13 de abr de 2018

Primeiro Olhar| Perdidos no Espaço - S01E01 - Impacto


E o novo Reboot do momento acabou de ser lançado pela Netflix, na sexta feira 13, afinal o azar dos Robinsons está apenas começando!
E o primeiro episódio começa tranquilo, até parece um momento em família, em que não temos certeza se estão apenas treinando para a viagem ou já viajam e estão jogando para passar o tempo. Pelo menos não até que o computador comece a falar e a tensão inunda a cena. Mas ainda assim parece uma cena limpa, sem muitos danos aparentes a nave e aos familiares, exceto pela perna da Senhora Maureen Robinson.

A queda no planeta misterioso foi sem grandes danos, mas as coisas se complicam quando Judy fica presa no gelo após tentar conseguir tirar da Júpiter uma bateria, e é este fato que movimenta verdadeiramente o episódio. 

Mas quem parece ser o grande foco da série é Will,um garoto extremamente inteligente, e que apesar de assustado não chora em nenhum momento, e consegue pensar em uma forma de tirar a irmã do gelo usando Magnésio com fogo.

Isto acaba levando  o menor dos Robinsons junto de seu pai John a ir atrás do elemento altamente inflamável para salvar a irmã, mas ele acaba se separando do pai. John Robinson é um Fuzileiro dos Estados Unidos, extremamente racional e que não teme em tomar decisões difíceis mesmo quando se trata dos filhos, um contraponto interessante a matriarca da família.

Isso leva a Will se manter separado da família e desta forma ser o primeiro ser humano a ter contato com vida alienígena, o que o faz criar um laço de amizade com o ser que para parecer mais com o ser humano muda sua estrutura. 

O primeiro episódio preferiu desenvolver as coisas de forma lenta, entre cenas no presente e Flashbacks, que mostram entre outras coisas por que os seres humanos estão tentando colonizar outro planeta, bem como o divórcio dos Robinsons pais, uma fraude em um teste, o amor entre irmãos. Mas o melhor Flashback fica por conta do final, que mostra exatamente o por que dos Robinsons terem se perdidos do restante dos colonos, bem como adiciona a figura ambígua do Doutor Smith, e acrescenta mais perguntas que deverão ser respondidas durante a temporada.

Um drama familiar com ares de Ficção Científica que é uma boa pedida para os dias chuvosos e entediantes, e até mesmo para quem, como eu, está órfão de La Casa de Papel. E vocês o que acharam? Comentem e fiquem ligados que amanhã traremos a review do segundo episódio!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...