão ali com o único propósito de caçar os Inumanos) pousar na Terra. Então, eu fiquei super empolgada com a chegada dos Kree, ainda mais porque a equipe da S.H.I.E.L.D. já estava lá e era uma chance deles descobrirem como derrotar o Hive. De modo geral eu gostei da luta e dos eventos paralelos a ela, que foram ainda melhores, mas depois fiquei pensando, foi bem fraquinho né, a coisa que mais assustava o Hive, a única coisa que poderia destruí-lo, vencido com três golpes da Daisy? Ou eles eram  muito fracos ou o Hive encontrou um elo de mega evolução e usou na Daisy. O Kree que ele derrotou também não foi lá grande coisa, mas deu mais trabalhinho né, não fossem os parasitas, que parecem fazer nos Kree o mesmo que nos humanos, ele não teria vencido. 

Deixando os Kree pra lá, vamos aos eventos que aconteceram ao redor deles, que foram os melhores e mais tensos também. Começando com a May, como não amar essa mulher, com toda sua panca durona, fingindo ser da Hydra, sendo grossa com o James e depois o seduzindo, até ele dizer tudo que ela queria saber, então nocauteá-lo. Sem mencionar a Agente perguntando: "O que a Cavalaria vai levar?" e ela respondendo: "Se eu precisar de uma arma, eu pego uma". May, nós te amamos, por favor, fique viva na Season Final. Ainda com a May, ela e a equipe ficam de prontidão, enquanto o Kree tenta matar o Hive, não vou mentir, gostei dele usando as frases da Daisy, acho que o Ward está excelente como um vilão de verdade, não aquele cara que culpava os outros pelo que fazia. O Hive é um líder, seja por influência, controle ou poder, não sei se ele vai morrer ou irão levá-lo para quarta temporada. Bom, Kree vencido, era da May atirar - agora só falta o Fitz -, depois a Agente, que usou uma mega arma, quase arrancou o braço do Hive, mas feri-lo não, nem chegou perto. Não pensei que seguiriam o conselho do Coulson, foi até cômico a May gritando para todos correrem o mais rápido possível. Calma May, vocês vão encontrar um jeito de derrotá-lo.

Enquanto isso, e aqui vem a pequena referência, visto que, depois de ter visto o Buck e defendê-lo, eu deveria totalmente defender a Daisy, mas por alguma razão não consigo mais. Já faz algum tempo que tenho achado ela bem chatinha, mas dessa vez foi exagero. Ela está sendo controlada? Não sei se está. Ela está sob influencia do Hive? Totalmente. O que não faz as atitudes delas serem negligenciadas. Essa não é a Skye que nos ensinaram a amar, não é a garota gentil que eu admirava, mas também não é uma Daisy zumbi, sendo controlada, acho que é apenas uma nova Daisy, influenciada, mas agindo por consciencia própria, uma Daisy que só vai parar quando matar alguém querido, o que não torna as coisas melhores pra ela. O Mack não é, nem nunca foi meu personagem preferido, mas ele tem seus momentos e é um cara legal, principalmente com a Daisy, então, quando todos disseram que ela estava diferente, que não era ela mesma e ele não acreditou, precisou sentir para acreditar, achei bom a Daisy ser cruelzinha com ele, pra cair em si. Então, veio aquela cara de nojo no rosto dela, as palavras cruéis, meticulosamente calculadas para feri-lo, começou me dar um negocio, vontade de gritar com ela - coisa que eu fiz, mas né, ela não ouviu -, então, com aquele olhar triste e coragem sem limites, Mack fala: "Se eu não posso salvá-la, vou salvar a minha equipe" e desintegra o Kree que a Daisy havia matado, do qual estavam drenando o sangue que viriam a usar na criação de novos Inumanos.

Pensam que acabou ai? Claro que não, se tivesse eu não teria ficado tão brava com a Daisy. Ao ver o Kree destruído, a menina ficou com sangue no zoio e partiu pra cima do Mack, teria sido uma luta semi-equilibrada se ele tivesse reagido, mas ele não queria lutar com ela, ele NÃO reagiu, e mesmo assim ela continuou a golpeá-lo, pior ela continuou a usar os poderes nele, da mesma forma que fez para matar o Kree. Ui, ele não merecia essa surra, e me poupem de minimizar os danos, um dos braços dele estava em uma posição bem estranha, ela usou os tremores nas pernas dele, ele não conseguia andar, nem bater e ainda assim ela continuou, achei que ele morreria ali mesmo, ainda mais de pedir pra ela olhar para si mesma e ela gritar, usando os tremores no peito dele, tem ideia do que isso causa em uma pessoa? Ela tinha, sabia que iria matá-lo, um amigo, ela queria matá-lo e o teria feito não fosse a May dar um tiro no braço dela. Aquele olhar no rosto da May, me gelou a espinha o pensamento de que pode ser ela a morrer, já que o Mack está todo arrebentado. Não fosse aquela saída de emergência deles, já era equipe.

Para finalizar, como se já não fosse o bastante, vem o Hive com aquele discursinho de 'você me decepcionou', 'eu peguei um coração e você não foi capaz de concluir o que começou', 'confiamos de mais em você'. Chantagem de quinta, mas funcionou, porque prontamente, tipo a Bellatrix tentando agradar Voldemort, ela se ofereceu para ser drenada, visto que o GH-325 era um derivante de sangue Kree e corre nas veias dela, mais vivo do que nunca. Semana que vem temos os efeitos da Guerra Civil, mais precisamente do Acordo de Socovia, na serie, teremos também o retorno da Yo-yo e do Joey, ficando a apenas um passo da Season Final. Diante dos atuais acontecimentos, quem vocês acham que vai morrer? Será que conseguiram derrotar o Hive e livrar os Inumanos de sua Influencia? Comentem conosco suas teorias e ideias. Até a próxima *-* 

Promo 3x20 - Emancipation

 


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...