15 de mar de 2018

Primeiro Olhar| Rise S01E01 - Pilot


Glee está de volta? Ou será que teremos um novo Smash flop vindo por ai?
Para acharmos as diferenças entre Glee e Rise que tal encontramos primeiro as semelhanças?
Então vamos lá:

Nas duas séries temos professores desmotivados, e que querem mais? Confere!
Nas duas séries temos gays enrustidos, mas que percebemos que são gays? Confere!
Nas duas séries temos um jogador de Futebol Americano que quer se dedicar a música? Confere!
Nas duas séries temos problemas de orçamentos para a área de Artes? Bingo!
E o mais importante Rise promete trazer muitos momentos musicais, e discutir temas polêmicos e extremamente relevantes assim como fez Glee? Confere!

Agora vamos falar sobre as diferenças, que prometem elevar Rise a um novo patamar, e quem sabe até ultrapassar o sucesso de Glee:

A série é dramática, a ponto de dar uma surra em Glee nesse quesito, mesmo porque está sempre foi voltada para a comédia. A começar pelo Professor Ted Mosby, Lou Mazzuchelli que está desanimado com o desinteresse dos alunos perante suas aulas de literatura, e vê no teatro a chance de alcançar os jovens. Ele deverá ser o típico professor idealista que deseja ajudar a todos os alunos, em contrapartida a sua família que aparentemente é feliz, com uma linda esposa e três filhos, mas convivem com drama de ter um adolescente alcoólatra. 

A série em vez de girar em torno de um coral, foca em uma turma de teatro que apresenta todos os anos algo confortável, incluindo sucessos repetidos como Grease, mas Lou vê a  chance de agitar as coisas.  A começar por buscar novos rostos para o grupo como o do Jogador Número 1 do Time de Futebol, Robbie, que tem uma mãe doente, e sabe que pode impor a sua vontade seja para escapar de uma nota ruim e outras coisas
.

E para ser o par romântico de Robbie temos Lillete, que não é nada parecida com a Rachel Berry de Glee. Primeiro ela já tem um affair com Rob, segundo ela não busca o estrelato e nem a fama que cantar pode lhe trazer, mas apenas ir para uma faculdade e conseguir ser alguém na vida, tendo ainda que lidar com a sua mãe, que faz escolhas duvidosas de sua vida. O drama entre mãe e filha deverá ser um dos grandes enfoques da temporada!

E no núcleo Gay da série temos um garoto trans, que por enquanto ficou um pouco apagado, e o Kurt, ou melhor dizendo Gordy, que tem uma família extremamente católica e uma irmã com Síndrome de Down, e que ainda procura encontrar a sua voz. Outro núcleo que deve pegar fogo na série antes da Season Finale.

A série tem um potencial enorme, e promete não ser polida e colorida como Glee, neste piloto o que fez mais falta foram números musicais para nos entreter, mas talvez em uma série dramática como esta se não houver um equilíbrio entre músicas e drama a série poderá desandar. Foi um piloto corrido querendo apresentar tudo e todos que moverão a trama, mas com certeza aos saudosistas de Glee e Smash se sentirão confortados em aguardar pelos próximos episódios, depois daquele música cantada no final do episódio (música abaixo, para quem estiver curioso em ouvir a mesma!)





E a série promete abordar vários gêneros musicais, então fiquem com mais uma música do Cast da Série, mas que ainda não foi introduzida na série:



E a série ficou em primeiro lugar no horário em que foi transmitida, torçamos para que continue assim! E você gostou da série? Comente!


Obs: Se vocês repararem bem a Barb de Stranger Things está na série, esperemos que ela ganhe destaque durante a temporada!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...