11 de fev de 2017

Review| Agents of S.H.I.E.L.D. - S04E13 - BOOM


"O nome dela é Melinda, e ela significa tudo pra mim"

Boom me fez esperar uma explosão de episódio e quando o 'Boom' realmente veio, eu não estava nadinha preparada.E agora, com esse final, me pergunto o que acontecerá nos episódios finais, visto que ainda temos pelo menos sete episódios e as coisas parecem já se encaminhar para uma final. Bom, agora que o Coulson sabe da Maybô, é hora de partir atrás da May verdadeira, custe o que custar. Dessa forma ele o Mack, seguindo uma pista dada pelo Fitz, cruzam o caminho da Agnes. Falem o que quiserem, não notei de cara o que assombrou o Coulson e o Mack na Agnes, apenas na sequencia me dei conta que a Agnes era a inspiração para Aida, ou seja, elas são idênticas. Nesse ponto, vale ressaltar o talento inquestionável de Mallory Jansen, que as interpreta, enquanto a Aida nos dá a sensação de artificialidade, mesmo com toda aquela humanidade, Agnes é completamente natural, delicada, há uma sutileza em sua interpretação, mesmo sendo a mesma pessoa, as diferenças entre elas são gritantes. Mas quem, afinal, é a Agnes? Nada mais, nada menos que a ex do Radcliffe, alguém que ele deixou para trás porque não aceita derrotas e ela tem um tumor inoperável no cérebro, algo que, com toda inteligência e influencia, o Radcliffe, nas palavras dela, não pode consertar. O objetivo do Coulson era fazê-la cooperar, custe o que custasse, já o do Mack era ser chato mesmo.

Enquanto Coulson e o Mack buscavam pistas do Radcliffe, Daisy, Jemma e Fitz resolviam mais alguns problemas com os Whatdogs, e o coitado do Mace era jogado para escanteio. De verdade, achei cruel não darem uma chance pra ele, ele errou, mas, como venho dizendo, pode ser uma parte valiosa da equipe, entendo o ponto da Simmons, em proibi-lo de usar o soro, pois o mesmo o está matando aos poucos, só que, assim como Skye, antes de ser a Daisy e Inumana, ele pode aprender a lutar e ser um grande Agent, sem contar que em assuntos burocráticos ele é melhor que o Coulson. Deu uma peninha dele quando o Fitz trouxe o novo traje com o soro acoplado ao peito e a Jemma disse que ele não poderia usar. Coitado, só quer ser parte do time. Agora, dessa vez não fui boba, assim que ele perguntou como o Coulson conseguiu fazer a diferença estando entre os vingadores, já imaginei que algo heroico e não muito feliz viria pela frente. Antes do ato heroico, no entanto, temos o Ivanov, que leu o Darkhold, mesmo o Radcliffe o mandando não fazê-lo e, ainda assim, não sentiu-se fissurado pelo mesmo, pelo contrário, deixou que o Radcliffe o tomasse de volta. Isso soa muito estranho, todos ficam loucos pelo livro ao lê-lo, todos são afetados e querem mais, o Ivanov não, algo errado tem ai, minha teoria é que ele não é exatamente humano, ele declarou que odeia Inumanos pois o poder é dado a eles sem luta, mas ele ficou impressionado com a Aida, e nunca disse que odeia pessoas com poderes, acho que ele pode ter recebido algum poder/dom de forma sintética, algo que ele lutou para conseguir. 

Ao ver o que o Radcliffe foi capaz de criar, Agnes entra em uma espécie de choque, o que não a faz querer ajudar o Coulson, coisa que o Mack entende e parece apoiar. Serio, o Mack me irrita pra caramba as vezes. Entretanto, estamos falando do Coulson, ele não desistira da May tão fácil, não importa o que o Mack diga, ele irá até o fim para recuperá-la, mesmo que isso implique importunar uma mulher doente. Vendo por um lado, Coulson não foi cruel, ele foi atrás dela e explicou a situação, depois de dizer que a May era tudo pra ele e explicar que o Radcliffe a clonou, seria difícil pra qualquer um negar ajuda, e ela não precisaria se arriscar muito, apenas marcar um encontro com o ex. Não que isso o torne melhor, mas o Radcliffe realmente parece amá-la, ele sequer pensou antes de correr encontrá-la, o que não soube decifrar foi o olhar da Aida ao ver a inspiração do Radcliffe ao criá-la, ela pareceu encantada e com raiva/inveja ao mesmo tempo, se é que isso é possível. Tudo parecia estar dando certo, a Agnes parecia uma pessoa cada vez mais legal, alguém que se daria bem com a May, então o Radcliffe apareceu e, no meio do caminho acabou a convencendo que poderia salvá-la, que havia um mundo pra ela, onde ela viveria feliz e sem dor, resultado, ela foi embora com ele. Esse cara deve ter se formado em Hogwarts viu, lê mentes, toma poção da sorte, fica indetectável, não tem outra explicação.

De volta aos mistérios do Ivanov, não sei porque ele não procurou uma resposta no livro e sim no julgamento do Radcliffe, seja como for, será que tem algo onde o Radcliffe não tenha colocado os dedinhos? Ele modificou os cristais terrigênese para não fazer mal aos humanos e ainda transformar Inumanos, isso é genial, diminui a quantia de mortes, mas também é uma arma em potencial, como tudo que ele cria. Nas mãos do Ivanov, foi usado para transformar a Nadeer em Inumana, só que o tiro saiu pela culatra e quem foi transformado foi o Shokley, não obstante essa reviravolta, o escritório da senadora explode sem mais nem menos. Como a Daisy, pensei que fosse um golpe do Ivanov para culpar os Inumanos, então o Shokley aparece são e salvo, apenas abalado e o Ivanov o prensa na parede, só o soltando depois que ele declara que o Ivanov é seu superior, esse homem não é normal. Plano que segue, lá vai a S.H.I.E.L.D. analisar a cena do crime, quase não acreditei que a Nadeer morreu assim, enfim, tudo analisado e nenhuma pista da bomba. Duas coisas se destacam aqui, Daisy não precisava ser grossa com o Mace, ele está tentando ajudar e fazendo o trabalho dele. FitzSimmons estavam uma gracinha trabalhando juntos no laboratório, como nos velhos tempos. 

As câmeras de segurança levaram até o Shokley, que foi detido pela S.H.I.E.L.D., e olha, amei a chacoalhada que a Daisy deu nele, sujeitinho nojento. Então ele começou a apertar as mãos, momento em que a Jemma e o Fitz o descobriam Inumano e responsável pela explosão, pensei que ele explodiria ali mesmo, quando o Mace pulou pra cima dele, o Fitz pulou pra ajudar e a Jemma liberou a cela móvel e a jogou do avião. Que sufoco e que fofura a Simmons batendo no Fitz e depois o abraçando. O que não foi fofo foi ver o Shokley reconstituindo-se e confessando-se Inumano para o Ivanov, mesmo sabendo que seria descartado, ele queria prosseguir com o plano. Capturar o Mace para atrais o Coulson. Agora me contem, por que não usaram a May pra isso? O Coulson iria em um pulo e o Radcliffe sabe disso. De qualquer modo, FitzSimmons precisavam de um aparato para conter o Shokley e nada melhor do que usar a Daisy no processo, quem pode com a carinha pidona dos dois, imagina quando tiverem um filho, ninguém vai resistir a criança. Achei o máximo a Daisy usando os poderes para deter o Shokley, se ela não podia pará-lo então ela o faria cansar, nem que precisasse o explodir mil vezes. O problema é que tudo não passava de uma armadilha e eles estavam cercados e sem saída. Foi ai que o Mace encontrou seu lugar no time, ele preferiu se sacrificar para salvar o Leo, a Jemma e a Daisy, em uma atitude corajosa e bonita, ele aplicou o soro em si mesmo e partiu pra cima do exercito de carro que se aproximavam, infelizmente não foi o suficiente e eles o levaram.

O Shokley, no entanto, foi capturado, literalmente, pela Pokébola criada por FitzSimmons para aprisioná-lo. Enquanto isso, no submarino, Radcliffe colocava Agnes no mesmo estado da May, com algumas diferenças, por exemplo, ele zerou algumas maquinas que a manteriam viva, então, ele a matou ou a manteve em um coma profundo. Aquelas frases finais ali, dizendo que a mente dela se manteria pela eternidade, o corpo, eventualmente desistiria, não me animaram não, o que me deu esperança foi ver a May suspirando no final e o Coulson decidido a salvá-la, mesmo o Mack sendo um babaca e dizendo que ele precisa superá-la. Por hoje é isso pessoal, nos vemos em breve, torcendo para que nada de ruim aconteça ao Mace ou a May.

Promo 4x14 - The Man Behind the S.H.I.E.L.D. 

       

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...