26 de jan de 2017

Review| The Flash - S03E10 - Borrowing Problems from the Future




E para heróis e vilões tão rápidos, a série The Flash voltou bem devagar, quase parando.

Depois de um hiatus agoniante, The Flash voltou em um misto de lentidão e explorações sobre o futuro, mas exatamente a data de 24 de maio de 2017, a fatídica data da morte de Iris West. O episódio pode ser dividido em duas partes bem distintas.

A primeira parte é lenta e enfadonha, onde Barry guarda consigo o segredos de sua viagem o tempo, e carrega este fardo, o que obviamente o leva a cometer erros que por sorte não são fatais. Um dos pontos positivos desta parte foi o seu trabalho de mentor frente ao Wally. A dinâmica que se estabelece entre os dois começa a funcionar, mas ainda falta algo para fazer com que engrene de vez. Talvez, precisem enfrentar maiores desafios juntos, já que neste episódio faltou um vilão com um desenvolvimento melhor, e sem um tapa olho, que remete demais ao Exterminador, um dos arqui-inimigos do Arqueiro, que está passando da hora de voltar a aterrorizar no herói de Star City.

Enquanto isso temos HR dando prosseguimento a sua intenção de abrir um Museu no Star Labs, sendo que Cisco foi um completo babaca inicialmente. Neste episódio, senti falta de ao menos uma brincadeira de Cisco, quem sabe nos próximos, com o foco em seus poderes voltemos a ver esta faceta do rapaz. 

E o terceiro plot foi de Caitlin sofredora com medos certeiros de que sua contraparte do mal, Nevasca, irrompa novamente. Busca assim ajuda de Julius, que fica renitente em ajuda-la, e se aproximar do time. E assim Barry enfim, mais uma vez, percebe que não pode carregar o peso do mundo com seus segredos, mostrando que aprendeu algo em três temporadas.

E na inauguração fracassada do Museu se abre com Iris em uma cena tocante sobre os seus pesadelos e sobre o que viu no futuro. E logo em seguida com o restante do time, exceto para o Joe, que entende ser aquele que faria uma burrada, outro acerto.

E assim inicia a segunda parte do episódio, aquela que faz vibrar e ter certeza que a série ainda tem vida, mesmo que se perca entre vilões repetitivos e viagens intertemporais confusas. Cisco vibra com Barry para o evento que ele visualizou e conseguem ter uma melhor percepção da cena, que já mudou com a inclusão do HR no topo de um edifício.

Vale destacar as manchetes:

Flash capturou o vilão do episódio. (Eles alteraram a situação, e o Kid Flash que foi o responsável pela captura).
Nevasca Foragida.
Museu Star Labs fechou.

Espero que não foquem neste futuro em todos episódios. Agora com relação ao que penso sobre a cena, creio que provavelmente acontecera, e algo no ultimo minuto fara com que Iris seja salva. Afinal onde estará Vibro, Kid Flash e Nevasca naquele momento? É algo a se pensar. Flash pode ser melhor do que foi apresentado em grande parte deste episódio, e espero muito que os próximos episódios consigam superar este.

OBS: Caitlin ganhou um colar para conter seus poderes, mas precisava mesmo ter aquela luz azul parcendo que a garota vai para uma rave?

Veja abaixo o trailer do próximo episódio "Dead or Alive":

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...