30 de out de 2016

Review - Frequency S01E04 “Bleed Over”


 Frank e Raimy continuam  procurando o Assassino Rouxinol e tentando mudar a história e Julie deixe de ser uma das vítimas.
Carmen Salinas desapareceu em 03 de Novembro de 1996 e a filha foi encontrada andando no meio do Brooklyn na noite do sequestro e disseram que ela pode ter visto tudo. 
Frank vai atrás de Marco Salinas, querendo falar com Eva, a filha de Carmen que afirma não saber nada, agora ela é excluída na escola, os professores a tratam diferente embora ele ache que está melhorando.
Nos dias atuais Raimy descobre que Eva lançou há quatro meses um livro sobre o Rouxinol onde conta histórias das vítimas, algumas teorias, nada que pudesse ajudar.
Gordo descobre que Raimy está falando com alguém no rádio amador e como está bêbado acaba sendo desagradável com determinados assuntos.
Raimy procura por Eva e descobre que a polícia esteve ali  e que ela está desaparecida tem três dias. 
Kyle está cuidando do desaparecimento de Eva, mas  Raimy já o conhece e não se recorda muito bem o que aconteceu entre eles. Para apagar a má impressão pede que ele vá junto falar com Marco Salinas. 
Eva é encontrada toda machucada e diz que escapou do Rouxinol.
Na tentativa de fazer Eva falar, Frank a aproxima de Raimy e tem resultado. Ela acaba contando que viu o rosto do homem que levou sua mãe.
Raimy e Kyle vão até o cais e encontram onde Eva foi mantida refém. Satch declara o Rouxinol suspeito. 
Eva lembra de ter brincado com Raimy quando pequena. E lembra que ele tinha uma cicatriz na mão  esquerda entre o dedão e o indicador com uns 5 cm de comprimento. 
Desconsiderando o que Raimy disse para não contar nada para a imprensa para que o Rouxinol não fique em vantagem, Eva faz justamente o contrário. 
Eva mentiu, ela inventou tudo, queria atenção porque o livro dela foi um fiasco, queria ser notícia de novo. 
Frank pede para que ela envie uma transcrição do retrato falado do Rouxinol de 2016.
E ele consegue que faça ficar quase idêntico. De posse do retrato falado ele vai até Eva que confirma que é a mesma pessoa só que nem sempre ele usa capuz. Ou seja ela o viu sem o capuz. Mas Marco chega e não a deixa continuar.
Nos dias atuais Eva acaba contando a verdade para Raimy.  Da primeira vez que viu o Rouxinol estava com capuz, das outras vezes que ele não estava era para ser segredo porque o pai descobriria que a mãe tinha um caso. Por isso ela nunca disse nada. Ele era contador e a mãe a levava com ela esperando que o pai não fosse suspeitar. Mas depois ela fazia ir brincar. no parquinho. 
O Rouxinol tinha uma caminhonete azul escura, com tetos brancos na traseira, tinha cabelo castanho, curto como no exército e usava óculos de sol sempre. 
Ele persegue as vítimas, demora fazendo isso, meses. 
Frank encontra a caminhonete parada observando Julie, mas o Rouxinol escapa. 
Julie e Frank não tem uma boa conversa novamente, e ela promete se cuidar desde que Raimy não saiba que ela corre perigo. 
Marco leva Eva na delegacia para fazer o retrato falado do Rouxinol. O que provavelmente vai alterar alguns acontecimentos nos próximos episódios, já que o retrato falado que Raimy tem em 2016 foi de uma vítima de 2009.
Raimy conta sobre Daniel e ele diz que ela deve seguir em frente já que o que estão fazendo não é certeza que vai dar certo. Então ela decide dar uma chance para Kyle. 
O Rouxinol se livra da caminhonete. Agora vão ter que encontrar uma outra pista para identificá-lo.

Promo Próximo Episódio
Episode 1.05 - Seven Three










0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...