12 de mai de 2016

Review|Agents of S.H.I.E.L.D. - S03E20 - Emancipation


"Tempos desesperados, medidas desesperadas"

Tem como não amar essa serie? Conselho de amiga para quem abandonou, voltem, voltem amigos, porque Agents of S.H.I.E.L.D. pode até matar do coração, mas jamais de tédio. Que é que foi isso, não desconfiei do Lincoln não, xinguei o coitadinho um monte, a única coisa que levantou suspeita foi a calma exagerado do Coulson, mas né, é o Coulson, nunca sei o que esperar dele. Quanto a Daisy, devo certas desculpas a ela, embora ainda ache que ela poderia ter lutado um pouquinho para resistir. Já o crossover, gostei de ter sido algo mais simples, menos caótico que a queda da S.H.I.E.L.D., foi o que precisava ser, nada mais nada menos, apenas o essencial para o momento. 

Começando pelo crossover, já vemos os resultados do Acordo de Sokovia para os Inumanos no time do Coulson, que não precisou levantar a bandeira do Capitão mas, obviamente, está do seu lado. Vemos também a nota de falecimento da Peggy, afundando um pouquinho mais a facada que foi o funeral dela durante o filme, me identifiquei muito com a frase do Coulson dizendo que a Peggy e o Cap foram seus heróis de Infância, embora, no meu caso, seja muito mais a Peggy. Sentiremos de mais a sua falta, nossa eterna Agent Carter. O crossover propriamente dito acaba aqui, o que foi abordado mesmo, é a ideia do governo em registrar e monitorar os Inumanos da S.H.I.E.L.D., o que, na situação em que a serie se encontra, foi a melhor opção. Claro que como a grande maioria, eu bem gostaria de ver um ou dois vingadores na serie, porque seria interessante expandir esse Universo compartilhado, não porque a serie precise. Seguindo com os efeitos do Acordo de Sokovia, Brigadeiro Talbot insiste em conhecer a base e também os Inumanos da S.H.I.E.L.D., amei o Coulson colocando o sinto e ele com a aquela cara de WTF enquanto a mesa começou a descer.

Vendo a Daisy realmente doar sangue para criar novos Inumanos, me senti mal e bem ao mesmo tempo, porque achei que fosse matar ela e ai pegar o sangue, tipo meus bisavós quando faziam chouriço, fiquei aliviada por ser só uma transfusão e mal por ter pensado algo tão, sem volta. Enfim, o Dr. Radcliff não é assim, tão mal, apenas louco, diferente do Hive que é louco, cruel e manipulador. Falar na Daisy e seu jogo de pega-pega com o Fitz para mantê-la fora do sistema, nos leva ao Lincoln, o alvo de suas invasões, seja por sentir algo por ele ou por apenas querer usá-lo mais um pouco. Juro, mesmo depois de três temporadas, eu não vi o plano da May chegando, nem quando ela mandou o Lincoln comer algo, nem quando ela mandou FitzSimmons começarem a pensar como Hive pensaria. Agora, moça que consegue roubar a cena é a Helena (é com H ou sem H, ainda não descobri), coisa mais linda ela chamando o Talbot de 'bobinho' e mostrando os poderes pra ele, ah, não quero que ela morra não. 

Depois do Dr. Radcliff ter dito que tudo estava ok e só precisava das cobaias, fiquei surpresa ao ver os WatchDogs de volta, achei que eles seriam apenas menção de um episódio, mas não, os caras estão a toda, foi bem interessante ver o carinha, em outra referência a Civil War, dizendo que colocá-los em uma lista não resolve nada, que eles precisam ser exterminados. Seria bem legal eles terem aparecido no filme, decorrente do que aconteceu com a Wanda. O que eu não esperava era que seriam justamente eles o alvo do Hive, vingativo esse rapaz gente, fazê-los, em suas palavras, transformarem-se naquilo que odeiam, infelizmente não consegui ficar com pena deles, se o James fosse um Inumano assustado e inocente eles o teriam matado ou torturado sem pena alguma. Falando em James, achei o máximo os efeitos da corrente pegando fogo lentamente, esse cara vai dar trabalho. Assim como os resultados da nova experiência do Hive, pobre Doutor, quase morreu de medo quando o resultado foram criaturas primitivas e 'cozidas' (sem preconceito, apenas repetindo as palavras do Hive), eu acreditei, acreditei mesmo que ele colocaria o Doutor na maquina, mas que ele fosse pedir mais e ainda dizer que aquelas coisas eram parte dele, eu não esperava. Eu não estou dizendo que os experimentos são indignos, não, toda vida é uma vida, eu acho, o assustador foi eles realmente viraram 'cães de caça' primitivos, se o Hive dissesse 'matam-se' eles se matariam, essa é a verdadeira aberração. 

Vamos falar mais um pouco do Talbot e suas descobertas pela base, depois da Yo-yo veio o Lincoln, que já estava conversando com a Daisy, agora que o Fitz havia parado de tentar impedi-la de entrar, e olha, eu já estava insultando a esperteza do coitado, porque estava na cara que a Daisy só queria usa-lo e ele continuava a cair na lábia dela, então, conversando com o Talbot, o menino excede a bobeira (meu ponto de vista, alguns herois/guerreiros precisam agir nas sombras, mas também serem responsabilizados por seu atos, não vou discutir isso aqui, porque não estamos falando da guerra civil, estou apenas expondo minha opinião) e diz que quer ser registrado, desde que o Talbot o tire da base. Por ultimo, mas não menos importante, temos o Andrew/Lash, pode ter sido apenas eu, mas ele me pareceu reconhecer a May o tempo todo. Embora cruel, foi engraçado o Talbot chamando o Lash de Rasta-Hulk, deveria ter notado ai que havia algo mais que não estava sendo mostrado, fazer o que, não notei, até porque em seguida vieram Fitz e Simmons, super fofos e em sincronia, explicando a loucura que é o Hive e, como cientistas, expondo o que ele provavelmente queria. Vou te dizer, Ultron deveria ter conhecido alguém como Hive para mudar a humanidade ou o Loki poderia tê-lo contratado para formar um exercito, porque o plano dele, de usar o sangue Kree, o terrigenese e seus parasitas de estimação em um coquetel super efetivo para transformar qualquer humano em inumano instantaneamente é um ótimo plano.

A Daisy não ficou muito atrás com seu plano para tirar o Lincoln da base, acreditei com toda minha crença que ele estava surtando e queria mesmo ir atras da Daisy, mesmo sabendo que quem esperaria por ele era o Hive, ele fugindo feito louco só aumentou minha certeza, então a May foi enganada com muita facilidade e havia algo errado ali, mas ela não falou nada quando encontrou o Coulson e o Talbot estava pirando, ai, minhas apostas ficaram com o Leo e a Jemma, depois o Mack, trabalhando para lacrar a Base, só para o Mack lembrar que se a Daisy invadisse o sistema do Quinjet ela poderia controlá-lo remotamente. Adivinha para onde o Lincoln e apenas o Lincoln estava indo, acertou se pensou nos Quinjets. Ele só não esperava pelo Mack lá, pronto para detê-lo e perder né, já que o pobre homem ainda não está recuperado completamente. Não acreditei quando o Coulson viu o Quinjet decolar com o Lincoln e permaneceu naquela calma absurda, como se fosse a coisa mais aceitável do mundo. Mesmo não gostando muito do Talbot, quase dei razão para o descontrole dele. Quase, pois em seguida veia a maior reviravolta do episódio, Lincoln estava na base, ao lado da May, tudo havia sido um plano dela com o Coulson e o Lincoln e quem estava no Quinjet era ninguém mais, ninguém menos que o Lash.

A batalha entre os dois foi uma das mais legais entre Inumanos que eu vi, o espanto no rosto do Hive ao ver que não era o Lincoln, depois o medo quando o 'poder' dele falhou, os efeitos dois dois 'ataques' se chocando e depois o Lash atacando o Hive. Achei que a Daisy atrapalharia tudo, por sorte a louca havia dado sangue de mais para criar outros Inumanos e estava muito fraca, não tinha chance contra o Lash, e ao mesmo tempo que achei isso bom, fiquei com medo que ele a machucasse, mas não era isso que ele queria, o propósito dele, mesmo que não fosse matar o Hive, foi salvar a Daisy, que coisa boa foi ver ele tirando os parasitas de dentro dela. Eu gritei quando ele pegou ela no colo e começou leva-la para o Quinjet, céus, algo ruim estava para acontecer e ele precisava correr, não andar, então ele chegou no avião e a musica triste começou eu não entendi porque, até a corrente de fogo perfurar o peito dele e ele tombar, impotente no chão. Ele segurando a mão da Daisy só não mais triste que a May abraçando o corpo morto dele. E é aqui que eu devo pedir desculpas para Daisy, ela precisa sim ser salva, ela estava sim sob controle, e sim, eu fui incrivelmente exagerada e talvez cruel com ela. Admito que estava enganada, mas ainda acho que ela poderia ter lutado, nem que fosse um pouquinho, pra sair do controle dele. E ok, admito também que foi ótimo ouvi-la dizendo que estava voltando pra casa.

Com a Daisy em casa e sendo tratada, vieram as boas noticias de que, com um pouco de tempo, ela voltaria ao normal. Adorei o Coulson olhando pra Simmons e falando, depois dela dizer isso: "Eu conheço esse olhar, o que está errado?". O que está errado? A cabeça formada de nano-parasitas do Hive está errada, ele não quer soltar um simples vírus em uma população teste, ele quer infectar meia humanidade, isso sim. E adivinha, ele tem uma Ogiva nuclear operante, pronta para fazer seu trabalho, a maldita ogiva que, ao que tudo indica, levara a vida de um dos nossos queridos agentes. Queria muito que fosse uma brincadeira de market e ninguém morresse, mas acho que dessa vez, alguém querido partirá de verdade. Não sei qual vai ser a brincadeira do colar, mas estou com medo disso, a Yo-yo já terminou o episódio o dando ao Mack, na promo outro personagem o segura, deem um jeito de colocá-lo nas mãos do Hive e pronto. Estou mais que ansiosa para a Season Finale, dividida em querer que chegue rápido pra descobrir o que vai acontecer e que demotre, porque não estou preparada para esse final. Novamente ressaltando, a Helena roubou a cena, ela consolando o Mack, que coisa mais fofa.

Então é isso pessoal, façam suas apostas e não deixem de comentar quem vocês acham que será o 'Fallen Agent' e porque acham isso. Antes de finalizarmos, é com muita tristeza e indignação, que também me despeço de Agent Carter, que não foi renovada para uma terceira temporada. Então, o funeral da Peggy também é um funeral para nossa querida serie. O jeito é esperar que percam um episódio por temporada até contarem como ela fundou a S.H.I.E.L.D. e tal. Não tenho outras palavras se não 'cruel' para definir esse cancelamento, como serão os hiatus agora, sem a Peggy e o Jarvis? Eles tinham muito a oferecer. Sem mais, até a próxima. 

Promo 3x21 e 3x22 - Absolutin e Ascencion 


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...