15 de mar de 2018

Review| Agents of S.H.I.E.L.D. - S05E11 - All the comforts of home


"Temos uma pequena, mas ativa base de fãs "

Olá a todos, olha quem está de volta! Nossas reviews de Agents of S.H.I.E.L.D., após uma estadia no framework e um breve loop temporal, aqui estamos nós. Peço desculpas pela falta de reviews, e a vida me deixando com pouco tempo, não falta de amor pela serie. Alias, falta de amor é algo que não se pode ter por MAoS. Se você não viu os episódios anteriores, recomendo seriamente que assista antes de continuar a ler está review. Sem mais delongas, vamos ao episódio 99. 

Começamos com loirinha que todos estavam alvoroçados pra ver, Ruby, a filha da Hale, aquela que ficou no lugar do Talbot e deu um tiro nos próprios Agents. Só isso deveria ter sido o suficiente para desconfiar da menina, mas ela pareceu uma adolescente comum que não gostava das aulas e era aficionada na Daisy, ou, como ela faz questão de deixar claro, na Quake. Então ela pergunta pra mãe se a mesma é uma das mocinhas ou é a vilã, devido essa perseguição com a S.H.I.E.L.D.. Depois disso me pareceu obvio que ela ajudaria a equipe e ficaria contra mãe, certo? Bom, voltamos a ela depois, porque no momento seguinte a equipe estava voltando a Terra, e eu não aguento aquele abraço do Leo e da Jemma. Pela promo já sabia que ela tinha voltado, mas deu aquele friozinho na barriga. Ainda no Farol, descobrimos que aquilo sempre foi um forte, e que escondia grandes coisas no porão, coisas como uma fileira de monólitos. Sério, eles precisam parar de construir esses portais, ou, ao menos, colocar algumas especificações neles. É no parão que conhecemos Noah, um compatriota do Enoch.  

Muito prestativo, Noah mostra como o mundo ao redor deles está e toda sua forma de monitorar cada pedacinho dele. Dentre as coisas monitoradas, esta uma luz vinda do céu. Sim, supostamente aquela da qual Voss estava falando, ou seja, o começo do fim do mundo está próximo, ou, este é o primeiro sinal que eles ainda estão presos no loop. Fosse o que fosse, era algo a ser investigado, mesmo tendo aceitado ser trazida de volta pelo Coulson, Daisy se recusa a ir na missão, ficando na base para 'supervisionar as coisas com os equipamentos alucinantes do Noah', o Chronicom não pareceu gostar muito da ideia, ainda mais quando ela começou a usar o teclado dele. Agora, como não sorrir com o pessoal saindo para o ar livre pela primeira vez em meses (não é exagero, o Framework não era bem ar livre e a Terra do futuro tinha tudo menos ar puro), achei super fofo eles convencendo o Mack a roubar a kombi e depois discutindo seu traumas passados, isso até chegar aquela policial e quaseme matar do coração, ainda bem que ele era só conhecido do dono da Kombi e ele estava mesmo querendo vender a Van, quase me afoguei de rir quando o Mack disse que o preço pago foi 'um roubo'. Essa equipe é boa de mais pra ABC continuar com essa ideia de cancelamento. 

Perto deles, mas não tão próximo assim, eis que surge um rosto familiar, um que eu achei que não
veria mais, sim, ali estava ele, nosso velho amigo Deke acabou viajando no tempo junto da equipe, o que, por si só já é legal, visto que eu quero saber se ele filho/neto do Leo e da Jemma ou da Bobbi e do Lance, aposto muito em um dos dois. Como o Deke é o Deke, e o pobre rapaz nunca viu sequer uma árvore, o comportamento dele foi bem aceitável, além do mais, foi impagável vê-lo abraçando a árvore. Claro que depois ele teve de se enfiar em um bar e se embebedar enquanto se empanturrava de comida da Terra. Ele é um filho da mãe, mas eu gosto dele, tomara que fique vivo, no passado e vire recorrente. 

Por mais que as temporadas passem, nunca deixo de me admirar com a Zephir, é sempre uma alegria vê-la ali, toda poderosa, pronta pra entrar em cena. E, assim que entrou em cena, já deu pra perceber as desgraças que estão a caminho, afinal, de dentro da Zephir, FitzSimmons puderam analisar a 'luz que vinha do céu' e descobriram que ela está indo pro céu, ou seja, vem da Terra , pasmem, é a mesma luz/sinal, que o Hive usou para chamar os Krees. Pois é, o futuro distópico é comandado por Krees, assim, mais um sinal daquele futuro se concretizando. E aqui, um momento tocante para Elena, assim como foi difícil pro Mack superar a Hope do Framework, está sendo difícil pra Elena superar/compreender o que a Elena do futuro contou pra ela. Em meio a emoções, Daisy descobre que o Deke está no presente e precisa ser trazido pra junto deles imediatamente, afinal, o moço está preso e pode falar sobre a equipe para os policias, algo que certamente não seria bom, visto que todos estão na lista de mais procurados, de todas as listas de mais procurados. 

Nessa parte do episódio, já estava feliz, pensando que "Todos os confortos do lar" realmente traria conforto, e quando a Daisy pediu a roupa do Noah para resgatar o Deke, com toda história que ela cuidava dele, que ele tinha problemas mentais e urinários, com toda aquela seriedade, me convenci ainda mais disso. Então, aquele policial resolve demorar a estadia da Daisy na delegacia com uma papelada, no exato momento em que alguém avisa a Hale que localizaram alguém da S.H.I.E.L.D. e ela manda distrair esse alguém até que ela chegue. Quando a cena mudou pra equipe encontrando o chamador Kree, quase nem dei bola, tão preocupada estava eu com a Daisy. Mas então, havia alguém com a maquina e, por um momento insano, jurei que o Ward em forma de Hive sairia das sombras assim que eles entrassem, mas era a Pipper e eu fiquei: "Como assim?? Bom, ao menos ela é da SHIELD", e ela elogiou a equipe, foi super amorzinho, até trair eles e eu me dar conta que não era a Daisy que havia sido localizada.

Por partes, primeiro o mais leve e não traumático, a conversa da Daisy com o Deke, nem acredito que ela conseguiu ajudar, e espero que não virem um casal, porque né, todos os pares românticos dela morrem. Agora ao time, que vontade de quebrar a cara da Pipper, trairá, tô nem ai que se arrependeu depois, se não tivesse encurralado e preparado a armadilha pra equipe, nada do que aconteceu teria acontecido. Tudo já estava complicado com aqueles caras chegando, ai, tinha uma mulher toda mascarada e vestida pro combate, que parecia ser Hale, tinha que ser a Hale, a briga já estava difícil e a Pipper não facilitou, ai os caras eram robôs, menos mal, dava pra atirar na cabeça, mas a mulher focou no Mack e os caras tavam em cima dele, então, claro, a Yoyo foi ajudar, e conseguiu, já estava vibrando quando o sorriso dela se desfez, pensei na hora que algo tinha acontecido com o Mack, então a câmera foi descendo e os braços da Elena não estavam lá. Os braços dela não estavam lá, nenhum dos dois, não consigo nem expressar meu choque, não esperava por isso, achei que era coisa do Kassius, mas foi ali mesmo que o futuro sem futuro se concretizou de vez, foi chocante. Nem mesmo a brincadeira da Daisy e a presença do Deke conseguiram amenizar. Deu maior dó ver a Simmons operando ela e o Mack desesperado. Eu realmente não esperava por aquilo.

Fechando com chave de ouro, porque ver o Carl (Homem absorvente) sendo recrutado nem foi o mais assustador, até porque pensei que fosse o Ward. Lá estava a Hale, esperando a mulher que deveria entregar a equipe pra ela, quando a garota tira a mascara/capacete e, pasmem, era a Ruby, a fangirl nem tão fofinha da Daisy e o que a menina responde quando a mãe dela diz que ela falhou? Diz que falhou porque não entregaram a Daisy pra ela, então, se ela continuar cortando os braços dos amigos dela, ela terá que aparecer. Fofa não?

Foi isso pessoal, cheio de choques e reviravoltas, nos resta agradecer por não precisar esperar um mês pro próximo episódio e manter as unhas inteiras até sexta-feira. Que venha o tão esperado 100º episódio e que todos sobrevivamos a ele!!

Promo 5x12
Eu amei todas as chamadas em sequência.


Em comemoração ao 100º episódio, alguns videos comemorativos foram feitos, entre eles: "100 episódios em 100 minutos".


Para encerrar, reações de fãs ao verem a fatídica cena da Elena, aposto que vocês ficaram assim também, o primeiro rapaz me representa, meu choque foi semelhante ao dele. 

 







0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...