20 de jan de 2017

Review| Agents of S.H.I.E.L.D. - S04E10 - The Patriot



"Agente May, com a possível exceção da minha mãe, você é a mulher mais intimidante que eu já conheci."

Mesmo não sendo o melhor episódio da temporada, The Patriot foi um episódio positivo, eu esperava algo diferente, mas confesso que o plot twist do Diretor Mace foi uma surpresa positiva, acredito que, se bem trabalhadas, as recentes descobertas podem o aproximar do time e torná-lo alguém realmente valioso no contesto geral, afinal, as intenções dele, por mais exageradas que sejam, foram boas, diferente do Radcliffe, que nem mesmo a suposta preocupação com o Fitz e a Simmons me convence mais.

Com o inicio do episódio temos a certeza que a Daisy está de volta na equipe e que veio pra ficar, o que me surpreendeu foi a 'timidez' da moça frente ao povo enquanto o Mace fazia uma declaração publica enchendo a bola dela. O que mais gostei nesse começo foram os pequenos detalhes, as escritas de "Tremor é minha heroína" na camiseta, os cartazes de apoio ao Mace, mostrando que, pouco a pouco os Inumanos estão sendo aceitos, pelo menos por boa parte do povo. A outra parte tenta matar o Diretor. Achei quase patético o atirador tentar matar o Diretor ali, quando ele e a Daisy são os novos heróis americanos, quando a Daisy o pegou tão facilmente e Quinjet com o Mace, Mack e Coulson partiu, foi que eu comecei a suspeitar de algo. E não estava errada né, afinal, minutos depois o Quinjet estava caindo levando a equipe com ele e o pobre Barrows era arremessado pra fora, com a maleta misteriosa presa ao pulso e tudo. Agora, só eu nunca havia notado aquela maleta ou ela não aparecia tanto assim?

Antes do Quinjet cair, entretanto, o Talbot, em uma atitude bem Talbot, e isso não é um elogio, dava um de 'New Director' e espalhava ordens entre as meninas da equipe, a única coisa útil que ele fez foi admitir que a May é intimidante - tanto que, de um modo ou de outro, ela e Daisy conseguiram tirar do atirador russo que a tentativa de matar o Diretor era apenas a parte 'A' do plano, era tarde e o Quinjet caiu do mesmo jeito, mas que ele falou, ele falou - e depois falar pro presidente que ele não precisava se preocupar, pois o Mace estava nas mãos da melhor equipe da S.H.I.E.L.D.. O que não posso negar é que a presença do Talbot acrescentou muito ao episódio e que o personagem vem crescendo a cada temporada, ele começou como o cara que atrapalhava o Coulson e agora o General já pensa em proteger toda equipe. Adorei ele tentando mandar nas garotas e elas, mesmo obedecendo, não baixando a bola, as expressões dele foram hilárias.

O que não está sendo divertido é ver a May na situação quase bizarra que ela está. Céus, ou sou muito lerda ou ainda não entendi o que ele quer mantendo a May lá. Calma, eu sei que a May verdadeira precisa ficar presa pra May LMD poder se aproximar do Coulson e roubar o Darkhold, mas e toda aquela aparelhagem ligada a ela, um tanto é pra manter ela saudável, outro pra simular que ela está em outro lugar, mas e os monitores cerebrais, ele está roubando informações do cérebro dela e mandando pra May falsa? O que ele vai fazer com May quando a May LMD falhar ou completar a missão?? Minha nossa, qua angustia ver a May acordando perdida, sem saber o que está acontecendo e a Aida a pegando pelo pescoço, essa Androide é louca, a outra Aida ao menos era gentil, essa dai parece sedenta para matar os outros, nesse caso a May. Mesmo com dó da May LMD, que sente algo errado só não sabe o que, já estou esperando uma fuga espetacular e a desmascaração do Radcliffe, que pressinto não terminará tão bem, já estou vendo FitzSimmons em perigo de novo, Coulson correndo contra o tempo pra salvar a alguém e um sacrifício a caminho, espero estar errada.

Falando em FitzSimmons, Fitz está exagerando nessa história com a Aida, em um momento ele assume que o grande erro foi escondê-la da Simmons, que a Simmons saberia o que fazer, no outro ele está tentado a trazer a Aida de volta, mesmo que pra isso tenha que mentir pra Jemma outra vez. Como li em algum lugar, para um cara tão inteligente, as vezes ele é muito burro.Claro que com essa insistência ele pode descobrir que nada corrompeu a Aida e de quebra desmascarar o Radcliffe, mas não sei, acho que ele precisa insistir mais com a Jemma e ela precisa dar uma chance, radicalismo nunca deu certo com eles e eles sabem disso. Esperando com curiosidade e apreensão o que o futuro trará para eles. Se o futuro é incerto, o presente foi absolutamente gostos de assistir, Simmons brilhou em seus argumentos com o Talbot, se ele queria barrar o conhecimento e estratégias dela, não deu certo, a começar pelo Projeto Patrita, amei ela dizendo: "Vai nos contar ou preciso ler por mim mesma, em voz alta?". Até o drama que ela fez ao descobrir tudo sobre o Mace foi divertido, isso sem contar aquela troca de olhares com o Fitz, deixando o Talbot super sem entender, mas o ápice foi o Talbot levar ela, super fofa e 'inofensiva', para terminar o interrogatório, quem disse que precisa de força pra arrancar algo de um espião, leve os instrumentos certos, faça boas estatísticas, utilize todo seu linguajar científico e mostre ao espião a cabeça congelada do ultimo agente da HIDRA capturado. Quem disse que o espião precisa saber que a cabeça não é real, o importante é ter as respostas, e isso a Jemma conseguiu.

Entretanto, antes dela conseguir as respostas, Coulson, Mack e Mace estavam atrás da maleta que estava com o pobre Barrows, já estava me sentindo meio o Coulson, o Mace manda, eles obedecem, mas é claro que iria dar merda no final. Não foi nem no final né, pois quando aqueles caminhões cheios de homens armados até os dentes apareceram e ainda deceparam o braço do Barrows, que já estava morto, só pra ter a maleta, as coisas começaram a sair do controle, mesmo com o plano excelente do Coulson, cuja mão não estava funcionando bem, já que outro PEM impedia os equipamentos da S.H.I.E.L.D. de funcionar. O momento não estava engraçado, mas ver o Mace pegar a maleta e sair correndo feito um patinho foi engraçado, as expressões do Mack e do Coulson só contribuíram pra isso. Então, eis que a maleta é aberta e dentro estão dois frascos muito suspeitos, repletos de liquido azul, frascos esses que o soldado perseguidor do Mace quebrou e de quebra ainda atirou na perna dele. Tadinho gente, me deu dó, ainda mais com o Coulson descobrindo e falando que ele não tinha poderes, nem mesmo Inumano ele era. Coitado, ele tinha boas intenções, mas sim, o Mace Inumano era uma fraude. Com isso, foi de extrema importância a Simmons conseguir uma localização para a May e a Daisy irem ao resgate.

Essa May LMD me corta o coração, ela tem lembranças das missões com o Coulson, ela está agindo diferente e ainda foi programada pra se aproximar dele, o que parece estar fazendo um certo amor florescer ali dentro, mas ela sente que algo está errado. Judiação, tomara que se rebele quando descobrir que o Radcliffe a controla e lute ao lado da S.H.I.E.L.D.. Voltando ao Mace e cia, amo os planos doidos do Coulson que dependem absurdamente dos 'ses' darem certo e também com uma boa cara de pau dos agentes envolvidos, isso e um dose extra de coragem. Mesmo ferido, Mace vestiu a roupa do Patriota, e se colocou na linha de fogo, contando que os soldados acreditassem que ele tinha super força, que a maleta estava cheia e que só ele poderia abri-la, enquanto isso o Mack corria para desligar o negocio que afetava os equipamentos deles e o Coulson esperava, pronto para usar seu escudo e ajudar o Diretor. Logicamente eles tiveram de usar as armas dos soldados contra os mesmos, ficaram sem munição, o Mace não sabe atirar muito bem e eles foram salvos graças as Meninas Super Poderosas, digo, graças a May, Daisy e Simmons. 

Por fim, achei digna a atitude do Mace em querer deixar o cargo e renomear o Coulson como Diretor, mesmo que isso fosse contra o Talbot. Digna também foi a atitude do Coulson em não deixá-lo renunciar, o mantendo como o rosto da S.H.I.E.L.D., o cara que lida com a política, enquanto o Coulson torna-se a mente por trás da S.H.I.E.L.D., local de one nunca deveria ter saído. Se é para representar, então que o Mace seja 'manipulado' pelo lado certo e, de fato, faça parte da equipe. Como nem tudo pode terminar bem, lá está o Fitz reprogramando a Aida e mentindo, descaradamente para Simmons, enquanto a May, que levou um golpe e tanto no braço, olha o ferimento no espelho e descobre que é feita de metal. O que vem a seguir eu não sei, mas espero grandes coisas desse plot. Por hoje é isso pessoal, dividam conosco suas opiniões e teorias e até a próxima *-*  

Promo 4x11 - Wake up


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...